26
fev
2019

Advogada amante de prefeito é presa acusada de mandar matar o marido

Para a polícia, a amante do prefeito de Cândido Mendes, Mazinho Leite, advogada Edna Maria – então Procuradora do Município –  foi a autora intelectual da morte do secretário de Saúde Rolmerson Robson, seu próprio marido.

Advogada Edna Maria…

Foi presa hoje, terça-feira (26), a assessora jurídica da prefeitura de Cândido Mendes, Edna Maria Andrade, acusada de ser a mandante da morte do marido e ex-secretário de Saúde da mesma cidade, Romerson Robson. Investigação da polícia concluiu que a advogada tinha um caso extra-conjugal com o prefeito Mazinho Leite.

A prisão foi decretada pelo desembargador José Luis Almeida e será em caráter temporário. O marido dela, descobriu o romance da infiel com o prefeito e ameaçou espalhar as falcatruas da gestão municipal. No dia 21 de fevereiro de 2014, Romerson Robson ainda chegou a ir num povoado com o prefeito, a esposa e um assessor de nome Ney Moreira.

Na volta, o então secretário de Saúde voltou com o assessor dirigindo o carro do prefeito Mazinho Leite. Robson sofreu uma emboscada, sendo morto por vários tiros. O prefeito disse que ele era o alvo para embaraçar as investigações. Porém, a polícia concluiu que os tiros saíram de dentro do carro e que o matador foi Ney Moreira, preso pela Polícia Civil do Maranhão no último dia 16 de janeiro.

No mês passado, o delegado Guilherme Souza Filho, que está à frente do caso, encaminhou à justiça o pedido de prisão contra Edna Maria por concluir diante das investigações que foi ela a líder intelectual do crime.

As investigações sobre o crime foram deflagradas pelo Núcleo de Investigação do Ministério Público do Maranhão, com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Polícia Civil.

– LEIA TAMBÉM:

Caso Rolmerson: Prisão do prefeito Mazinho Leite é só questão de tempo

Prefeito de Cândido Mendes mandou matar secretário de Saúde após descoberta de caso extraconjugal

Cândido Mendes: Advogada se beneficia de empresas de fachada e em nome de “laranjas” 

– PGJ investiga se prefeito mandou matar o próprio secretário de saúde no interior do MA

-Prefeito de Cândido Mendes cria cargo de “assessor comunitário” e é acionado pelo MP

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo