12
fev

A relação de R$ 11 milhões entre Marlon Botão e Carlos Junot na Cultura de São Luís

Em 2016, Carlos Junot recebeu dinheiro de patrocínio da Secult por meio de uma empresa e, de lá pra cá, agora como presidente de um Instituto, coleciona outros sete contratos/termos de colaboração milionários.

Sabe-se lá como, na secretaria de Botão, Junot ganha tudo…

Apenas dois anos e cinco meses após a primeira relação pública registrada em documento entre o secretário municipal de Cultura de São Luís, Marlon Botão e o empresário Calos Junot Araújo Campos, nada menos que o montante de R$ 11 milhões já foi movimentado entre os dois.

Conforme apuração do Blog do Domingos Costa, no dia 23 de setembro de 2016, Carlos Junot recebeu um patrocínio [leia-se apoio] da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), na conta bancária da empresa em seu nome, C.J.A Campos Serviços, ou Fênix Produções, para a realização do evento “Impacto 2016”.

Registrada junto à Receita Federal na Avenida Castelo Branco, Edifício Tokio, sala 103, bairro São Francisco em São Luís, a empresa Fênix Produções recebeu o valor de R$ 87 mil reais, para executar o evento conforme diz o extrato de contrato de patrocínio 49/2016.

No ano seguinte, mais precisamente no dia 17 de fevereiro de 2017, o segundo contrato, nº 05/2017, desta vez com um valor mais robusto, de R$ 400 mil, com finalidade de prestação de serviço para atender a demanda do projeto oriundo do Convênio nº 796218/2013. A C.J.A Campos Serviços, ou Fênix, recebeu o dinheiro para capacitar organizações culturais para a criação da Rede de São Luís de Projetos Ponto de Cultura.

Já em 2018, agora não mais como dono da Fênix Produções, Calos Junot torna-se presidente do Instituto Maranhense de Cultura, Esporte e Lazer (IMCEL), registrado na Avenida dos Holandeses Nº 07, Sala 906, edifício Metropolitan Market Place, em São Luís. A entidade recebeu o valor de R$ 2.529.325,95 (dois milhões quinhentos e vinte e nove mil trezentos e vinte e cinco reais e noveta e cinco centavos) para realizar o carnaval do ano passado, meses após, mais R$ 3 milhões para o São João da Maria Aragão.

Naquele mesmo ano, outros três eventos direto na conta do IMCEL: o aniversário de São Luís, a Feira do Livro e as festividades do Natal. O primeiro evento no valor de R$ 894.418,80; o segundo, pelo preço de 427 mil, e o terceiro, custou R$ 749,974,50.

Agora, em 2019, a relação ‘Botão/Junot’ permanece inabalável, juntos, a dupla assinou mais um contrato milionário, nº 01/2019, assinado no último dia 31 de jeneiro, ao valor de mais de R$ 3 milhões para a realização do Carnaval da Passarela, no Anel Viário. O dinheiro já está todo empenhado…

Fora os contratos, o IMCEL ainda recebeu dinheiro de emendas de vereadores de São Luís, mas essa é outra história que contarei em outros posts…

– Outro lado 

Procurado pelo Blog, o empresário e, também, presidente do IMCEL, Calos Junot Araújo Campos, disse que “todos os contratos e/ou termos de colaboração foram firmados na forma da Lei. Uns pela Lei de Licitações e outros por Chamada Pública.”

9 Comentários

  1. Luiz Fernando disse:

    Dois safados, esse Carlos Junot é cara de Paula, e ainda fica comprando carnaval para os apaixonados

  2. Carlos André Sousa disse:

    Pura picaretagem. Não é a toa que o Bloco Tradicional Os Apaixonados, de Carlos Junot, foi campeão todos os anos que ele organizou essa porcaria de desfile de passarela. Não dá outra. Isso tudo é nojento. Corrupção a céu aberto. Essa Secult dá nojo.

  3. Sérgio disse:

    Esperamos que essa denúncia já esteja sendo acompanhada pelos órgãos competentes e que providências urgentes já tenham sido tomadas afim de garantir o ressarcimento aos cofres públicos deste dinheiro e não sejamos mais uma vez enganados com auto acusações politicas, próprias de jogo político sujo que não levará a nada além do enriquecimento ilícito dos envolvidos, sob os holofotes da justiça. Que tenhamos uma Laja Jato tupiniquim!!

  4. Jujuca disse:

    Carlinhos meu nobre quando comprar o título para os apaixonados , pelo menos coloca os melhores em um lugar justo , Os Tremendões , Os Foliões, Os feras, Os Vampiros …e outors

  5. Jose garces disse:

    e ate agora as brincadeiras do são João não foram pagas cade o dinheiro

  6. júnior disse:

    Como é bom e fácil enriquecer sendo amigo de algum secretário.

  7. José d Pedro Furtado Neto. disse:

    Que vergonha! Descobertas as picaretagens dos Apaixonados. Olha aí , galera: Tudo armação. Tudo título comprado. É dinheiro sujo. Cadê o pagamento do São João?? Que nojo! Nojo puro! Apaixonados é corrupto. Que nojo!!!

  8. Maria Raimunda Pimentel Sousa disse:

    OBRIGADO, CARO JORNALISTA,M POR TRAZER À TONA ESSA SAFADEZA! QUE COISA NOJENTA. OS ARTISTAS MENDIGANDO E ESSES CARAS NADANDO NA SURDINA. QUE PAÍS CORRUPTO. É LADRÃO QUE NÃO ACABA MAIS. BEM QUE ME DISSERAM QUE ESSE TAL BLOCO APAIXONADOS É SÓ MOLECAGEM. CADEIA NELES!

Deixe o seu comentário!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade