14
dez
2016

Após ‘surra’ nas urnas, grupo derrotado em Santa Luzia tenta pressionar Justiça Eleitoral

Candidato derrotado e o quase ex-prefeito Vera tentam por meio de uma ação absurda ganhar a prefeitura no “tapetão”.

Não passa de bobagem! Puro besteirol a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) inventada pelos derrotados nas urnas do município de Santa Luzia do Tide, no último dia 02 de outubro.

Após levar uma surra pela diferença de 4.222 votos, o grupo político do candidato derrotado Airton Cavalcante, do DEM, agora tenta por meio da imprensa, pressionar a Justiça Eleitoral a prosseguir uma acusação paradoxal e sem qualquer cabimento contra a prefeita eleita Francilene Paixão de Queiroz, a França do Macaquinho(PP), por abuso do poder econômico durante o pleito eleitoral.

Para se ter uma ideia da tamanha invencionice, entre os tantos disparates presente na AIJE consta até acusação de “promessa de empregos visando a obtenção de mandato eletivo”. Uma tremenda forçação de barra!

A ação sem qualquer alicerce não deve passar da primeira instância no âmbito da 70ª Zona Eleitoral, e caso o absurdo prospere – o que é improvável – será aniquilada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA).

Em tempo, o candidato derrotado, jovem médico pecuarista Airton Cavalcante é aliado do ex-deputado Oséas Rodrigues, pelo filho Márcio Rodrigues (ex-prefeito ficha suja) e conta com o apadrinhamento do atual  prefeito, Veronildo Tavares dos Santos, o ‘Vera’, conhecido como o pior gestor da história de mais de meio século da cidade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo