01
maio
2016

Bom Jardim: Após 50 dias de criada, empresa ganha licitação de R$ 563 mil para serviços de buffets

Prefeita Malrinete Gralhada está sendo investigada pelo MP por suposto esquema de compras de notas frias de empresas apontadas como de fachadas, mas continua celebrando contratos de valores vultuosos com empresas suspeitas, parecendo pouco incomodada com as investigações.

13090158_1054638451282990_990654137_n

Empresa foi criada no dia 11 de fevereiro de 2016…

A empresa Janilson G. Silva – ME, recém criada com data de abertura de 11/02/2016 e capital inicial de R$ 23. 000, 00 (vinte e três mil reais) é apontado como mais uma das inúmeras empresas de fachada que atuam no governo da prefeita Malrinete Gralhada (PMDB).

O nome fantasia da vencedora dos pregões presenciais é  “Restaurante e Casa de Show do Marios”, localizada na rua da Matriz, nº 28 Centro de Bom Jardim.

Em apenas 40 dias após sua criação, essa empresa foi agraciada com vários contratos para fornecimento de Buffet e Coff Break no montante que ultrapassam a meio milhão de reais, para ser mais preciso R$ 563. 000, 00 (quinhentos e sessenta e três mil reais ). A data da assinatura dos contratos é de 05 de abril de 2016, conforme publicação do Diário Oficial do dia 14 de Abril deste ano (extratos abaixo).

O laranja usado para assinar a papelada mais que suspeita é Janilson Gomes da Silva, vez que o local é conhecido por todos da pequena Bom Jardim como sendo de propriedade do senhor Mário Sergio, membro dos quadros o atual governo municipal.

13090005_1054638627949639_1403229172_n

Dados cadastrais da empresa relevam suposto esquema de venda de notas.

Um contrato de valor tão alto e com claras suspeitas de irregularidades, evidenciam que a prefeita Malriente está mais preocupada na aquisição de produtos supérfluos que investir em educação, alvo de matéria de repercussão na mídia nacional, assim também como denúncia do Ministério Público e discutido por deputados federais e estaduais, na Tribuna da Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Chama atenção o fato de Gralhada está sendo investigada por supostas fraudes em licitações e suposto esquema de compras de notas frias de empresas apontadas como de fachadas, conforme duas ações do MP, mesmo assim a gestora continua celebrando contratos de valores vultuosos com empresas, parecendo está pouco incomodada com as investigações ou não ter temor algum às leis que regem os processos licitatórios e muito menos aos órgãos que a investigam.

Valores

São quatro contratos, o primeiro se refere ao PROCESSO Nº 00.00.029/2016 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 029/2016 – Contrato nº 061.1/2016. No valor de R$ 238.920,00 (duzentos e trinta e oito mil, novecentos e vinte reais).

O segundo é o PROCESSO Nº 00.00.029/2016 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 029/2016.  Contrato nº 061.2/2016 de R$ 73.950,00 (setenta e três mil, novecentos e cinquenta reais).

O terceiro trata do PROCESSO Nº 00.00.029/2016 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 029/2016 – Contrato nº 061.3/2016 –  VALOR R$ 73.320,00 (setenta e três mil, trezentos e vinte reais).

E o último é o PROCESSO Nº 00.00.029/2016 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 029/2016 – CONTRATO NR. 061.4/ 2016 – VALOR TOTAL DOS no valor de R$ 176.810,00 (cento e setenta e seis mil, oitocentos e dez reais).

Totalizando  R$ 563 mil.

13115493_1054638701282965_476835230_n

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade