Política

Durante a manhã do último domingo (28) o Deputado Fábio Braga (SD), ao lado de sua esposa Ana Elizabeth Fecury e do vereador Marcílio Gonçalves, esteve no município de Coroatá, onde participou de uma grande cavalgada organizada pela Prefeitura Municipal.

A Cavalgada Encontro dos Vaqueiros de Coroatá reuniu centenas de cavaleiros e de amazonas que percorreram diversas ruas da cidade. O percurso iniciou no bairro Cajueiro e teve fim no bairro Palmeira Torta com um grandioso banquete.

O deputado ouviu dos organizados do evento que a vaquejada depois de legalizada e com as normas específicas de proteção aos animais, tende a crescer em Coroatá. Eles pediram também para que o parlamentar lute pela inclusão do município em um circuito junto com Vargem Grande, Nina Rodrigues e Peritoró.

A presença constante do deputado Fábio Braga em suas bases tem sido destaque em todo estado. Além da presença, Fábio também tem incentivado as atividades culturais e esportivas por onde passa como forma de valorizar a cultura maranhense.

Secretário de Comunicação, Domingos Costa, recebeu equipe da TV Mirante para falar sobre o assunto na manhã desta quarta-feira (31)…

Nos últimos dias diversos blogs sensacionalistas repercutiram posts sobre o pregão presencial nº 27 de 2017, que trata acerca da contratação de empresa especializada em fornecimento de urnas mortuárias e serviços translado funerais para atender a população em situação de vulnerabilidade do município de Raposa.

O valor dos serviços a valer pelo período de um ano: janeiro a dezembro de 2018, é de R$ 170.300,00 (cento e setenta mil e trezentos reais), sob os cuidados da empresa L.G Ribeiro – ME, nome fantasia, Pax São Luís Raposa.

Tão logo o extrato de contrato foi publicado no diário oficial do município começaram as especulações das mais bizarras possíveis.

Tudo mentira!

Primeiro, a prefeitura não comprou caixão, na verdade, seguiu todos os trâmites legais de concorrência pública. Duas empresas participaram da licitação, houve, inclusive, recurso da segunda colocada até que foi concluído o processo.

Equipe da TV Mirante entrevista o dono da empresa que venceu a licitação sem nenhuma irregularidade.

Segundo, a gestão municipal não está comprando caixões apenas. O contrato trata de custos funerários, inclui, ainda, translado de cadáveres, que aliás, dependendo do local de saída e chegada o custo é alto. Ainda mais quando se trata de um estado/região para outro (a). Portanto, são duas despesas em uma única licitação.

Terceiro, o contrato mostra quatro tipos de urna funerária (caixão), o mais caro constante no contrato, custa R$ 650 reais, bem abaixo do preço de mercado.

Quarto, os custos para o município são de acordo com a necessidade, isto é, só paga o que usar, nesse caso se houver demanda. Não necessariamente, a prefeitura precisa usar 100% do contrato.

Imagens meramente ilustrativas…

José Maria da Silva de Oliveira foi assassinado na tarde de ontem, terça-feira (30), após ser alvejado por  três tiros de revólver calibre 38, no povoado Bonito, zona rural do município de Vargem Grande.

De acordo com informações da Polícia Militar, dois homens discutiram por causa de dois bodes e, minutos após, a vítima  armou-se com um facão e foi até a residência do senhor Antônio José Rodrigues Filho, conhecido por Lobão, na intenção de matá-lo.

Acontece, que ao chegar no local, José Maria foi recebido a tiros. Um disparo atingiu de raspão na cabeça e dois atingiram o tórax, a vítima foi a óbito ainda no local.

O autor do assassinato em seguida tomou rumo desconhecido. A polícia segue investigando e realizando diligências no sentido de prender o assassino.

Prefeito de Santa do Maranhão foi denunciado pelo presidente da Câmara de vereadores.

O prazo para a conclusão das investigações, segundo a Portaria n.º 07/2018, é de 90 dias.

O prefeito de Santana do Maranhão, Francisco Pereira Tavares, o Fransquin, virou alvo de Procedimento Investigatório Criminal (PIC) na Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), por omitir-se de realizar audiência pública referente ao cumprimento das metas do primeiro quadrimestre de 2017, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A denúncia contra Fransquin foi formulada pelo chefe do Legislativo municipal de Santana do Maranhão, vereador Jaqueilson de Oliveira, o Branco do Riachão (PRP). O procedimento foi instaurado na última sexta-feira 26, aos cuidados da promotora de Justiça Adélia Maria Sousa Rodrigues Morais, integrante da Assessoria Especial de investigação dos ilícitos praticados por agentes políticos detentores de foro por prerrogativa de função, vinculada à PGJ.

Presidente estadual do PRB não aparece na foto, mas justificou ausência…

Apesar de não estar na foto, o deputado federal Cleber Verde, do PRB, é parte integral do grupo que reuniu na noite desta terça-feira (30) lideres de partidos aliados do governo Flávio Dino (PCdoB) para discutir a conjuntura política e assegurar apoio à reeleição do atual governador.

Da direita para a esquerda: Augusto Lobato (PT), Pedro Fernandes (PTB), Simplício Araújo (SD), Othelino Neto (PCdoB), Eliziane Gama (PPS), Bira do Pindaré (PSB), André Fufuca (PP), Juscelino Filho (DEM), Josemar de Maranhãozinho (PR), Márcio Jerry (PCdoB), Edivaldo Holanda (PTC), Erlânio Xavir (PDT), Rafael Leitora (PSB) e Gastão Vieira (PROS).

Na imagem, ainda aparecem o diretor de Relações Institucionais da Assembleia, Rubens Pereira e o diretor de comunicação da Casa, Edwin Jinkings.

Prefeito Alberto Magno fez a entrega das premiações…

Com a presença de um grande público, foi realizada na tarde de domingo (28), a final do campeonato de futebol de campo promovido pela Liga Esportiva de Turilândia, com o apoio da prefeitura local.

O campeonato teve início no dia 18 de novembro, com a participação de 16 times da sede e zona rural, as partidas foram disputadas no estádio Ferrazão, com a presença de um número considerável de torcedores.

A final entre os times Olho D’água e Independente teve muita emoção e somente os pênaltis decidiram a partida, revelando o Independente Campeão.

A entrega dos troféus e premiação foi realizada pelo prefeito Alberto Magno e demais autoridades municipais.

Ao terceiro lugar, do time do Acampamento foi entregue R$ 500,00 e mais o troféu de participação; já o segundo lugar ficou para o time Olho D’água, que recebeu o valor de R$ 1.000,00; E ao grande campeão, time do Independente, foi entregue o cheque de R$ 1.500 reais e mais troféu.

A capital maranhense está entre as cinco cidades brasileiras com maior geração de empregos formais no país em 2017, segundo dados do Ministério do Trabalho (MTE) obtidos por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (30) pela revista Exame.]

No ranking, São Luís também aparece como líder isolada do Nordeste, com a próxima cidade da região (Teresina – PI) figurando apenas na 20ª posição. No levantamento foram avaliados 5.660 municípios do Brasil.

No total, no ano passado o saldo de empregos com carteira assinada em São Luís foi positivo, criando 2.636 vagas no mercado de trabalho. A cidade ficou atrás somente de Joinville (SC), Aparecida de Goiânia (GO), Bebedeouro (SP) e Goiânia (GO), única capital brasileira com saldo melhor que São Luís.

Pelo seu perfil no Instagram, a ex-esposa do vereador relâmpago por São Luís, Paulo Roberto Pinto (PRTB), fez um desabafo ao ex-parlamentar e pediu que  ele devolva seu filho. E em contato com o Blog do Domingos Costa, ela afirmou que “P…” vem sendo mantido em “cárcere privado”.

Bianca Lima Oliveira, moradora de Teresina-PI, explicou que no dia do aniversário do seu filho está impedido de manter qualquer tipo de contato com ele.

“Filho, PARABÉNS, Deus te abençoe e te proteja das maldades do mundo (te projeta do seu pai [Carioca] que brutalmente usa você”, desabafa Bianca.

Ao blog, a jovem explicou que seu filho foi de férias e o ex-vereador não o devolveu mais, e não a deixa vê-lo nem ter qualquer contato. “O Paulo Roberto o mantém em cárcere privado”. Disse.

E completou: “Não o vejo há 50 dias, aguardando decisão da Justiça e não posso vê-lo, nem manter qualquer contato, nem por telefone. E quando tento por WhatsApp ele só me esculhamba e diz que não olho mais ele, que ele não é mais meu filho!”, externou a mãe.

  • LEIA TAMBÉM:

– Comportamento agressivo de Carioca é resultante da separação e de problemas financeiros

Darenilson trabalha como flanelinha no Porto da Raposa; ele autuado pelo pelo crime de Estupro de Vulnerável.

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Especial da Raposa, no comando do Delegado Marconi Caldas, prendeu ontem (29) Darenilson Alves Freitas, 33 anos, que estava vivendo maritalmente com uma  menor de 12 anos.

Depois de receber uma denúncia de que um homem estaria convivendo e mantendo relações físicas com uma criança de 12 anos, o Delegado Marconi Caldas determinou a sua equipe que fizessem diligências no sentido de apurar os fatos narrados e, se comprovado o caso, que o suposto autor fosse encaminhado até a Delegacia.

Pelas regras, manter relações sexuais com menor de até 14 anos, é crime de vulnerável, ainda que seja consentido.

A menor foi entregue para a família e o estuprador levado para a Delegacia da Raposa, e em seguida, encaminhado para o centro de triagem do complexo penitenciário de Pedrinhas.

Darenilson Alves Freitas tem passagens por delegacias da Raposa, São José de Ribamar e São Luís. Ele foi encontrado pelos policiais no Porto da Pesqueira, na companhia da criança, com quem afirmou morar juntos.

Campanha da CES para comercialização de cartão de estudante…

A Central Estudantil de São Luís (CES) entidade que se auto intitula representativa dos estudantes secundarista e universitários da capital maranhense, esconde a sete chaves seu palancente financeiro dos últimos anos.

Somente em 2017, de acordo com levantamento de uma fonte do Blog do Domingos Costa bem posicionada na Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), a CES movimentou cerca de R$ 2 milhões relativos a emissão de cartões estudantil que garante o direito a meia-entrada em estabelecimentos comerciais e a meia-passagem no transporte coletivo.

Presidida pela desconhecida Denise Duarte – que segue a risca as orientações de seus “superiores” – a entidade há tempo perdeu a identidade com a classe estudantil e se especializou unicamente em comercializar cartões de estudantes.

O cartão conveniado com a prefeitura de São Luís, por meio da SMTT, custa aos bolsos dos estudantes secundárias R$ 16 reais; ja o universitário paga quase o dobro, R$ 25 reais.

E detalhe, os estudantes têm, obrigatoriamente, que renovar o documento uma vez ao ano para continuar usufruindo dos benéficos garantidos por Lei. Isto é, a “bolada” em dinheiro vivo é renovada a cada 12 meses no cofre da entidade.

O Ministério Público, por meio da Promotoria de Justiça Especializada em Fundações e Entidades de Interesse Social (PJEFEIS) precisa atentar-se para o que mais parece um derrame desenfreado de dinheiro público.

Primeiro, porque não se sabe onde o lucro desse recurso (salvo o custo de confeção) está sendo investido. Segundo, é que não apenas a classe estudantil, como também a sociedade ludovicense, tem curiosidade no detalhamento da prestação de contas da balada CES.

1 2 3 15

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade