22
dez
2015

Antes a manifestação era na porta do TRE, agora é cobrando o pagamento de salário em atraso

1661842_906935049413606_6978783523306075430_n

Agentes de saúde na praça Chico Noca durante manifestação nesta terça-feira(22).

É claro que não são todos, mas boa parte dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que ocuparam a praça Chico Noca no município de Raposa na manhã desta terça-feira(22) cobrando da Prefeitura o  pagamento do 13º salário, são as mesmas pessoas que estiveram meses atrás na porta do Tribunal Regional Eleitoral(TRE-MA), no bairro da Areinha em São Luís, pressionando a Corte para possibilitar o retorno do prefeito cassado Clodomir de Oliveira(PMDB) ao cargo (LEMBRE).

É o caso de Jesuã Correia Lemos, que obteve 85 votos como candidato a vereador na eleição de 2012. Em conversa com o titular do blog, o Agente comunitário que é o coordenador de campanha da pré-candidata a prefeita Ociléia Paraíba(PRB), explicou que a manifestação é de repúdio ao descaso da gestão municipal por não pagar o 13º salário da classe.

“Votei no Clodomir, estive na frente do TRE durante as manifestações, acreditei nele, mas não esperava que fosse se transformar em um câncer, esse prefeito despreza, destrata e abandona a cidade e os servidores públicos”, afirmou Jesuã.

Além do salário, os Agentes também reivindicam outros direitos trabalhistas garantidos por Lei. Dos 72 profissionais que atuam no município, 43 participaram no movimento desta manhã. Aproveitaram para convidar os demais colegas para esta quarta-feira(23) se fazerem presentes em mais uma manifestação com o mesmo objetivo.

Perseguição

Durante o ato, os servidores fecharam o trânsito e fizeram um apitaço, exibindo faixas, cartazes e gritando palavras de ordem. Lembraram que pelo curto período que a ex-prefeita Talita Laci(PCdoB) esteve no comando da cidade, ela aumentou o salário dos Agentes no momento que autorizou o adicional por insalubridade à categoria, no entanto, o benefício foi retirado pelo prefeito Clodomir quando reassumiu o cargo.

Os Agentes lamentaram o fato de não poderem trabalhar exatamente hoje dia 22, quando era pra ser deflagrada a campanha de combate a Dengue, contra o mosquito aëdes aegypti. “Não temos mais data definida para receber nosso salário, antes era dia 30, mas agora temos que ir ao Ministério Público a cada mês. Existe uma verdadeira perseguição aos Agentes dentro da Prefeitura, e isso está claro”, concluiu o Agente ex-aliado do prefeito, que no mês de abril levantou faixa na porta do TRE-MA em prol da volta do gestor.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade