05
abr
2018

Andrea Murad some da Assembleia depois de ato de jagunços do seu pai em Coroatá

Após o episódio, Andrea Murad não foi mais vista na Assembleia Legislativa. Será que ela vai falar sobre o assunto?

Famosa pelos discursos odiosos quase que diariamente contra o governador Flávio Dino na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Andrea Murad sumiu das sessões plenárias da Casa durante toda esta semana.

A ausência de Andrea Murad estaria relacionada a ação de jagunços armados de grosso calibre, que, por ordem do pai da deputada, o ex-secretário Ricardo Murad, derrubaram barracos e ainda expulsaram famílias carentes que residiam há mais de 30 anos no Povoado Santana, em Coroatá.

A truculência dos jagunços muradistas ocorreu no último dia 31, sábado de Aleluia. Os moradores, que tiveram suas casas destruídas, foram submetidos a humilhação. Homens, mulheres e crianças foram obrigados a deixar suas moradias e aceitar um acordo imposto de que seria pago 5 mil reais a cada família.

Ao todo, cinco famílias moravam nas terras e trabalhavam com roça e criavam galinhas. Os pistoleiros, segundo os moradores, afirmavam a todo tempo que a área pertence à família Murad.

Após o episódio, Andrea Murad não foi mais vista na Assembleia Legislativa. Será que ela vai falar sobre o assunto?

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo