10
jul
2014

2014 marca os 15 anos da CPI do Crime Organizado

A antiga sede da Assembleia Legislativa  na Rua do Egito, foi o centro das atenções do Estado durante as sessões da CPI

A antiga sede da Assembleia Legislativa na Rua do Egito, foi o centro das atenções do Estado durante as sessões da CPI

Maranhão da Gente – Há quinze anos, em 1999, a CPI do Crime Organizado instalada na Assembleia Legislativa construía um marco na história política do Estado. Realizada com amplo acompanhamento da população – com destaque para a cobertura feita pelas emissoras de rádio, em especial a Educadora –, a CPI teve a presidência do deputado estadual Rubens Pereira e a relatoria de Jomar Fernandes, que posteriormente se elegeu prefeito de Imperatriz.

Naquele ano a Assembleia Legislativa era presidida por Manoel Ribeiro e funcionava no centro de São Luís, na rua do Egito. Os trabalhos da CPI destinados a apurar o envolvimento de parlamentares e outras autoridades com o crime organizado resultaram na cassação dos deputados José Gerardo de Abreu e Francisco Caíca, sob a acusação de quebra de decoro parlamentar.

O secretário de segurança era Raimundo Cutrim, hoje deputado estadual pelo PCdoB. O estopim que provocou as investigações resultantes na criação da CPI foi o assassinato do delegado de policia Stênio Mendonça, ocorrido em plena luz do dia na Avenida Litorânea.

Os homens apontados como os pistoleiros que  mataram o delegado foram presos, mas também acabaram sendo executados no episódio conhecido como  a chacina do “Barro Vermelho”, que provocou  uma investigação envolvendo diversas instâncias, inclusive a Assembleia Legislativa.

Investigação federal

Devido à amplitude das apurações que envolviam autoridades e pessoas influentes na política maranhense, foram solicitadas decisões no âmbito da Justiça Federal. Na ocasião, o então juiz federal Flávio Dino atendeu ao pedido de participação da Polícia Federal nas investigações em torno do caso e autorizou os agentes a colaborar nas apurações que serviram como subsídios para a CPI do Crime Organizado.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade