Resultado para: tete vieira

11774816_893950314018472_2128293250_nMais uma vez o vereador do município de São José de Ribamar, Elias Rabelo Vieira Junior, o Teté (PV) protagonizou maior barraco durante uma festa.

Desta vez, o vexame aconteceu ontem, quinta-feira 23/07, na relaização da 32ª Vaquejada Regional de Barreirinhas-MA, durante o show de Wesley Safadão e Garota Safada.

Segundo olheiros do blog presente na festa, o espalhafatoso parlamentar conhecido pelas polêmicas, estava pra lá de bagdá, altamente bêbado e do jeito que todos conhecem…

Após a farra, o edil foi para o Lençóis Flat Residence, onde está hospedado, por lá, tornou “encher a cara” e acabou adomecendo numa cadeira ao lado da piscina, encantada como uma donzela.

Na imagem, Teté aparece “jogado” tipo um lambudo, mostrando uma “barriguniha” saliente.

O blog tentou contato com o parlamentar, mas o número só desligado,provavelmente está de ressaca.

Contrariando a polícia, o parlamentar ribamarense foi um dos primeiros a acusar injustamente, e de forma criminosa, o marido da publicitária de ter assassinado a própria companheira. 

20161113_221111-339484

Vereador de Ribamar acusou de forma criminosa o marido da publicitária Mariana de ter assassinado a própria esposa.

Mania louca e delinquente de sair acusando pessoas publicamente sem qualquer comprovação. É dessa forma que pode ser explicada a atitude salafrário do vereador Elias Rebelo Vieira Junior, o Teté (PV), de São José de Ribamar.

Por meio de comentários em redes sociais, o parlamentar que foi humilhado nas urnas e não conseguiu reeleição na cidade balneária (LEMBRE), acusou injustamente o marido da publicitária assassinada no último domingo (13), no nono andar do condomínio Garvey Park, na Avenida São Luís Rei de França, no Turu, em São Luís.

Para Teté Vieira, o TV, foi Marcos Renato – filho do empresário José Renato (Laticínios São José) que matou a própria esposa: “O marido que assassinou. Ele estudou comigo. Doente,” afirmou o vereador para mais de 240 (duzentas e quarenta) pessoas em um grupo de WhatsApp intitulado “Ribamarcity-SJR”, formado por moradores do município, além de jornalistas, radialistas e blogueiros.

O parlamentar também demonstrou tristeza com a tragédia, e disse ser ex-colega de escola da sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney: “Minha contemporânea de escola”, disse TV.

De forma leviana, o vereador de Ribamar continua a mostrar familiaridade com o marido no qual acusa: “Ele[o marido] é um doente(…) Já tinha histórico de brigas”, reiterou Teté, alegando ainda que Macos Renato agredia Mariana.

E continuou… “Ela era a mais nova de 3 irmãs, a mais velha estudava com minha irmã e com o irmão dele, a do meio estudava comigo e com ele, e ela era a série antes da nossa.”, garantiu o vereador.

tete

Teté deve, no mínimo, desculpas públicas ao marido e a família da vítima.

A comprovar pelo desfecho do caso, todos sabem que não foi o marido – como acusa Teté – que matou a esposa, mas sim o cunhado.

Portanto, prova-se mais uma vez que a palavra do vereador não vale uma nota de três reais. A bem da verdade, Teté possui sérios problemas de personalidade, que beiram distúrbios doentios – basta comprovar nos links abaixo.

Por fim, já que conhece tanto a família Tete precisa no mínimo, fazer um pedido de desculpas públicas como forma de repeito a dor alheia.

Em tempo, ao contrário do que alega Tete, o réu confesso do assassinato que tem sido destaque na imprensa maranhense e nacional foi o cunhada da vítima, o empresário Lucas Leite Ribeiro Porto, de 37 anos. Que em confissão à polícia, a motivação, segundo Lucas, seria uma atração que possuía por Mariana.

Confira abaixo os print’s da conversa:

0003

0001 0002

LEIA TAMBÉM:

– Teté invade posto e chama enfermeira de “puta, vagabunda e morta de fome”

– B.O detalha agressões de Vereador de São José de Ribamar contra enfermeira

– “Só queria ajudar um mendigo”, diz Teté ao tentar se defender de agressão à enfermeira

– Em nota, Coren-MA diz que vai representar vereador Teté por agressão à enfermeira

– Altamente embriagado, Teté adormece feito donzela após show do Safadão em Barreirinhas

– “Tenho um rol de negócio atrás de mim”, dispara vereador Teté ainda bêbado ao vivo em rádio

– Consultor do vereador Tete é condenado a devolver quase R$ 1 milhão aos cofres públicos

– Título de cidadão ribamarense a diretor do Procon gera dissabor na Câmara de vereadores

– Algumas ponderações ao vereador Teté e a quem mais precisar….

2016-10-08-22-20-19

Colaço se articula junto ao governo e quer a Educação. Teté não desgruda de LF em busca da Saúde.

O titular do blog esteve, neste último feriado, no município de São José de Ribamar.

Além de degustar um peixe-pedra, prato típico da cidade, aproveitou para conversar com algumas pessoas, dentre eles representantes da classe política, da imprensa e do empresariado local, por exemplo.

E o assunto que já domina as rodas de bate-papo, como a da tradicional Praça do Cemitério (uma espécie de Senadinho, igual ao de Imperatriz), é a composição do futuro secretariado do prefeito eleito, Luis Fernando Silva (PSDB).

São nomes das mais variadas correntes. De Políticos a profissionais mais técnicos. Com base nesses relatos, faremos, a partir de agora, alguns apontamentos.

Já tendo sido candidato ao cargo de prefeito, o policial civil Arnaldo Colaço – que este ano disputou, sem sucesso, uma cadeira no parlamento municipal – é apontado como nome certo no secretariado de Luis Fernando. Colaço é presidente do diretório municipal do PSB e sua indicação teria a chancela de caciques ligados ao governo do estado. Colaço quer a Secretaria Municipal de Educação. No entanto, as apostas o colocam no comando da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Defesa Social.

Mais conhecido pelos episódios extravagantes da sua vida pessoal do que pelo trabalho como vereador, Teté Vieira é outro que poderá integrar a equipe de Picolé de Chuchu, de quem não desgruda um só momento.

Humilhado nas urnas, quando obteve pouco mais de 500 votos (reveja) , o ainda vereador do PV poderá ir para a Secretaria de Meio Ambiente. Devido a grande proximidade com LF, alguns observadores chegam a apostar que Teté será o próximo secretário municipal de Saúde.

Ex-secretário do governo Roseana Sarney, o economista Rodrigo Valente, que é sobrinho de Luis Fernando, é outro nome cotado. Analistas ribamarenses o apontam como próximo secretário municipal de Governo. A indicação já teria, inclusive, a aprovação do vice-prefeito, Eudes Sampaio (PTB), de quem Valente foi desafeto por um bom tempo.

Na Secretaria Municipal de Obras, o nome mais forte é o do engenheiro Antônio Garrido, que já exerceu o cargo e acompanhou Picolé na sua passagem eleitoreira pela SINFRA.

Pai da ex toda poderosa do governo Roseana, Ana Graziela, Garrido é amigo de longas datas de Luis Fernando e goza de sua total confiança.

O setor da Agricultura, Pesca e Abastecimento poderá voltar a ser gerido pelo agrônomo alagoano, Isaac Buarque de Holanda. Ele, inclusive, alardeia aos quatro cantos que o cargo já é seu.

A poderosa Secretaria de Planejamento, Administração e Finanças deverá ser comandada pela economista Joana Marques, amiga de faculdade de Picolé de Chuchu e que já o acompanha há muito tempo.

A pasta da Receita deverá ficar sob a responsabilidade do agora empresário do ramo de postos de combustíveis, Gilvan Oliveira, que seria uma indicação de Eudes Sampaio.

Sampaio também estaria articulando a nomeação do genro, o advogado Vinicius Lauande, para o cargo de procurador do município.

A Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer deverá ser controlada pelo eterno ex-vereador e ex-secretário, Edson Calixto. Ele poderá ter como adjunto o turismólogo Nelson Weber. A dupla é velha conhecida da classe artística da cidade.

O nome de Weber também foi lembrado para a Secretaria de Assistência Social, uma vez que LF não estaria inclinado a nomear novamente a assistente social Sônia Chaves. Contra ela, segundo as informações colhidas, pesam algumas “broncas” relacionadas ao programa Minha Casa, Minha Vida.

Eleito vereador, o professor Cristiano Oliveira pode ser alçado ao posto de Secretário Municipal da Juventude, cargo que já exerceu. No entanto, tem gente apostando no nome da advogada Ana Paula Ribeiro, uma ex-militante estudantil de São Luís que se rendeu ao tucanato.

Na comunicação, ainda é precipitado afirmar se Picolé criará uma pasta específica ou manterá a assessoria atrelada ao Governo. O mais cotado para gerenciar o setor é o publicitário Matias Marinho. Porém, a bolsa de apostas cogita o nome do blogueiro Fernando Atalaia, o homem das milhares de visualizações online.

PS: É lógico que os nomes citados podem ser aproveitados em outras pastas, não seguindo rigorosamente a ordem publicada pelo blog. Porém, a maioria absoluta irá compor o primeiro e segundo escalões da gestão LF a partir de 2017. É aguardar e conferir.

Os 17 vereadores do município de São José de Ribamar escolheram, de forma unânime, o presidente da Câmara Municipal, Beto das Vilas (PV), para ser o companheiro de chapa do pré-candidato a prefeito pelo PSDB, Luis Fernando Silva (PSDB).

A convenção que oficializará a chapa de Luis Fernando será realizada na próxima sexta-feira. A escolha de Das Vilas para ser o vice-prefeito partiu de compromisso, firmado ano passado, no qual LF aceitou em ter um companheiro, cujo nome, fosse indicado pelo Poder Legislativo.

No vídeo abaixo, vários vereadores são entrevistados e confirmam a escolha e o consenso em torno de Beto, dentre eles César Veira, Arturzinho, Valberlena e até o tresloucado Teté Vieira.

4

Eudes, Beto e Luis Fernando: quem será o vice de Picolé?

Agora resta saber se Luis Fernando, mais uma vez, descumprirá compromisso feito com os parlamentares, uma vez que no primeiro semestre ele vetou o nome do vereador Nonato Lima, que foi a primeira escolha da Câmara.

No entanto, observadores da cena política da cidade dão como certa a indicação do cearense Eudes Sampaio (PTB), atual vice-prefeito, para ser o companheiro de LF.

Abaixo leia a íntegra de uma matéria publicada pelo Jornal Extra neste sábado (16), que só vem reafirmar o que este blog vem noticiando há meses: o vereador da cidade de São José de Ribamar, Elias Rabelo Vieira Junior, o Teté (PV), é um desequilibrado, conhecido por protagonizar vexames e barracos.

5634461d-7920-4404-bfc1-099cfbf42854

O vereador Teté Vieira (PV) protagonizou, na última quinta-feira (14), um dos episódios mais nefastos da história política da Câmara Municipal de São José de Ribamar.

O dono da franquia Café de Lá Musique em São Luís transformou a Casa num verdadeiro show de horrores, onde predominou o baixo nível e a total quebra de decoro parlamentar.

Visivelmente embriagado ou possuído por algum tipo de substância alucinógena, Teté Vieira ofendeu com palavras de baixo calão o radialista Carlos Afonso, que apresenta o programa Tribuna Popular, na Rádio Nova 104, e que também integra a equipe de esportes da Rádio Difusora AM.

Mais: escatitou o vice-prefeito Eudes Sampaio (PTB), aliado do pré-candidato a prefeito pelo PSDB, Luis Fernando Silva. Sampaio poderá ser o companheiro de chapa de Luis Fernando nas eleições deste ano ou até mesmo substitui-lo, caso LF se torne inelegível.

6b3e47a6-de6a-484c-9cde-85cd2eabed05

Vereador Tetê em seus muitos estados de embriagues

Em vários áudios que estão circulando em grupos de whatsapp, Teté Vieira chamou, dentre outras coisas, Carlos Afonso de bandido e covarde, mesmo não apresentado nenhum fato que comprove a acusação.

Sobre Eudes, o vereador disse que o vice-prefeito está dando uma de oportunista e que está disparando telefonemas, somente agora, para vereadores e lideranças políticas de Ribamar porque tem interesse em ser o vice de Luis Fernando.

“Ele [Eudes] nunca me ligou ao longo destes quase quatro anos. Está ligando agora porque quer fazer política, porque sonha em ser o vice de Luis Fernando”, detonou Teté.

Por mais que tenham sido horrendas as cenas estreladas por Teté, alguns vereadores avaliaram que o parlamentar, no caso específico envolvendo Eudes Sampaio, falou com o coração e deixou se tornar público um sentimento que é unanimidade entre os atores políticos da cidade.

“Bêbado ou alguma coisa do tipo, Ele [Teté] apenas publicizou uma avaliação unânime sobre Eudes, que é um vice-prefeito inoperante, um sujeito traiçoeiro que é capaz de tudo pelo poder”, afirmou um parlamentar da própria base de apoio de LF.

LEIA TAMBÉM:

– Vereador Teté invade posto e chama enfermeira de “puta, vagabunda e morta de fome”

– B.O detalha agressões de Vereador de São José de Ribamar contra enfermeira

– “Só queria ajudar um mendigo”, diz Teté ao tentar se defender de agressão à enfermeira

– Em nota, Coren-MA diz que vai representar vereador Teté por agressão à enfermeira

– Altamente embriagado, Teté adormece feito donzela após show do Safadão em Barreirinhas

– “Tenho um rol de negócio atrás de mim”, dispara Teté ainda bêbado ao vivo em rádio

– Consultor do vereador Tete é condenado a devolver quase R$ 1 milhão aos cofres públicos

– Título de cidadão ribamarense a diretor do Procon gera dissabor na Câmara de vereadores

– Algumas ponderações ao vereador Teté e a quem mais precisar….

– Vereador Teté, de vilão a mocinho…

imageO pré-candidato a prefeito pelo PSDB, Luis Fernando Silva, não possui, pelo menos até o momento, autorização da Justiça que balize ou legitime o seu projeto de disputar o comando da prefeitura de São José de Ribamar nas eleições de outubro.

Em consulta feita ao site do Tribunal de Justiça do Maranhão, comprovou-se que, quando solicitada certidão de nada consta com o nome do tucano (Luis Fernando Moura da Silva), o pré-candidato recebe da Justiça o ultimato de comparecer a unidade jurisdicional para obter maiores informações sobre a sua situação política.

A informação oficial obtida junto a Justiça maranhense tem razão de ser.

Luis Fernando enfrenta sérias dificuldades e responde a três ações por ato de improbidade administrativa e um processo criminal, cuja pena é de quatro anos de reclusão.

As ações e o processo foram propostos pelo Ministério Público Estadual, que detectou irregularidades e possíveis atos de corrupção na gestão do tucano, quando este governou São José de Ribamar.

Uma das ações tem como objeto convênio, firmado entre o governo do estado e a prefeitura, em 2010, no valor de R$ 5 milhões, recursos estes que deveriam ter sido utilizados integralmente para pavimentação de vias do município.

Segundo o MPE, foi verificada uma lista de 21 ilegalidades no convênio. As investigações apontam indícios de favorecimento da empresa Ires Engenharia, Comércio Ltda na licitação do convênio. Também foi verificado que somente 39% dos serviços referentes ao contrato teriam sido de fato realizados.

Ainda, a assinatura do convênio não foi informada à Câmara Municipal pelo ex-prefeito Luís Fernando Silva. À época, o Ministério Público solicitou o bloqueio dos bens de LF.

Plano B 

imageDiante da possibilidade real de ser considerado inelegível e, por conta disso, não poder disputar a eleição majoritária de outubro, Picolé de Chuchu já prepara um chamado plano B. E o mesmo passa pela figura do atual-vice prefeito, Eudes Sampaio (PTB).

Sampaio, com o total apoio de LF, já havia se viabilizado para ser o seu companheiro de chapa. No entanto, poderá ter a difícil missão de ser o cabeça de chapa, em substituição ao tucano.

Ocorre que Eudes não é, nem de longe, um nome bem quisto junto a classe política da cidade e, principalmente, perante a população.

O vice-prefeito é taxado como oportunista e que está exercendo o cargo apenas para boicotar àqueles que não rezam na cartilha luisfernandista.

Na última quinta-feira, o vereador Teté Vieira (PV), aliado do tucano, publicizou, durante sessão da Câmara Municipal, o sentimento da classe política por Sampaio.

“Nestes quase quatro anos ele [Eudes] nunca me ligou. Está ligando agora para mim e para outros vereadores porque quer se viabilizar como vice. Isso é oportunismo”, disparou Vieira.

Luis Fernando tenta passar imagem de homem exemplar, mas tudo não passa de rótulo, só casca!

Neste último feriado, lendo a blogosfera local, deparo-me com um texto, provavelmente produzido na bela área de lazer de uma mansão localizada em Panaquatira, no qual o ex-prefeito Luis Fernando Silva (PSDB) tenta passar a falsa impressão de que estaria sendo vítima de perseguição por estar respondendo a um processo criminal e duas ações civis públicas por ato de improbidade administrativa, quando este governou São José de Ribamar.

LF, que também foi citado recentemente em delação premiada da Operação Lava Jato, acusado de ter intermediado o pagamento de mais de R$ 1 milhão em propina ao senador Edison Lobão (reveja), atira para todos lados, inclusive contra a Justiça e o Ministério Público do Maranhão.

O objetivo, claro, é tentar escamotear os fatos e continuar posando de bom moço, de arauto da moralidade. Tudo visando as eleições deste ano, quando pretende disputar novamente o comando da prefeitura ribamarense.

Luis Fernando é acusado pelo MP, através de um processo criminal e uma ação civil pública, de ter desviado mais de R$ 5 milhões, recursos estes que, de acordo com a promotora Elisabeth Mendonça, deveriam ter sido aplicados em obras de asfaltamento de vias da cidade. À época, a promotora solicitou a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito.

Em outra ação, cujo teor foi divulgado recentemente, Picolé de Chuchu é acusado pelo Ministério Público de ter contratado funcionários fantasmas.

A denúncia, pasmem, foi feita à promotora pelo tresloucado vereador Teté Vieira (PV), aliado de Luis Fernando e que frequenta a sua mansão com assiduidade. Dos 31 nomes citados supostamente como fantasmas, mais de 90% foram nomeados quando Picolé exercia o cargo de prefeito.

Ora, será que a promotora Elisabeth e a Justiça maranhense, com base em provas concretas, estariam inventando tudo isso só para prejudicar LF?

Tenho absoluta certeza que não! Luis Fernando sabe, tem ciência da sua situação delicada, o que pode lhe render, em breve, o título de Ficha Suja e a condição de inelegível.

Por conta disso, tenta confundir a opinião pública, passar falsas impressões, nem que para isso seja preciso ofender e caluniar a Justiça e o MP.

E olha que nem relembrei as diversas ordens de serviços, quando Picolé era pré-candidato da Oligarquia Sarney ao governo do Estado e secretário de Infraestrutura, através das quais ele autorizou centenas de obras fantasmas. Um verdadeiro estelionato eleitoral dado nos maranhenses.

Dua

Beto das Vilas entrega título a Duarte Júnior, ladeado pelo translouco vereador Teté Viera – que machucou a mão esquerda praticando alguma traquinagem…

O bafafá é grande na Câmara de Vereadores de São José de Ribamar, tudo por conta da entrega do título de cidadão ribamarense ao presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (PROCON-MA) e diretor geral do VIVA, Duarte Júnior.

Segundo o vereador Valdeir e Arturzinho, a honraria foi aprovada no ano passado – por iniciativa de ninguém menos que o destrambelhado Teté Vieira – na ocasião, a presença era mínima em plenário. Os parlamentares contestaram a entrega do prêmio.

E se não bastasse a controvérsia relativa ao merecimento, a resposta de Duarte aos vereadores que o criticaram por entender que o advogado não possui trabalho pela Cidade, serviu para polemizar ainda mais a entrega do Título. 

Durante a solenidade que ocorreu na tarde da última quinta-feira (19), o homenageado disse que já fez por São José de Ribamar mais do que certas pessoas [leia-se os próprios vereadores] que possuem mandatos a dez ou doze anos.

A afirmação do diretor do Procon soou como uma bomba aos ouvidos dos parlamentares, que receberam as palavras do “cidadão ribamarense” como ofensa àquele parlamento. De forma que, agora, tem vereador ameaçando até propor uma moção de repúdio contra o homenageado.

Em tempo, Duarte Júnior é advogado, especialista em Direito do Consumidor, mestrando em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). É também Professor e coordenador da Pós-Graduação em Direito do Consumidor da Universidade CEUMA, leciona as disciplinas de Direito Civil, Direito do Consumidor, Direitos Humanos, Constitucional e Ética Profissional. E autor de obras jurídicas, conferencista e pós-graduado em Direito Processual Civil e Direito do Consumidor pela Universidade.

Anúncio foi feito durante reunião de trabalho com vereadores. Em 2012, prefeito reduziu em 30% o seu salário, do vice-prefeito e dos secretários municipais.

gil 2Em reunião de trabalho com vereadores do município, o prefeito Gil Cutrim (PDT) anunciou a implantação de novas medidas de contenção de gastos na Prefeitura de São José de Ribamar.

A ação foi motivada devido as constantes quedas de recursos do Fundo de Participação dos Municípios e visa manter estável o cronograma administrativo e financeiro da cidade, o que permitirá que a Prefeitura continue honrando seus compromissos, como pagamento em dia dos funcionários e quitação da 2ª parcela do 13º salário, que ocorrerá em dezembro, por exemplo.

Somente nos últimos quatro anos, segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), São José de Ribamar deixou de arrecadar mais de R$ 80 milhões de recursos do FPM. Para este mês e dezembro, de acordo com previsão da Secretaria do Tesouro Nacional, a tendência é que o déficit seja de cerca de R$ 5 milhões.

As medidas são as seguintes: redução em 25% da frota de veículos alugados; Secretarias Municipais serão fundidas (Meio Ambiente com Agricultura e Educação com Juventude, Esporte e Lazer); modificação no horário de atendimento ao público nos órgãos e Secretarias Municipais – a partir do próximo dia 16, o horário de atendimento será das 8h às 14h, com exceção da Secretaria Municipal da Fazenda – promoção de campanhas para redução do uso de material de consumo; bloqueio, em horários específicos, de linhas telefônicas; e extinção de alguns cargos de confiança do primeiro escalão.  Com as medidas, a expectativa é de que o município economize cerca de R$ 200 mil por mês.

“Mais uma vez, temos que nos adequar a essa situação de crise financeira que já vem desde 2011 e, este ano, se agravou”, afirmou Cutrim, que é presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e que, em 2012, reduziu em 30% o seu salário, do vice-prefeito, secretários municipais e adjuntos.

Gil Cutrim agradeceu o apoio dos vereadores ribamarenses. Dos 17, 15 participaram da reunião de trabalho (não estavam presentes apenas Teté Vieira e Antônio Augusto – este último por motivo de doença).  “Os vereadores têm sido grandes parceiros da administração e, principalmente, defensores dos interesses do povo. Recentemente, obtivemos mais uma grande vitória, que foi a redução dos valores da taxa de água na cidade e eles tiveram papel fundamental nessa conquista”, disse.

Beto das Vilas (PMDB), presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, destacou como importantes e prudentes as medidas adotadas pelo prefeito. “O prefeito Gil vem realizando um governo pautado na austeridade. Ao adotar novas medidas de contenção de gastos, ele mostra compromisso com a coisa pública”, avaliou o vereador.

Nova líder do Governo – Ainda durante a reunião, a vereadora Marlene Monroe (PTB) foi escolhida como a nova líder do Governo Municipal na Câmara ribamarense.

“O prefeito Gil Cutrim, mesmo diante das dificuldades financeiras, tem realizado uma administração comprometida. Em Ribamar, ao contrário de outros municípios, não se vê demissões em massa e atraso de salários, por exemplo. Além disso, dezenas de novas obras foram inauguradas e várias outras serão entregues em breve nos mais variados setores”, comentou a vereadora.

IMG_8653(01) TITANIC – Lembram daquela frase “Nem Deus pode afundar o Titanic”, pois é, pode até ter sido introduzido no imaginário popular após o acidente do lendário navio, mas é fato que a mega embarcação afundou. Portanto, seria bom que os aliados do  ex-prefeito narcisista parassem de afirmar: “Ninguém consegue impedir que Luis Fernando retorne à prefeitura”.

(02) SUMIDO – Após anunciar que disputaria a prefeitura da cidade balneária, quem sumiu do mapa foi o ex-deputado Jota Pinto(PEN). Com o apoio do inelegível Dr. Julinho, o presidente estadual do Partido Ecológico Nacional (PEN), derrotado nas eleições de 2014, parece que decidiu economizar dinheiro e mudar de ideia.

(03) SUMIDO II – Mais “sujo do que pau de galinheiro”, Pinto depois da eleição do ano passado, desapareceu de Ribamar e, sequer, atende telefonemas de algumas lideranças que o apoiaram. A ordem é “Matar o Pinto” quando ele der as caras.

(04) UNIDO – O grupo político comandado pelo prefeito Gil Cutrim continua sendo o maior e mais forte da história de São José de Ribamar. São mais de três mil lideranças comunitárias, além de 16, dos 17 vereadores, unidos. E todos já de olho nas eleições do ano que vem.

(05) PARTIDOS – Para o pleito de 2016, Gil tem o apoio de mais de dez partidos, que estarão coligados e lançando candidatos competitivos ao cargo de vereador. Acredita-se que a renovação chegue à casa dos 50%.

(06) MUDANÇA – É muito provável que, ainda este mês, Cutrim se desfile, de forma amigável, do PMDB para ingressar em um partido alinhado ao projeto do governador Flávio Dino (PC do B), de quem é aliado. A nova legenda ainda está sendo mantida sob sigilo.

(07) ALIANÇA – Ao que tudo indica, Gil deverá apoiar o projeto do agora tucano Luis Fernando Silva, ex-prefeito e ex-auxiliar da oligarquia Sarney durante décadas. A chapa majoritária deverá ser composta por LF como candidato, tendo como vice um companheiro que será indicado pelo grupo político de Cutrim e do qual o próprio Picolé de Chuchu faz parte. A vitória nas urnas é dada como certa.

(08) PROJETO – Nos bastidores da política ribamarense, é grande os comentários acerca do “verdadeiro” projeto de LF. Alguns apontam que o mesmo quer retornar a Prefeitura visando apenas pavimentar uma candidatura em 2018. No bolão de apostas, o Senado vence. Mas é bom o Picolé de Chuchu lembrar-se que nessa corrida tem gente muito mais graúda e aliada, de fato e de direito, do governador Flavio Dino.

20141210_105016(09) VALENTE – Ex-secretário na gestão desastrosa de Roseana Sarney, Rodrigo Valente vem sendo cogitado para concorrer ao cargo de vereador. Valente comanda o diretório do PMDB na cidade. Ele ainda não decidiu se encara a empreitada ou se continua tocando os negócios do sogro, o enrolado João Abreu, no Armazém Abreu.

(10) OPONENTES – Por falar em Rodrigo Valente, não o coloquem junto com o insosso Eudes Sampaio. Valente coloca na conta de Sampaio uma campanha maquiavélica e de desconstrução de sua imagem junto a Gil Cutrim e perante ao seu próprio tio, Luis Fernando. O economista e agora comerciário chama o atual vice-prefeito de “Rei das Intrigas”.

(11) INSOSSO – Quando o assunto é candidato a vice-prefeito, os vereadores ribamarenses, que também almejam a indicação, não querem nem ouvir falar do atual vice, Eudes Sampaio (PT do B). Com um perfil político insosso, Sampaio é taxado pelos edis de ausente, traíra, maquiavélico, disseminador da discórdia e que serve apenas para carregar a pasta do ex-prefeito Luis Fernando, de quem recebeu a indicação para compor com Cutrim a chapa vitoriosa em 2012.

(12) PERDIDA – A oposição no município continua perdida, esfacelada e pequena. Capitaneada pelo policial civil Arnaldo Colaço (PSB), que é assessor especial do secretário Jeferson Portela (Segurança Pública) sem dar expediente, o grupo resume-se a meia dúzia de integrantes que, vez por outra, tentam criar fatos para chamar a atenção.

(13) PERDIDA II – Colaço não tem votos nem para se eleger síndico de condomínio. Além disso, o ex-prefeito Júlio Matos, que está impedido de concorrer pelo fato de ser Ficha Suja, não suporta o mesmo e o classifica de aventureiro.

(14)MUDO – O vereador Teté Vieira (PV) emudeceu diante das denúncias divulgadas pelo blog mostrando suas farras em Barreirinhas. Não sabendo ele que ainda tem várias bombas para estourar.

(15) N.A.S – O grupo ribamarense no whatsapp Não Pode Sair(N.A.S) é, sem dúvida, o mais popular, bom de debate e futriqueiro (no bom sentido, rss) do município. O blog conta com a audiência fiel dos seus integrantes que contribuíram com os venenos das Rapidinhas.

(16) TRIGAMIA – Qual é o vereador que tem três namoradas, fora a titular/esposa, e vive posando de santo nos cultos de domingo lá pras bandas das Vilas? Só São José na causa!

(17) DETESTADO – Quem é o editor de um blog que é odiado pela imprensa ribamarense por se achar o tal? Te emenda, santa!

(18) CHATO – Quem é o desportista mala que agora quer ser comentarista de tudo e vive perturbando um certo radialista todos os dias em seu programa diário?

download(19) BABADO – Quem é o fotógrafo que se esbaldou de cana no show de Safadão, em Barreirinhas, amanheceu abraçado na piscina com um certo parlamentar baladeiro deixando a cara metade sozinha na pousada? Depois, depois!

(20) ALÔ – Quais vereadores estiveram na vaquejada de Barreirinhas e foram “carinhosamente” saudados pelo cantor Safadão durante o show?

(21) ABALANDO – Quem é o servidor da saúde que está se achando o verdadeiro rei da cocada preta só porque está assumindo temporariamente um cargo de chefia no Hospital Municipal?

(22) DESAPARECEU – Qual o ex-secretário que nunca mais foi visto depois que foi rebaixado ao cargo de administrador regional?

1 2
Imagem do Blogueiro

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

 

TV TIMBIRA

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo