02
out
2017

A enquete inútil do Sindjus…

Enquete no site do Sindjus-MA soa como manobra para tentar influência na eleição da Mesa do TJ-MA…

Antes de chegar direto ao cerne da questão, uma pergunta: Do que serve o resultado de uma pesquisa na qual os ‘opinadores’ não têm direito ao voto?!

Partido dessa iniciativa palerma, o Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão- Sindjus/MA lançou uma enquete para saber qual a preferência dos servidores do Judiciário sobre os nomes que deverão ocupar a presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) e a Corregedoria-Geral de Justiça.

Mas, detalhe,  a opinião dos servidores não vai mudar o curso normal da eleição, já que não podem efetivamente participar e votar.

Será se o presidente do Sindjus-MA, Anibal da Silva Lins – eterno candidato a vereador – que autointitula-se independente, virou massa de manobra?

A consulta pública inútil serviu apenas para revelar uma situação que até então ninguém sabia: Lins é rejeitado pela categoria que representa. Isto porque nem todos os servidores foram a favor dessa consulta, uma vez que não foram consultados acerca da pesquisa. Dessa forma, não foi um processo democrático.

O sindicato comandado por um partidário político deveria se ocupar de tarefas úteis e proveitosas para a categoria, como manter o bom diálogo com os desembargadores eleitos. Pois, não existe entre os servidores preferência por qualquer dos desembargadores aptos a serem eleitos, mesmo porque todos os desembargadores terão sua vez e chance de chegar a ocupar os cargos da mesa diretora.

O que de fato há entre os servidores é o desejo de que os desembargadores eleitos realizem uma boa gestão, não somente para magistrados e servidores, mas sobretudo para o jurisdicionado que são a razão de existir Poder Judiciário. Servidores e sociedade almejam que a nova mesa diretora realize um trabalho pautado na ética, transparência e seriedade com observância dos princípios constitucionais que devem reger a Administração Pública, bem como obediência às normas vigentes.

3 Comentários

  1. Carlos André disse:

    Curioso, eu que sou servidor acredito que foi muito bom o tribunal saber da opinião dos que TRABALHAM NELE, como uma empresa privada com certeza gostaria de saber a opinião de seu corpo de funcionários, mesmo que estes não decidissem nada na prática. Mas o senhor blogueiro tá aí todo doídinho porque o resultado da pesquisa não agradou.

  2. blank Armistrog Clay disse:

    Antes de tudo deixo claro aqui que sou servidor do TJMA. Não tiro uma virgula do texto do referido blog. Acrescento que isso não passou de mais uma investida infrutífera de quem não consegue ser recebido pelo chefe de executivo Estadual (e a enquete só piora a relação daqui para frente), desde o início do mandato deste, e que carrega a rejeição de quase todos os desembargadores, fruto de um desgaste que vem de longos tempos, muitas vitórias se tiveram, como muitas derrotas. Vitórias que vieram principalmente no campo jurídico, pois na via do diálogo estas são quase imperceptível. Resultado de quem mistura gestão sindical com sonhos políticos próprios. No Brasil não difícil encontrar exemplos de figuras que utilizam a gestão sindical como trampolim para almejar cargo eletivo, mais o desgaste ocorre, e quando isso vira um carma pelo insucesso, sofre toda a categoria. Quem tanto cobra democracia, respeitos as lis, isonomia, igualdade, deveria primeiro dar exemplo na instituição que comanda, para depois cobrar veemente do órgão empregador. Casa de ferreiro e espeto de pau, já não tem vez no Brasil atual.

  3. blank edi disse:

    Se o Sindicato tivesse feito o pagamento, a manchete seria outra, não é mesmo.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo