21
ago
2020

Autointitulado “voz de Bolsonaro no Maranhão”, Roberto Rocha pode ser expulso do PSDB pela Executiva Nacional

Na capital maranhense, o senador caminha para diminuir o seu próprio partido ao ponto de trabalhar para retirar a pré-candidatura de Welligton do Curso, que oscila entre a segunda e terceira colocação em todas as pesquisa de intenção de voto.

"A voz de Bolsonaro no Maranhão", Roberto Rocha vai de contra o seu partido a nível nacional...

“A voz de Bolsonaro no Maranhão”, Roberto Rocha vai de contra o seu partido a nível nacional…

Árduo defensor do presidente Jair Bolsonaro e interessado exclusivamente em tocar seu projeto pessoal e o poder de barganha, sobretudo, nos cargos do governo federal, o senador Roberto Rocha poderá perder o comando do PSDB no Maranhão.

É que enquanto o partido tucano a nível nacional é ferrenho crítico do Palácio do Planalto, Rocha se autointitula  “a voz do presidente Bolsonaro no Maranhão”.

Pior que isso é o fato de Rocha trabalhar unicamente para diminuir o partido no estado, sobretudo, em São Luís onde o senador quer defenestrar a pré-candidatura de Wellington do Curso, nome da legenda que oscila entre a segunda e a terceira colocação em todas as pesquisas de intenção de votos.

Em outros estados, casos como o de Roberto Rocha tem sido cortado pela raiz, conforme deliberações da Executiva Nacional tucana.

Nesta sexta-feira (21), por exemplo, o Jornal o Estadão destaca que o PSDB iniciou processo de expulsão do deputado federal ‘governista’ Celso Sabino (PA). Por 25 votos a 4 (e 3 abstenções), a Executiva Nacional da sigla decidiu nesta quinta-feira (20) enviar ao Conselho de Ética o pedido de expulsão do parlamentar paraense, escolhido pelo Centrão para a liderança da maioria na Câmara.

O relator será o ex-presidente do partido José Aníbal. A representação foi feita pelo atual presidente do PSDB, Bruno Araújo, e pede a expulsão por violação ao estatuto e à ética partidária devido ao convite para o cargo “sem qualquer discussão prévia com lideranças”.

Segundo a representação, o comportamento do deputado fere o parágrafo 1º do artigo 49 do Estatuto, segundo o qual, “os integrantes das bancadas nas Casas Legislativas deverão subordinar sua ação parlamentar aos princípios doutrinários e programáticos e às diretrizes estabelecidos pelos órgãos de direção partidários”.

O processo foi deflagrado no momento em que a sigla decidiu também “reavaliar” a presença do senador tucano Izalci Lucas (DF) no cargo de vice-líder do governo no Senado.


LEIA TAMBÉM:

– Roberto Rocha afronta o PSDB nacional e pode perder o controle do partido no Maranhão

– Roberto Rocha diz ser “a voz de Bolsonaro no Maranhão”

3 Comentários

  1. Xam disse:

    O senador Roberto Rocha já estar incomodando a turma do comunista ..o senador estar muito forte com presidente Bolsonario. E amigo pessoal do presidente Bolsonario. E SERA o próximo governador do Maranhão com apoio do presidente …aguardem …domingos COSTA tá louco mesmo pode levar para nina Rodrigues..o senador tem Controule do PSDB total ..isso é só feik do domingos Costa…

  2. deixe os dias passar pra ver no que vai dar, mas desde da declaração do RR em descartar a candidatura do WC de onde estou parece que a candidatura do PSDB ganhou força, nao sei nas ruas mas como narrativa, WC apareceu em 2º numa pesquisa por ai casa estantaniamente, cada dia q mais criticas ao RR como se as coisas se movimentasse para que a candidatura consiga ser sustentada.

    Eu estranhei muito esse crescimento repentino do WC.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo