Política

Rádio Mirante FM entrevistou o governador Flávio Dino (PCdoB) nesta terça-feira

Atendendo determinação judicial, a Rádio Mirante FM foi obrigada a entrevistar o governador Flávio Dino (PCdoB) nesta terça-feira (31). Durante a entrevista, Dino praticamente ‘implorou’ para ser entrevistado com regularidade pelas emissoras do grupo Mirante, de propriedade da família Sarney.

“Vocês só me veem de quatro e quatro anos. Se vocês me chamarem toda a semana eu tô aqui, garanto para vocês (e com pauta livre). Vocês só me entrevistam de eleição em eleição. Durante o governo eu não tive a honra de ser convidado uma única vez. Tenho o maior prazer em conversar com os jornalistas do Maranhão, os que gostam do governo e os que não gostam do governo”, reclamou Dino.

A Mirante já havia entrevistado a pré-candidata Roseana Sarney (PMDB), mas se recusava a convidar o governador. A entrevista só aconteceu porque a legislação eleitoral determina que os meios de comunicação tratem os candidatos de forma igualitária.

“Exerci hoje um direito assegurado pela lei e pela Justiça Eleitoral, de ser entrevistado na rádio Mirante, que é concessão pública. Apesar das interrupções abruptas nas minhas respostas, foi um bom momento para combater notícias falsas e manipulações”, comemorou o governador em uma rede social após a entrevista.

Prefeito precisa fazer a escolha do nome que apoiará o quanto antes…

A situação não é das mais confortáveis nesse momento para o grupo do ex-prefeito Zé Vieira. Depois que o político teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o grupo que ele lidera em Bacabal ainda não conseguiu acertar os ponteiros.

O prazo para que os candidatos à eleição suplementar têm para fazer convenções começa amanhã, dia 1º, e termina no próximo domingo, dia 5 de agosto. E até agora não se sabe quem, verdadeiramente, será o candidato, ou candidata de Vieira.

A incerteza quanto ao nome a ser apoiado por Zé é grande em Bacabal, vez que a propaganda eleitoral começa a partir de 16 de agosto, e o dia escolhido pelo TRE-MA, e autorizado pelo TSE, para a nova eleição de prefeito e vice é 28 de outubro.

Pelo que o Blog do Domingos Costa conseguiu apurar, os três nomes mais cotados para serem escolhidos pela cúpula do grupo do ex-prefeito enfrentam dificuldades para concorrer à eleição suplementar:

1 – Patrícia Vieira – Ex-companheira de José Vieira anda distante da cidade após inúmeros comentários especulativos em redes sociais relativos à sua vida particular. A própria Patrícia talvez tenha certa reserva quanto ao aceitar o eventual convite.

2 – Florêncio Neto – Seria um risco colocar o filho do deputado Carlinhos para disputar a suplementar em razão da sua cassação em conjunto com Zé Vieira, as condições jurídicas são totalmente desfavoráveis ao ex-vice.

3 – César Brito – O parlamentar bacabalense muito conhecido no ramo empresarial ficou com o nome inviabilizado depois de ter perdido sucessivas disputas para à Presidência da Câmara. Seria desgaste colocar um nome que vem de seguidas derrotas.

E é bom o grupo do Zé ir se apressando, porque o tempo está correndo…

  • LEIA TAMBÉM:

– Convenções para escolha dos candidatos a prefeitura de Bacabal de 1º a 5 de agosto, define TRE

Reunião muito proveitosa para Simplício…

A diretoria e sindicatos que fazem parte da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio), declaram apoio a pré-candidatura de Simplício Araújo a deputado federal.

Simplício, que esteve a frente da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia, conseguiu imprimir sua marca de gestor, abrindo as portas da secretaria a todos e conquistando respeito de vários seguimentos.

“Ele [Simplício] é uma pessoa confiável e nos podemos comprovrar isso por meio da sua história. Foi o melhor secretário que nós já tivemos no Estado do Maranhão”, destacou Djalma Chaves de Sousa, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Açailândia.

“Quando a gente presta um bom serviço a sociedade a gente quer que continue. Nunca tinha visto um secretário de Indústria e Comércio fazer um trabalho como você fez”, disse Manoel Barbosa, Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de São Luís (Sincovaga).

Ao longo da reunião a adesão a pré-candidatura de Simplício Araújo, foi em massa.

“Acredito no seu projeto e tenho uma legião de amigos que acredita, porquê você certamente será um grande deputado”, destacou Antônio de Souza, presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços dos Bairros da Divineia, Sol e Mar e Vila Luisão (Acimavil).

“Se considere eleito pela força do Sindicato dos Feirantes”, afirmou a presidente do SindiFeirantes, Ivanilde Tavares.

“Hoje tenho candidato a deputado federal que é o senhor. Meu Sindicato está a sua disposição e eu acredito no senhor”, Antônio Moteiro Malta Filho, presidente do Sindicato dos Representantes Comerciais de São Luis.

Jorge e sua esposa, a ex-vereador Arlete Pontes…

O advogado Jorge Lutifi da Ponte, empresário que comandou por décadas as Lojas Esplanada, empresa que depois virou Otoch, assume assento na manhã desta quarta-feira (1º) na Câmara Municipal de Vereadores de Raposa.

A posse de Jorge acontecerá em ato no Gabinete da presidência da Câmara. Ele é marido da ex-vereadora Arlete Pontes, que por duas vezes foi secretária de Saúde do município.

O empresário disputou vaga no parlamento raposense pelo PSDB e obteve 334 votos, mais que três dos nove parlamentares eleitos. Apesar da boa votação, o advogado acabou ficando na primeira suplência, por conta da escolha de Coligação.

Dono de diversas propriedades em Raposa, o “ex-animal” como carinhosamente era conhecido na Rua Grande – maior centro comercial de São Luís –  irá ocupar a cadeira do vereador Josevaldo Trajano, que aceitou convite da prefeita Talita Laci e irá assumir a sua chefia de Gabinete.

A primeira sessão plenária no Parlamento Municipal acontece na próxima sexta-feira (03), quando retorna os trabalhos após o recesso legislativo.

Roberto Rocha fez convite para ter Maura Jorge de vice…

Uma informação repassada ao blog do Domingos Costa na manhã desta terça-feira (31) aponta que os tucanos Senador Roberto Rocha e o deputado federal José Reinaldo Tavares marcaram um encontro com a ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSL), para esta tarde.

A dupla irá tentar convencer a pré-candidata ao governo abrir mão da disputa pelo Palácio dos Leões e aceitar a proposta de vice na chapa de Rocha. 

Embora seja pressionada, Maura certamente deverá recusar a proposta, isso, por dois motivos:

Primeiro, Maura rejeitou a mesma proposta de vice vinda da ex-governadora Roseana, então, por qual motivo aceitaria o convite do candidato do PSDB?

Segundo, o partido da ex-prefeita, o PSL – mesmo do presidenciável Jair Bolsonaro – não permitiria a aliança estadual com a legenda de Geraldo Alckmin, eles vivem se digladiando via imprensa quase que diariamente, por conta da disputa pelo Palácio do Planalto.

Ex-secretário Márcio Jerry esteve no local no mês de abril e comprovou a existência da escola taipa, que será substituída por uma DIGNA…

As obras de construção da nova escola no Povoado Canto começam na próxima segunda-feira (06). A unidade de ensino fica localizado na Ilha de Curupu, também conhecida como Ilha de Sarney, no litoral do município de Raposa.

No local que hoje funciona o anexo da escola Manoel Batista, pertencente à rede municipal pública de ensino, será construída uma unidade do programa Escola Digna, um marco da Educação na gestão do governador Flávio Dino.

O trabalho deve ser acompanhado de perto pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

A construção segue um pedido da prefeita Talita Laci, reiterado por meio de requerimento formulado pelo presidente da Câmara de Vereadores, Beka Rodrigues, do PCdoB, aprovado de forma unânime pelos vereadores raposenses.

No final do mês de abril, o ex-secretário estadual de Comunicação e Articulação Política do Maranhão, Márcio Jerry (PCdoB), esteve no local acompanhado do ex-prefeito José Laci, do vereador Beka entre outras lideranças locais. Jerry comprovou a escola erguida de taipa pelo fato do “dono” da Ilha, até então, não permitir a construção da unidade em alvenaria.

  • LEIA TAMBÉM:

– Sarney vai deixar? Vereador de Raposa pede a Flávio Dino escola Digna na Ilha de Curupu

– VÍDEO: Filipe Camarão confirma construção de escola digna na Ilha de Sarney

– Márcio Jerry invade Ilha de Sarney; assista o vídeo

Desesperados com os resultados das pesquisas que apontam vitória de Flávio Dino em primeiro turno, o império midiático da família Sarney começa a adotar uma estratégia sórdida para confundir o eleitor maranhense: por dúvidas na candidatura do governador.

Para isso, usam uma suposta inegebilidade do vice-governador Carlos Brandão. E o pior, admitem que a estratégia serve tão somente para colocar dúvidas nos eleitores, sobretudo os do interior do estado.

Asseclas da oligarquia Sarney chegaram ao disparate de admitir isso publicamente em suas ferramentas de disseminação de fake news. Ainda imputaram Flávio Dino de ter usado em 2010, contra Jackson Lago, a mesma estratégia cretina que usam agora para confundir a cabeça do maranhense.

Sem chances de vencer no voto, os sarneyzistas a partir de agora vão apelar para todos os tipos de táticas rasteiras. Porque esse é o verdadeiro modus operandi da oligarquia. Como eles mesmos admitem.

No comando da Presidência da República desde 2016, com a ascensão de Michel Temer ao Planalto, o MDB deve perder força nos estados nas eleições deste ano e pode eleger o menor número de governadores de sua história.

Ao todo, o partido terá 11 candidatos a governador — número mais baixo desde 1982. Mas apenas dois deles entram na disputa como favoritos, amparados por grandes alianças: Renan Filho (AL) e Helder Barbalho (PA).

Nos demais estados, os emedebistas enfrentam problemas que passam por gestões mal avaliadas, desgaste por suspeitas de corrupção, brigas internas e isolamento em relação aos demais partidos.

Nomes experimentados como Roseana Sarney (MA) e José Maranhão (PB) também têm dificuldades em compor alianças fortes.

A filha do ex-presidente José Sarney disputa o governo do Maranhão pela quinta vez com apoio de PV, PSD, PSC, mais partidos nanicos. Já seu principal oponente, o governador Flávio Dino (PCdoB) firmou aliança com 16 partidos, numa composição que vai do PT ao DEM.

A oligarquia Sarney vem colhendo inúmeras derrotas, desde da perda de vários partidos, prefeitos e fortes lideranças. E como estratégia de sobrevivência na politica no estado, a então candidata Roseana, retirou o sobrenome “Sarney” para tentar amenizar a altíssima rejeição na corrida eleitoral.

Mini Convenção – A convenção que homologou a candidatura de Roseana e sua chapa puro-sangue com Edison Lobão e Sarney Filho foi um retumbante fracasso. Marcada para começar às 8h, cerca de duas horas depois o pequeno Espaço Renascença ainda estava vazio.

A coordenação do evento então se mobilizou de última hora para tentar encher o local, que tem capacidade para 2500 pessoas, mas, com uma estrutura de palco enorme, não conseguiram colocar mais que 2 mil. Todos que acompanharam o ato se sentiram retrocedendo 20 anos no tempo, tamanho o atraso que o clã Sarney representa para o Maranhão.

Leia a íntegra da matéria na FOLHA

O deputado Rigo Teles (PV), acompanhado da esposa Abigail Cunha recebeu, em sua residência, em São Luís, a visita de mais cinco prefeitos, acompanhado de vereadores e expressivas lideranças políticas que apoiam seu projeto de reeleição ao sexto mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Participaram do encontro os prefeitos Rony Sousa (Mirador); Dra. Jully Menezes (Arame), acompanhada do Dr. João; Adailton Cavalcante (Fernando Falcão); Lindomar Araújo (Marajá do Sena); Joãozinho do Dimaizão (Itaipava do Grajaú); o ex-prefeito de Fortaleza dos Nogueiras, Nogueira e o líder político Dr. Ricardo.

Também participaram do encontro Abigail Cunha, acompanhada de vereadores e expressivas lideranças do seu grupo político de Jenipapo dos Vieiras; o ex-deputado Kinkas Araújo (Paulo Ramos); vereadores de Barra do Corda e líderes, que sempre votaram no deputado, porque acreditam no seu trabalho pela população. Ambos declararam apoio ao projeto de reeleição de Rigo Teles.

Edna, assessoria jurídica da prefeitura, é apontada como principal beneficiária de diversos contratos com o Município, segundo o Ministério Público, ela atua de forma velada.

Edna Maria Andrade está por trás de irregularidades em contrato de iluminação pública; Ação Civil Pública é baseada em abaixo-assinado de moradores de dois povoados.

A iluminação pública precária de dois povoados de Cândido Mendes motivou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a requerer, em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, a indisponibilidade dos bens e quebra de sigilos bancário e fiscal dos envolvidos nas irregularidades até o limite de R$ 148.320,00. O valor refere-se ao contrato firmado pelo Município com a empresa ICB Services.

Além do Município e da empresa, a lista de requeridos inclui o prefeito José Ribamar Leite de Araújo (mais conhecido como Mazinho Leite); a assessora jurídica da prefeitura, Edna Maria Andrade, e o advogado Igor Lima Castelo Branco, responsável pela empresa.

A ação, ajuizada em 18 de junho, foi formulada pelo promotor de justiça Marcio Antonio Alves de Oliveira, a partir de um abaixo-assinado encaminhado pelos moradores dos povoados de Barão de Tromaí e São José dos Portugueses ao MPMA, em 23 de agosto de 2017.

O MPMA constatou a precariedade da iluminação nos dois locais e verificou, ainda, irregularidades no procedimento licitatório realizado, em 2017, para contratação deste serviço.

Também foi observado que a advogada Edna Maria Andrade possui forte influência na administração municipal. Assessora jurídica da Prefeitura, ela é apontada como principal beneficiária de diversos contratos com o Município, sendo considerada “prefeita de fato”. O Ministério Público também constatou que ela atua de forma velada, por meio de empresas de fachada e em nome de “laranjas”.

Ré em outra Ação Civil Pública do MPMA, a assessora jurídica já foi acionada por nepotismo por manter cinco parentes em um cargo inexistente na estrutura do Município.

A sede da ICB Services é localizada em São Luís e não em Cândido Mendes. O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) verificou que a sede informada é somente uma área de matagal.

Segundo um funcionário da empresa, a manutenção da rede de iluminação é de responsabilidade do prefeito e da advogada Edna Maria Andrade. O funcionário encaminha a lista de materiais necessários à advogada e os materiais são entregues a ele.

Em abril deste ano, em reunião com o MPMA, representantes da Prefeitura informaram que a precariedade dos serviços de iluminação nos dois povoados eram decorrentes do fato de o funcionário da Prefeitura diretamente responsável pelos serviços estar acidentado.

Além da indisponibilidade dos bens, o MPMA requer a condenação dos réus ao ressarcimento integral do valor de R$ 148.320,00; à perda da função pública e à suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos.

Outras penalidades requeridas são o pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, mesmo que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

O Ministério Público também solicita a condenação dos réus ao pagamento conjunto de danos morais de R$ 200 mil, a serem transferidos ao Fundo Estadual de Defesa dos Direitos Difusos.

1 2 3 17

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade