16
dez
2013

Até agora, só em dezembro já foram registrados 50 casos de mortes violentas na região metropolitana de São Luís

(Reprodução)Como o Blog do Domingos Costa, disse na questão Segurança Pública, “Roseana responde tentando mais uma vez enganar a sociedade“. Não adiantou mudar a cúpula da Segurança do Estado se o maior maior responsável continua intacto no cago.

Nos quinze primeiros dias do mês de dezembro, até a edição desta postagem, 50 casos de mortes violentas foram registrados na região metropolitana de São Luís. Na capital foram contabilizados 38 assassinatos. Entre os casos, apenas um crime aconteceu no Presídio São Luís, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Um detalhe que deve ser levado em consideração é que dezembro, por causa das festividades de fim de ano, é um dos meses mais violentos. Assim, a tendência é que este número cresça.

De acordo com as informações oficiais, somente na capital foram registrados 28 crimes violentos letais intencionais. Sete ocorreram em São José de Ribamar e quatro em Paço do Lumiar e dois em Raposa. Também aconteceu um latrocínio no Parque Vitória em São José de Ribamar, uma infração penal no residencial Luis Fernando, naquele município, onde um adolescente de 13 anos matou outro da mesma idade, acidentalmente, com um tiro de pistola.

Duas mortes aconteceram por intervenção policial (quando a polícia mata durante ações de confronto), uma em São Luís e outra na Raposa.

Enquanto isso, cinco crimes estão ainda por definir. As investigações da Polícia Judiciária ainda estão em andamento. De todos estes crimes, 33 foram praticados com o uso de arma de fogo e três por arma branca.

No mês de novembro foram registrados pela Secretaria de Segurança Pública 97 casos de mortes violentas, sendo 75  crimes violentos letais intencionais, sendo 58 com o uso de armas de fogo e nove com arma branca e outros por meios diversos. Em São Luís ocorreram 54 destes crimes, 14 em São José de Ribamar, dois na Raposa e seis em Paço do Lumiar.

Também foram registrados seis latrocínios, seis mortes por intervenção policial e dois a definir por investigação da Polícia Civil. No sistema prisional aconteceu apenas um crime por enforcamento na Central de Custódia de Presos de Justiça – CCPJ, no Anil. (Com alterações de O Imparcial)

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo