19
jul
2021

Antecipação da eleição do TCE-MA revela interferência externa e racha entre os sete conselheiros

Eleição da Corte seria realizada apenas no final de setembro, até duas sessões após Nonato Lago se aposentar, porém, uma manobra mudou os rumos para beneficiar Washington Luiz.

Os sete conselheiros do TCE-MA...

Os sete conselheiros do TCE-MA: Quatro contra três, pela foto, o grupo de cima é contra o debaixo.

Para entender esse imbróglio envolvendo o Tribunal de Contas do Estado é necessário lembrar que o TCE-MA é composto por número de sete Conselheiros e, por lá, existem dois grupos “políticos”.

Dos atuais Conselheiros: Raimundo Nonato de Carvalho Lago Júnior, Joaquim Washington Luiz de Oliveira, José de Ribamar Caldas Furtado, Álvaro César de França Ferreira, Raimundo Oliveira Filho, Edmar Serra Cutrim e João Jorge Jinkings Pavão, o mais mais perto da compulsória é Nonato Lago que tem aposentadoria marcada para o próximo dia 08 de setembro.

Porém, conforme apuração do Blog do Domingos Costa, por conta de uma manobra política, Lago decidiu renunciar à presidência da Corte de Contas para beneficiar o vice-presidente Washington Luiz que assumiu o comando da Casa e, regimentalmente, marcou eleição da nova Mesa Diretora para esta quarta-feira (21).

Se o rito normal fosse seguido, a eleição para o Tribunal seria realizado apenas em setembro quando Lago deixasse o cargo. E poderia acontecer com o número de seis Conselheiros ou, se quisesse, Washington Luiz esperaria a Assembleia aprovar a indicação do substituto de  Nonato Lago, no caso, o mais cotado é Marcelo Tavares.

Se fosse realizada com seis Conselheiros, portanto, sem Lago, a disputa daria empate [3×3]. E pelo que diz o Regimento Interno do TCE-MA, o critério de desempate é o mais velho no cargo de conselheiro. Se tratando de antiguidade, Raimundo Oliveira, Pavão e Edmar são os que mais tempo estão no cargo e, coincidentemente, aliados incontestes.

E caso Marcelo Tavares tivesse direito ao voto, este acompanharia o grupo dos veteranos no TCE: Raimundo/Pavão/Edmar.

No entanto, uma manobra liderada pelo Conselheiro Álvaro César de França Ferreira [irmão do ex-prefeito de Barreirinhas, Alberico Filho] fez o então presidente Nonato Lago renunciar propositalmente, de modo que ele deixou a Mesa Diretora mas continua no Plenário com direito a voto na eleição marcada para depois de amanhã.

Portanto, votam fechados Nonato Lago, Álvaro César, Caldas Furtado e Washington Luiz, formando placar de 4×3 e liquidando a fatura.

– Fernando Sarney

O Blog do DC apurou que essa articulação em favor de Washington Luiz – que terá Álvaro César como vice -, contou com apoio político externo.

Fala-se em Fernando Sarney, irmão da ex-governadora Roseana, isso porque o chefe de Gabinete da presidência do TCE-MA é o apresentador do JMTV 2ª edição, Giovanni Spinucci.

E pelo acordo firmado, o jornalista permanecerá no cargo mesmo com a chegada de Washington na presidência.

1 Comentário

  1. Carlos Gustavo disse:

    Por essas e por outras, que hoje eu sou a favor das cotas raciais.
    Vê-se essa foto, o quadro atual, parece que não é no Maranhão. Cadê a participação dos nossos irmãos negros? Fica a pergunta.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade