18
dez
2014

Após derrota na eleição da Câmara de Coelho Neto, Soliney Silva prepara golpe no tapetão

Soliney deixou a Câmara de forma melancólica, extremamente chateado com a derrota e a certeza a nova Mesa Diretora eleita não tão subserviente como ele esperava.

Após a eleição, Soliney deixou a Câmara extremamente chateado com a derrota.

Apático desde a derrota de Edinho Lobão(PMDB) na disputa pelo Governo do Estado, o Prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva(PRTB), começa sentir a rejeição de seu nome na Cidade.

O Prefeito não conseguiu unir a própria base de apoio do governo municipal na Câmara de Vereadores em torno de seu candidato à presidência, Vereador Raimundo Oliveira da Costa, o Raimundão(PSD), na eleição realizada na manhã do último dia 9 de dezembro.

Soliney perdeu a confiança no atual presidente da Câmara, Antonio Pires(PSD), e não apoiou a sua reeleição. O gestor também deixou claro que não simpatizava pela pretensão de outro ‘aliado’, o vereador Márcio Almeida(PSD), também candidato à presidência.

O prefeito então decidiu impor o nome do Vereador Raimundo Oliveira da Costa, o Raimundão(PSD) como candidato de consenso, ignorando o trabalho de bastidores dos demais parlamentares. Esse foi o erro!

No dia da eleição, Soliney Silva chegou cedo na sede do Poder Legislativo acompanhado de uma comitiva de secretários e assessores, foi direto para o gabinete da Presidência, monitorar de perto a escolha da nova mesa diretora que comandará a Casa no biênio 2015/2016.

Ao final da votação, Soliney engoliu seco! O prefeito conheceu a vontade dos dos 13 Vereadores de Coelho Neto. A chapa encabeçada pelo vereador Márcio Almeida(PSD), desbancou a do candidato do Governo por apenas um voto, venceu por 7×6.

Votaram no Vereador Marcio Almeida (PSD), e portanto, contra a vontade do Prefeito, os parlamentares: Lucinete Gonçalves Silva, a Lu(PSD); Joaquim Filho (PPS); Luiz Ramos (PSD); Junior Santos(PMDB); e os da bancada de oposição, Cristiane Bacelar(SSD) e Osmar Aguiar(PT).

Seguindo a vontade do Prefeito Soliney, baixaram a cabeça e votaram no candidato derrotado Raimundão(PSD), os seguinte Vereadores: Rafael Cruz (PP);  Antonio Lustosa (PMDB); Sillas do Louro(PTC); Reginaldo Janse, o Cara(DEM) e Antonio Pires(PSD).

Vereador Marcio Almeida (PSD)

Vereador Marcio Almeida (PSD) derrotou Soliney Silva e saiu vitorioso na eleição da Câmara

Soliney deixou a Câmara de forma melancólica, extremamente chateado (veja na foto acima), mas com uma certeza: A nova Mesa Diretora eleita não será tão subserviente como ele esperava.

Segundo a Vereadora oposicionista Cristiane Bacelar(SD), o que aconteceu na eleição da Mesa Diretora não foi um rompimento da base governista com o prefeito, mas sim a inclusão de uma linha de independência.

Após mais de uma semana da derrota, Soliney Silva com a arrogância que lhe é peculiar, já mandou avisar que vai na Justiça anular a eleição.

As alegações mirabolantes do gestor, até agora ninguém na Cidade sabe explicar, melhor que tentar ganhar na justiça, após perder no campo, seria Soliney evitar o golpe e aceitar perder.

Pois, faz parte da política meu nobre Prefeito.

1 Comentário

  1. blank André disse:

    Muita sacanagem,a maioria dos vereadores que “romperam” com a base governista só fizeram isso ja pensando nas próximas eleições, querem mostrar uma imagem diferente da que mostraram no decorrer dos anos. Mas acredito que nas próximas eleições o povo não se esqueça de quem realmente tentou fazer alguma coisa. Coelho neto 100% bagunça….

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo