03
jan
2017

Ascensão relâmpago de Beka Rodrigues na política de Raposa…

Ex-presidente do Sindicato dos Servidores projetou seu nome em curto espaço de tempo na política raposense, e com simplicidade, consegue alcançar o segundo posto mais importante do município: a chefia do Poder Legislativo.

Beka concede entrevista após ser eleito presidente da Câmara de Vereadores, nos primeiros minutos de 2017…

Oito dos 11 vereadores do município de Raposa escolheram, no último dia 1º de janeiro, Benoniel Rodrigues, o Beka (PCdoB) como Presidente eleito da Câmara de Vereadores  para comandar o Legislativo pelo biênio 2017/2018.

Beka surgiu na política raposense em 2010, como fundador da ASISMU – Associação Representativa dos Servidores Municipais  e o Sindicato dos Servidores e Professores do Serviço Público Municipal. E de lá, pra cá, demarcou seu espaço de forma sistemática.

Muitos observadores da política local não conseguem entender como em menos de cinco anos, o sindicalista conseguiu, agora em 2016, consagrar-se como um dos principais nomes da política raposense.

Na visão do titular do blog, conhecedor do cotidiano político do município [modesta a parte], a ascensão do comunista tem três explicações óbvias: Competência, humildade e escolhas acertadas.

Competência, para liderar o funcionalismo público nas suas lutas sindicais contra as administrações passadas, e por consequência, ganhou seu espaço na política local;

Coube a Beka entregar a faixa de prefeita a Talita Laci.

Humildade, para se manter discreto, preferiu distância dos holofotes desnecessários e posicionar-se somente quando a situação pediu;

Escolhas acertadas, essa indubitavelmente, foi a maior virtude de Beka, que escolheu no tempo certo [ainda em 2012] o lado que poderia ter mais espaço: Grupo do ex-prefeito José Laci, foi exatamente o ambiente que precisava para ‘brotar’ politicamente.

Nesse “resumão” sobre a relâmpago trajetória de Beka, não poderia deixar de mencionar que em 2012,ele disputou pela primeira vez a vaga de vereador, pelo PRTB obteve 216 votos, ficando na segunda suplência. Agora em 2016, desta vez pelo PCdoB, conseguiu mais que dobrar seu desempenho e consagrou-se o quarto vereador mais querido pelo eleitorado, com 462 votos.

Daí fica a indagação: Beka chegou ao seu ápice ou a presidência da Câmara é só o começo???

Isso só o tempo dirá…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo