22
jun
2020

A relação histórica de Sergio Albuquerque e o empresário Fábio Muniz Cordeiro

Dono da Horizonte Construções que recebeu mais de 250 mil reais de obra sem executá-la em Primeira Cruz, selou outros contratos com sua segunda empesa ainda na primeira gestão do ex-prefeito Sergio.

Fábio Muniz Cordeiro e o ex-prefeito prefeito, Sergio Ricardo de Albuquerque Bogea.

Fábio Muniz Cordeiro, dono da empresa Horizonte e o ex-prefeito de Primeira Cruz, Sergio Albuquerque…

O dona da empresa Horizonte Construções e Empreendimentos Ltda, Fábio Muniz Cordeiro (foto de óculos), aparece como figura principal de suposto esquema de corrupção envolvendo dinheiro público da prefeitura de Primeira Cruz.

Dias atrás, o Blog do Domingos Costa publicou que a empresa de Fábio recebeu da gestão de Nilson do Cassó, vice-prefeito em exercício há um ano e sete meses, R$ 254 mil com a finalidade de realizar manutenção de estradas vicinais, e para tanto, fraudou documento como se tivesse feito quatro medições para receber os recursos. A obra foi paga mas não executada.

Informações do  SACOP – Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas, do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) revelam que na atual gestão em Primeira Cruz, Fábio Muniz não recebeu apenas por estradas fantasmas, ele também possui outros quatros contratos com a prefeitura para execução de serviços de manutenção predial.

Juntos, apenas em um ano e sete meses da gestão do vice, soma-se quase R$ 1 milhão, para ser mais exato: R$ 940 mil, conforme planilha abaixo que revela os contratos.

– Relação antiga

Fábio Muniz Cordeiro não chegou em Primeira Cruz agora, a relação dele com a prefeitura é antiga. Em 2012, quando “atuou” na cidade com outra empresa, F.J.C Indústria e Comércio, que também está registrada na Receita Federal em seu nome, ele ganhou diversos contratos na primeira gestão do então prefeito, Sergio Ricardo de Albuquerque Bogea (2009/2012).

Entre esses, um foi para o fornecimento de gêneros alimentícios ao valor de R$ 418 mil. Outro contrato que chama atenção, assinado em 02 de fevereiro de 2016, já na segunda segunda gestão de Sergio, é o que tem objetivo de abertura, recuperação e manutenção de estradas vicinais, no valor de mais de R$ 1,2 milhões. Não se tem conhecimento da execução desses serviços.

Além da Horizonte Construções e da F.J.C Indústria e Comércio, Fábio possui também em seu nome a Construtura Terra Maranhão. Em todas essas ele mantém sociedade com Ruy Clemencio Barbosa Cordeiro Júnior, que está registrado como sócio. O empresário coleciona contratos com prefeituras e órgãos públicos no Maranhão que juntos somam dezenas de milhões de reais.

A “atuação” de uma das empresas de Fábio Muniz em Primeira Cruz fez o Tribunal de Contas reprovar a Tomada de Conta do ex-prefeito Sérgio Ricardo de Albuquerque Bogea  (processo nº 4281/2011-TCE/MA) relativo ao exercício financeiro de 2010. O TCE-MA julgou irregulares as contas de gestão da administração direta, conforme publicação do Diário Oficial de 10 de fevereiro de 2020. O Tribunal identificou pagamento milionário à empresa e uma séria de fraudes no processo licitatório (VEJA AQUI, a partir das páginas 28 e 29).

– Briga judicial 

Em janeiro de 2019, o vice Nilson do Cassó alcançou o poder em Primeira Cruz, conseguiu afastar o prefeito eleito George Luiz Santos por meio de uma trama na Câmara de Vereadores e graças a uma articulação política liderada pelo ex-prefeito Sergio Albuquerque.

O processo desde então se arrasta na justiça.

Em decisão liminar do último dia 10/06, a desembargadora Nelma Celeste Silva Souza Costa, do Tribunal de Justiça do Maranhão, determinou o imediato retorno do prefeito George ao cargo.

No entanto, durante o final de semana, apenas dois dias após, o Desembargador Lourival Serejo, presidente do Tribunal TJ-MA, concedeu uma decisão teratológica e voltou Nilson ao comando da prefeitura, onde continua dilapidando recursos públicos.

Quatro dos contratos que a empresa de Fábio Muniz possui em Primeira Cruz...

Quatro dos contratos que a empresa de Fábio Muniz possui em Primeira Cruz…


LEIA TAMBÉM:

– Vice-prefeito que assumiu em Primeira Cruz já envolvido em corrupção…

– Primeira Cruz: Trama de vereadores e ex-prefeito consegue afastar George Luiz

– Desembargadora Nelma Sarney retorna prefeito George ao cargo em Primeira Cruz

– FRAUDE! Nilson do Cassó pagou R$ 254 mil em obra fantasma no município de Primeira Cruz

1 Comentário

  1. blank Caroline disse:

    Esse Fábio é sócio de Júnior Lourenço, pesquisa lá pra ver se ela também não tá em Miranda do Norte, ele tem a uma empresa de medicamentos.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo