27
jan
2016

‘Baterias de gel’ furtadas de torres de comunicação da estrada de Ferro Carajás são recuperadas

A Polícia Civil de Açailândia apreendeu receptadores de baterias furtadas; Retirada dos equipamentos resulta na falta de comunicação entre os trens que passam pela ferrovia o que pode causar acidentes.

CARROS-PRESO-COM-BATERIA-DE-GEL.

Baterias recuperadas, carros de som apreendidos e proprietários presos…

Durante uma operação denominada de “Batidão”, desencadeada pela Polícia Civil de Açailândia, foram apreendidos seis veículos e cinco pessoas foram presas em flagrante pelo crime de receptação de ‘baterias de gel’, furtadas de torres de comunicação da Estrada de Ferro Carajás – EFC.

Sob o comando do delegado Regional Murilo Lapenda, a operação vinha investigando o roubo das “baterias especiais” há quatro meses, quando ocorreu o primeiro furto, do total de 72. Todas as baterias roubadas somam prejuízo de mais de R$ 100 mil.

Na ação, a polícia conseguiu recuperar 18 baterias no município de São Pedro da Água Branca, os equipamentos estavam sendo utilizados em sons automotivos. Explica-se: O interesse pelas baterias de gel é devido ao fato do automóveis não precisar estar com o motor ligado para que ela seja carregada pelo alternador.

As baterias de uso proibido em automóveis, usadas para alimentar o sistema de comunicação da Estrada de Ferro Carajás (EFC), quando furtadas, causam enorme prejuízo, pois na falta de comunicação entre os trens que passam pela ferrovia, aumenta a iminência de acidentes ferroviários.

O delegado orienta aos proprietários de sons automotivos que estejam em posse das ‘baterias de gel”, que façam a entrega voluntária à Polícia, para evitar maiores constrangimentos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade