29
jul
2016

Recém-nascido de 42 dias morre após suspeita de estupro em Grajaú

DSCN4300

Corpo da criança foi levado para o IML de Imperatriz para ser submetido a exames.

Uma criança recém-nascida, de apenas 42 dias de vida, de iniciais B.S.S, morreu após ter sido supostamente estuprada, segundo um Boletim de Ocorrência registrado pela própria mãe. O crime teria ocorrido na cidade de Grajaú, a 600 km de São Luís. A polícia civil agora segue com as investigações para apurar as circunstâncias do caso.

Em depoimento à polícia, a mãe do bebê relatou que a criança passou mal, e em seguida, foi levada a um hospital em Grajaú, por apresentar quadro de febre alta. O filho recebeu as medicações e seguiu para o Hospital Geral da cidade, depois de serem identificados alterações no quadro da criança, a mãe foi orientada a conduzi-lo para Imperatriz, afim de buscar atendimento especializado.

O bebê ficou quatro dias internado no Hospital Regional de Imperatriz, quando faleceu. Segundo a mãe, o médico relatou que o recém-nascido evacuava sangue e que aquilo poderia indicar que ele havia sido vítima de estupro. A mãe, no entanto, não ofereceu nomes de prováveis suspeitos.

O caso foi registrado na delegacia de Grajaú, o corpo da criança foi encaminhado para o IML de Imperatriz.

Caixão

Na noite de quarta-feira (27), após o enterro do recém-nascido, o caixão com o bebê foi tirado do túmulo pela polícia, acompanhada do promotor Crystian Boucinhas e de membros do Conselho Tutelar de Grajaú. No corpo foram realizados novos exames para ajudar nas investigações.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade