27
out
2015

Apoio de João Castelo em um provável segundo turno define a eleição 2016 na Capital

Joao_Castelo_-Prefeito_de_Sao_Luis-Ma_Foto_ABaeta_008

João Castelo alega que tem autorização da direção nacional para disputar eleição 2016 em Sâo Luís.

Faltando agora menos de um ano para o início da campanha pela prefeitura de São Luís, o deputado federal e ex-prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB) surgiu na imprensa afirmando que possui aval da cúpula nacional do partido para ser de fato o candidato tucano na eleição da capital em 2016.

Caso confirmado, a disputa pela sucessão deve ficar entre o próprio prefeito Edivaldo Holanda(PDT) que busca reeleição, a deputada federal Eliziane Gama (Rede) e, é claro, João Castelo(PSDB).

Certeza mesmo é que o pleito eleitoral em São Luís seguirá para o segundo turno, onde o tempo de TV e rádio é igual para os dois finalistas que também se enfrentarão cara a cara nos debates.

As diversas pesquisas pré-eleitorais de opinião pública divulgadas até agora apontam que nenhum dos candidatos conseguirá ter mais de metade dos votos válidos (50%+1) na capital que possui três vezes mais eleitores da quantidade exigida para realização do chamado sistema eleitoral majoritário de dois turnos.

Pelo critério da maioria absoluta, para ser eleito, não basta ao candidato simplesmente obter mais votos do que seus concorrentes. Em municípios com mais de 200 mil eleitores, ele precisa ir além, devendo obter mais da metade dos votos válidos (excluídos os votos em branco e os votos nulos) para ser eleito em primeiro turno.

Por mais que João Castelo não esteja em bom momento político, somando ao desgaste de não ter feito uma boa gestão na prefeitura entre os anos de 2009 a 2012, sua experiência nas disputas eleitorais lhe renderá percentual superior a 15%, o cacifando assim, inclusive, para definir a eleição no iminente segundo turno.

3 Comentários

  1. Fernando disse:

    Esse cara é muito cara de pau, mais burro é quem der a chance dele ser votado. Mesmo que ele tenha sido um bom prefeito no passado, as pessoas devem entender que o que ele fez da ultima vez como gestor da nossa cidade, prejudicou a todos.

  2. Sebastião disse:

    Nem a pal juvenal

  3. ariosto almeida disse:

    Não viaja, uma coisa é a candidatura dele próprio diante de muita gente que ainda sente gratidão pelo emprego etc… Outra coisa chama-se transferência de votos.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

Publicidade