VEJA diz que Willer Tomaz preso pela Lava Jato em maio de 2017, possui lista de relacionamentos que inclui juízes, desembargadores e até ministros de tribunais superiores. “Hoje tenho mais de 240 parlamentares como clientes”, diz ele.

Senador maranhense revelou ser padrinho do filho do advogado Willer Tomaz...

Senador maranhense revelou ser padrinho do filho do advogado Willer Tomaz…

Reportagem especial da Revista Veja publicada neste domingo (09), revela que o advogado brasiliense Willer Tomaz de Souza é um dos principais “operadores” de Brasília na atualidade.

Numa matéria especial assinada por três jornalistas e intitulada “O ‘palácio’ de Planaltina onde são tomadas grandes decisões da República”a Veja diz que neste cenário bucólico, a 75km do Palácio do Planalto, em meio a festas animadas e gente importante, questões sensíveis entram em pauta.

No Maranhão, o político mais próximo de Willer Tomaz é o pedetista Weverton Rocha, de quem é compadre. Para se ter uma ideia do grau de aproximação do senador e o advogado, em novembro de 2017, Rocha revelou que é padrinho do caçula de Tomaz.

Além do meio jurídico/político, Willer lançou-se também no mundo dos negócios e como empresário de mídia, ele arrendou diversas rádios que pertencem ao ex-vice-governador do DF Paulo Octávio e outros estados. E além da investida em Brasília, Willer ainda expandiu sua atuação no ramo das comunicações no Maranhão ao arrendar da família do ex-senador Edson Lobão o Sistema Difusora no Maranhão, que reúne TV e rádio na capital São Luís, além de emissoras pelo interior.

E é exatamente a Difusora que o senador Weverton usa politicamente para seus interesses politiqueiros e pessoais.

ACOMPANHE ABAIXO A ÍNTEGRA DA REPORTAGEM DA REVISTA VEJA SOBRE O ADVOGADO WILLER TOMAZ DE SOUZA:

– Por Hugo Marques, Laryssa Borges e Letícia Casado.

A mansão: luxo, lazer, festas e encontros que reúnem figurões do poder

A mansão: luxo, lazer, festas e encontros que reúnem figurões do poder.

O “Rancho do Tomaz” fica a 75 quilômetros do Palácio do Planalto. Quem chega pela entrada principal não tem noção de quanto o local é aprazível. Um portão de ferro e um muro de quase 3 metros de altura coberto de vegetação impedem olhares mais curiosos. Ao cruzá-lo, é como se surgisse um oásis no meio do cerrado. A terra batida do entorno dá lugar a gramados bem conservados, campo de futebol, piscina, quadra de tênis, gazebos, deque gourmet e um imponente píer.

Uma garagem náutica guarda barcos, lancha e um jet ski. O luxo contrasta com o aspecto rústico do lugarejo que fica às margens de uma lagoa de águas mansas e transparentes. Mas não é somente isso que chama a atenção.

De uns tempos para cá, o rancho passou a receber a visita de figurões, que, não raro, chegam de helicóptero para participar de animadas festas regadas a bebidas caras e boa comida, comemorações que contam com a presença de celebridades e reuniões petit comité em que são discutidas — e dizem até que decididas — questões importantes e sensíveis da República.

O dono da propriedade e anfitrião dos eventos é o brasiliense Willer Tomaz de Souza. É um desconhecido do grande público, mas um advogado de muito sucesso na capital do país. O escritório dele, um dos mais luxuosos da cidade, tem uma lista de clientes de fazer inveja às bancas mais tradicionais. Ele defende o presidente da Câmara, Arthur Lira, além de dezenas de deputados, senadores e governadores de Estado.

Duas décadas atrás, Willer era dono de um pequeno comércio nos arredores de Brasília. O negócio ruiu, ele decidiu cursar direito, abriu um escritório e fez fortuna na mesma velocidade com que arregimentou amigos influentes na política e no Poder Judiciário.

Recentemente, o advogado multiplicou seu prestígio em algumas áreas, diante de uma suposta proximidade que teria com a família do presidente Jair Bolsonaro, embora essa relação, por algum motivo, não possa ser tornada pública.

Quem pergunta a respeito ouve como resposta que não existe nenhuma relação — o que não é exatamente verdadeiro. O máximo que ele admite é que conhece superficialmente o senador Flávio Bolsonaro.

Flávio: selfie na chácara do advogado acusado de corrupção

Flávio: selfie na chácara do advogado acusado de corrupção.

“Conheço o Flávio assim como conheço inúmeros senadores. Não sou advogado dele, não tenho negócio com ele, não tenho nada com ele”, garante Willer Tomaz. Indagado sobre o mesmo assunto, o senador não respondeu. Um de seus auxiliares mais próximos confirmou que ele foi apresentado ao advogado há alguns meses. Ponto. Nada além disso. Não são amigos, não trocam ligações, não se frequentam. A imagem acima, porém, mostra que existe alguma coisa não muito bem ajustada na versão contada pelos dois.

Na fotografia, o filho Zero Um do presidente da República registra o pôr do sol numa selfie tirada na beira da Lagoa Formosa, exatamente no píer da chácara do advogado que ele mal conhece. A foto foi postada numa rede social no dia 13 de fevereiro passado, um sábado. No município de Planaltina de Goiás, onde fica o Rancho do Tomaz, há quem jure já ter visto o próprio Jair Bolsonaro aparecer por lá.

“Há uns três meses, o presidente desceu aqui num pequeno helicóptero preto”, diz o funcionário de uma pousada que fica a uma distância de aproximadamente 300 metros da propriedade. É uma cena bastante improvável.

A lista de relacionamentos do advogado inclui juízes, desembargadores e até ministros de tribunais superiores. Em Brasília, essa confraria gera especulações, algumas lendas e muitos boatos. Dizem, só para citar episódios recentes, que o escritório e a chácara de Willer sediaram boa parte das articulações e conchavos que elegeram os atuais comandantes da Câmara e do Senado.

Comenta-se que passa por lá a elaboração de listas de indicações de ministros para cortes superiores e desembargadores para os tribunais federais. Só depois de referendadas pelo advogado e seus amigos mais próximos é que essas indicações chegariam ao Palácio do Planalto — uma insinuação obviamente maldosa. O passado de Willer Tomaz certamente ajuda a explicar a gênese de muitas dessas intrigas.

O advogado já foi preso e acusado de corrupção. Para ele e para muitos de seus atuais clientes, o dia 17 de maio dificilmente será esquecido. Nessa data, há quatro anos, o Brasil sofreu um tremendo abalo ao serem divulgados os detalhes do acordo de colaboração premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da empresa JBS.

Em troca de benefícios legais, eles confessaram ter pago 1 bilhão de reais em propina a deputados, senadores, governadores, prefeitos e também ao então presidente da República, Michel Temer. Nos dias que se seguiram, centenas de investigações foram instauradas, passou para a história a cena de um parlamentar correndo pela rua com uma mala contendo meio milhão de reais e um procurador da República foi preso sob a acusação de receber propina. Willer, segundo os delatores, teria sido o responsável pelo suborno ao integrante do Ministério Público.

No acordo de colaboração, assinado em 2017, os donos da JBS apresentaram 118 anexos, como são chamados os capítulos que resumem os segredos que o delator se compromete a revelar. Num deles, o de número 11, Joesley relatou que o procurador da República Ângelo Goulart Villela recebia dinheiro para vazar informações de interesse da empresa e influenciar nas decisões de um juiz federal.

Colaboração premiada: delatores dizem que ouviram de Willer a confissão sobre pagamento de propina a procurador

Colaboração premiada: delatores dizem que ouviram de Willer a confissão sobre pagamento de propina a procurador.

O suborno, repassado por Willer Tomaz, envolvia o pagamento de uma mesada de 50 000 reais e um bônus de 1,5 milhão de reais. O advogado é processado por corrupção ativa. Villela, também preso preventivamente, foi afastado do cargo e responde a processo por corrupção passiva. Um episódio dessa magnitude, por razões óbvias, é capaz de fulminar toda uma carreira.

Além da ação criminal, o procurador está respondendo a processo administrativo, teve os vencimentos suspensos desde então e pode ser demitido, para o bem do serviço público. Já a de Willer, ao que parece, não sofreu maiores danos. “Hoje tenho mais de 240 parlamentares como clientes”, diz ele, ressaltando que vai provar sua inocência e mostrar que foi envolvido numa disputa de poder que havia no Ministério Público.

O advogado aposta numa reviravolta no caso a partir do que os próprios delatores disseram recentemente. No último dia 29, Joesley Batista foi ouvido como testemunha no processo administrativo contra o procurador Ângelo Villela. A Veja teve acesso ao trecho do depoimento em que o empresário, ao ser indagado se confirmava as acusações que fizera ao procurador e ao advogado, disse que tudo fez parte de um “statement” para chamar a atenção.

“Eu criei um statement que um juiz, um procurador, 50 000, parece crível essa história, mas até então eu não fazia a menor ideia de quem era Ângelo e jamais autorizei o Willer Tomaz a falar em meu nome, de dar um centavo para o doutor Ângelo, nem 50 000, nem por cento, nem nada”, afirmou o empresário.

Uma declaração não muito simples de compreender. Com base nessa declaração, a defesa do procurador acredita que o caso será encerrado. “Criação significa que não é verdade. É o que me basta. Não me importa entender em que contexto Joesley disse que era uma criação. Interessa que é uma mentira absurda que fez com que o Ângelo ficasse preso”, disse a VEJA o advogado Gustavo Badaró, defensor de Villela. “Isso mostra que a prova que o Ministério Público tinha contra mim era saliva”, completa Willer Tomaz.

Interlocutores da JBS esclarecem que, ao contrário do que interpretaram os advogados envolvidos na denúncia, Joesley Batista não voltou atrás, e sim confirmou o que havia dito antes: ele pessoalmente não pagou propina a Ângelo Villela, o que não quer dizer que o suborno não tenha ocorrido.

O responsável pela contratação dos serviços do procurador, segundo o empresário, era o próprio Willer Tomaz, que recebeu 4 milhões de reais para usar sua experiência, sua influência e, já naquela época, sua extraordinária rede de contatos para evitar que os processos contra a empresa avançassem na Justiça. Daquela vez, não houve motivo para festas.

Roberto Costa destinou 500 cestas básicas para a prefeitura de Alcântara

Na última sexta-feira (07) O Deputado Estadual Roberto Costa esteve em Alcântara junto ao prefeito Padre William (PL) para dar continuidade ao seu projeto de ações de combate a este momento de pandemia com entrega de Cestas Básicas em diferentes municípios do estado.

Na ação de Dia das Mães realizada no Centro de Assistência Social de Alcântara, o deputado entregou pessoalmente as cestas básicas para as mães que são atendidas no centro comunitário. Roberto Costa destinou 500 cestas básicas para a prefeitura de Alcântara para que os vereadores pudessem distribuir às famílias de baixa renda do município, que tiveram suas atividades prejudicadas pela paralisação em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

“Sabemos que estas cestas não são suficientes para o Combate a esta Pandemia que tem afetado nossa população, mas são um acalento para o sofrimento das pessoas que foram afetadas de maneira mais cruel pela pandemia”. declarou o deputado.

Alcântara avança

Na oportunidade, o deputado Roberto também esteve com o Padre William (PL) e a arquiteta Julliana Costa no local onde será feito o projeto da nova praça da cidade. A praça estará localizada na área central de Alcântara e terá grande acesso social, trazendo muitos benefícios para a população.

Ex-prefeito de São Luís teria pelo menos seis partidos, e nessa conjuntura, as direções estaduais das legendas teriam que aceitar a imposição vinda das nacionais sob o argumento que o projeto é “macro” e possui interesse eleitoral direto de Bolsonaro.

Interlocutores afirmam que Holadinha aceitou ser o candidato de Bolsonaro no Maranhão para 2022...

Interlocutores afirmam que Holandinha estuda a possibilidade de ser o candidato de Bolsonaro no Maranhão para 2022.

Uma grande articulação Maranhão/Brasília está em curso para fazer do bem avaliado ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (sem partido) o candidato do presidente Jair Bolsonaro na disputa pelo Palácio dos Leões.

O Blog do Domingos Costa recebeu informações em primeira mão de uma fonte direta de Brasília que assegura existir um projeto para formar palanque “gigante” a “Holandinha” nas eleições de 2022.

Até medes atrás, Edivaldo não estava disposto entrar na disputa estadual, porém, foi colocado na mesa uma proposta “irrecusável” para ele.

Nessa proposta, o ex-prefeito da capital maranhense teria duas opções de filiação: o PSD ou então o partido no qual o presidente Bolsonaro irá se filiar nos próximos meses. Assim sendo, Holanda Júnior garantiria todas as demais agremiações partidárias ligada à direita.

A se concretizar, Edivaldo teria o PSD, PMB (mudou de nome para Brasil33), PTB, PSL, PRTB e até o Republicanos. Nessa conjuntura, as direções estaduais dos partidos teriam que aceitar a imposição vinda das nacionais sob o argumento que o projeto é “macro” e possui interesse eleitoral direto de Jair Bolsonaro.

Ainda nesse projeto embrionário, o espaço no “grupo” estaria franqueado para o PL de Josimar de Maranhãozinho integrar a chapa de Holandinha, dado a liderança do deputado federal no interior maranhense.

Outra ideia desse projeto é apoiar o nome do senador Roberto Rocha (sem partido), que nesse caso, seria o candidato a reeleição do grupo com as bênçãos de Bolsonaro.

O objetivo súpero desse desenho eleitoral é polarizar a eleição no Maranhão entre o candidato do governador Flávio Dino, no caso, Carlos Brandão (PSDB), contra o candidato do presidente Jair Bolsonaro – que seria Edivaldo Jr.

Caso seja materializado esse cenário – até agora hipotético, a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) seria praticamente esvaziada e se tornando apenas uma terceira via.

Especulações à parte, de certo mesmo, hoje, é que existe uma grande articulação em curso para garantir de seis a dez partidos a Edivaldo Holanda Júnior disputar o governo do Maranhão.

Vamos aguardar…

O trio participará do quadro ”Famosos da Internet”, no programa da Eliana, que vai ao ar no próximo dia 16 de maio, no SBT.

IMIRANTE – Os humoristas e influenciadores digitais maranhenses, Ranoan Campos, que ficou famoso pelo bordão ‘Joy no soy daqui’, Diogo Ramos e Sisizinho, participarão do quadro ‘Famosos da Internet’, no programa da Eliana, que vai ao ar no próximo dia 16 de maio, no SBT.

O trio foi notado após fazer uma paródia do clipe ‘Modo Turbo’, da cantora Luisa Sonza. Em entrevista ao Na Mira, Ranoan, Diogo e Sisizinho, relatam a experiência.

Após a paródia do vídeo ‘Modo Turbo’ bombar nas redes sociais do influenciador maranhense, Ranoan conta que foi
notado pelo programa da Eliana. “A gente viu o clipe da Luisa Sonza, com participação da Anitta e Pablo Vittar, e decidi me reunir com os meus amigos para gravar esse vídeo do modo da gente, e viralizou. Todas as páginas postaram, e o programa da Eliana chamou a gente”, conta

Ranoan Campos relatou que ficou surpreso ao receber a mensagem da produção do programa no Instagram, por meio do direct, porém, não acreditou que fosse verdade. “No começo não acreditei. Fiquei em estado de choque”, disse.

O digital influencer contou ainda que por conta da pandemia, sua ida a emissora só pode ser feita nesta semana.

O trio relatou ao Na Mira, que ficou emocionado ao ser chamado para o programa, tendo em vista que os três trabalharam muito para conseguir um espaço no quadro ‘Famosos da Internet’.

Diogo Ramos fala que, além de ser fã da Eliana, essa conquista já era um sonho de muito tempo, e diz que é uma grande responsabilidade representar o Maranhão lá fora. “É uma honra. É uma responsabilidade levar o Maranhão lá fora. A gente falou do Maranhão, falou de São Luís, falou do bairro da Alemanha. É uma conquista”, afirma.

Sisizinho disse que essa é uma experiência muito proveitosa, e tudo o que está sendo conquistado até hoje, é mérito de muito trabalho. Porém, segundo ele, a humildade é um passo fundamental. “A pessoa sendo humilde ela sempre ela sempre vai conquistar um espaço”, disse.

O trio afirmou que levou o seu jeito maranhense e espontâneo de ser, bem extrovertido, com muito humor, e espera que todos fiquem ligadinhos no próximo dia 16 de maio, no programa da Eliana.

Maranhão implantou hospitais de campanha para combater a pandemia.

Maranhão implantou hospitais de campanha para combater a pandemia.

Os esforços do Governo do Maranhão na luta contra a pandemia do coronavírus ganharam destaque nacional pela Revista Veja. Na publicação, são destacados os esforços do Maranhão no combate à Covid-19.

A reportagem analisa a taxa de letalidade em todo o país, tendo como base os números coletados em todos os estados brasileiros (índice de mortes pro Covid-19 a cada 100 mil habitantes no Brasil). É mostrado, ainda, que o Maranhão, com 105,1, apresenta uma taxa menor que outros países, como Itália (202,34), Reino Unido (191,26), Estados Unidos (176,48), Argentina (146,57), entre outros.

“Comparado à dimensão da tragédia brasileira, o bom resultado obtido até aqui com o programa de redução de danos do Maranhão não foi obra do acaso”, cita a matéria, ao destacar iniciativas lideradas pelo Governo do Maranhão, que mostraram ser efetivas em incentivar a população a seguir as normas sanitárias e, também, ao conseguir insumos e materiais necessários para a saúde de todo o Estado.

Entre os esforços do Maranhão no combate à Covid-19, está, por exemplo, a criação da Rede solidária, formada entre a Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e a classe empresarial, que se tornou crucial para reduzir os impactos da pandemia.

Com esta parceria, feita com mais de 100 empresas, foram realizadas: a compra e a arrecadação de mais de 200 ventiladores mecânicos, que foram distribuídos para toda a rede de saúde do Maranhão; a doação de equipamentos de saúde para a rede estadual, como termômetros, colchão para leitos de UTI, face shields, álcool 70%, produtos de limpeza e caixas térmicas para a armazenagem de vacinas, além da entrega de mais 800 mil m³ de oxigênio medicinal e cestas básicas; e a implantação de quatro hospitais de campanha no Maranhão, como nos municípios de Pedreiras, Bacabal, São Luís e Imperatriz (totalizando 277 leitos).

Para o secretário Simplício Araújo, da Seinc, a parceria do Governo do Estado com a classe empresarial se tornou um diferencial do Maranhão em saber dialogar e criar novas estratégias para vencer desafios sanitários e econômicos.

“Estes dados positivos relacionados ao Maranhão evidenciam o êxito e a eficiência do diálogo que temos mantido com as empresas desde o início. É um reforço de que, unidos, podemos crescer e estimular o crescimento sempre”, avaliou o secretário.

Declaração de que não irá votar em nenhum candidato do PSB foi dada durante entrevista nesta sexta-feira (07) no Programa Ponto e Vírgula, da Difusora FM.

Luciano Leitoa declarou no Programa Ponto e Vírgula, da Difusora FM, que não irá votar em nenhum candidato do PSB em 2022.

Durante entrevista na tarde desta sexta-feira (07) no Programa Ponto e Vírgula, da Difusora FM, o ex-prefeito da cidade de Timon, Luciano Leitoa, – que ainda é presidente estadual do PSB – anunciou que não irá votar em nenhum candidato do seu próprio partido nas eleições do ano vindouro.

Mostrando total infidelidade partidária, Luciano revelou que o seu candidato a deputado estadual será o pai, Chico Leitoa, filiado histórico do PDT; e para deputado federal caminhará com o atuante Juscelino Filho, presidente do DEM no Maranhão.

Em termos práticos, significa dizer que o próprio presidente estadual da sigla quer afundar o PSB.

Ora, como o líder maranhense do Partido Socialista Brasileiro não irá apoiar nenhum candidato da legenda a qual comanda?!

A direção nacional do partido já sabe dessa deslealdade de Leitoa com a sigla?

Verdade seja dita, Luciano Leitoa está preocupado apenas com seis interesses políticos e eleitoreiros e o PSB que se exploda!

Ex-prefeito de São Luís não é mais quadro do PDT…

O partido do senador Weverton Rocha está mais fraco. É que o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, anunciou oficialmente a sua saída do PDT, na manhã desta sexta-feira (7), após uma reunião.

Na publicação divulgada em suas redes sociais, Edivaldo agradeceu o apoio recebido durante os cinco anos em que esteve no partido e informou que “seguirá novos rumos”.

Nos bastidores políticos, especula-se que a saída do ex-prefeito do PDT sinaliza que ele deve buscar outro partido para tentar entrar na disputa majoritária, possivelmente, para uma candidatura ao governo.

O Blog do Domingos Costa publicou ontem (06) que o presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, quer Holandinha candidato ao Palácio dos Leões e, inclusive, colocou a legenda à disposição de Edivaldo, caso pretenda disputar o Governo do Maranhão.


LEIA TAMBÉM:

Kassab quer Edivaldo Holanda Júnior candidato ao governo do MA pelo PSD, mas o ex-prefeito da capital não quer…

O presidente da Famem destacou que a conquista dos estudantes reflete e orgulha não só o município de São Bernardo, mas todo o Maranhão

Estudantes do município de São Bernardo, 370 km de São Luís, foram campeões do Torneio Juvenil de Robótica, etapa nacional e do Torneio Internacional de Robótica. Eles receberam nesta sexta-feira (7) os troféus em solenidade na sede da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão -Famem.

Presente no evento, o presidente da Famem, Erlanio Xavier, destacou que a conquista dos estudantes reflete e orgulha não só o município de São Bernardo, mas todo o Maranhão. “É uma alegria enorme receber esses estudantes que são o futuro não só de São Bernardo, mas do Maranhão, para uma justa homenagem pelas suas conquistas, que é motivo de orgulho e de esperança para todos nós. Parabenizo a eles e o prefeito João Igor, pelo esforço e incentivo em práticas como essas, inovam a educação do nosso estado”, ressaltou.

A estudante Emilly Mariano, membro do clubinho de robótica Conecstar, agradeceu o reconhecimento e comentou sobre as experiências vivenciadas na participação da equipe nos torneios nacionais e internacional de robótica.

“Estamos muito gratos em receber esses troféus e medalhas hoje, após essas experiências incríveis, que foram os torneios de robóticas que participamos. Posso dizer que o conhecimento é algo que fascinante e quando a gente começa não quer mais parar. Cada competição foi uma experiência diferente, mas soubemos aproveitar as oportunidades e hoje estamos aqui recebendo o reconhecimento pelo nosso trabalho”, disse.

– Conquistas

A equipe Conecstar, clubinho de robótica de São Bernardo, começou a trajetória conquistando o terceiro lugar já na primeira competição que participou. A medalha de bronze foi na etapa estadual do Torneio Juvenil de Robótica (TJR), que aconteceu de 25 a 27 de outubro de 2019, no município de Codó. A equipe alcançou o feito concorrendo na categoria Registro Multimidiático, com 80 equipes de 22 municípios maranhenses.

Com a medalha de bronze conquistada na etapa estadual, a equipe se classificou para disputar a fase nacional do TJR, que foi realizado em São Paulo em novembro do mesmo ano. E foi na capital paulista que veio, o que até então, já era a maior conquista para a equipe com menos de seis meses de formação: o título de campeã nacional de Robótica na categoria Registro Multimidiático, após disputa com equipes do Paraná, São Paulo, Paraíba, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro.

Mas foi em 2020, em meio a limitações por conta da pandemia do Coronavírus, que veio as conquistas que colocou a equipe bernardense no topo da Robótica nacional e internacional. Com o título da etapa nacional do Torneio Juvenil de Robótica, a Conecstar ganhou o direito de representar o Brasil na etapa mundial, que aconteceria em Buenos Aires, na Argentina, de 28 a 30 de junho de 2020. Porém por conta da pandemia, o Torneio Internacional de Robótica (InternationalTournamentofRobots – ITR), aconteceu de forma online, no dia 28 de novembro.

Mesmo com as barreiras, a equipe participou do ITR, que reuniu equipes de Robótica de todo o mundo, e ficou com o primeiro lugar na modalidade Registro Multimidiático nível 2. O título na etapa internacional classificou a equipe direto para a final da edição 2020 da etapa nacional, que também ocorreu de forma online, em dezembro do ano passado. E os estudantes bernardenses ampliaram os feitos e sagraram-se bicampeões brasileiros de Robótica.

Equipe

Formada em agosto de 2019, com o apoio da Rede de Educação Científica e Tecnológica (Recite), iniciativa do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), a equipe Conecstar é formada por Emilly Mariano, Ronald Araújo, Juliana Sousa e Guilherme Silva, estudantes do Instituto Educacional Cônego Nestor de Carvalho Cunha, escola da rede municipal de ensino de São Bernardo.

O projeto tem a coordenação dos professores Wilberth Castro e Dayvison Lisboa, do Departamento de Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Educação, Ciências, Tecnologia e Inovação (Semecti).

O Prefeito Toca Serra, explicou que essas obras fazem parte de uma parceria entre o município de Pedro do Rosário e a Funasa

Na manhã da última quinta-feira (07) o prefeito Toca Serra (PCdoB) acompanhado de secretários, vereadores e populares inaugurou dois sistemas de abastecimento de água.

O primeiro  foi realizado na comunidade Xixandá e em seguida a comitiva dirigiu-se ao Povoado Fala Só, onde também foi feito a entrega do sistema de abastecimento de água, composto de torre elevatória e reservatórios de água em fibra com capacidade para 30 mil litros e rede de distribuição para as casas dos moradores das comunidades beneficiárias.

Toca Serra explicou que as obras fazem parte de uma parceria entre o município de Pedro do Rosário e a Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

Nos próximos meses mais 14 poços artesianos com reservatórios elevados e rede de distribuição serão entregues em benefício das comunidades rurais do município” afirmou o prefeito.

Os vereadores Lucivaldo Barros – presidente da Câmara Municipal e Neto de Piolho se pronunciaram e parabenizaram o prefeito Toca Serra por em apenas quatro meses de gestão já conseguir entregar obras tão significativas para essas comunidades que aguardavam por anos esses benefícios.

Ainda durante o ato, os líderes comunitários dos povoados que receberam os benefícios agradeceram o prefeito por levar água potável para as famílias da zona rural.

O projeto social com foco em ações solidárias é liderado pela advogada Clara Gomes, esposa do presidente da Câmara Municipal

Jovens gestantes do bairro do São Francisco receberam a primeira remessa do kit enxoval, ofertado pelo projeto ‘’Mulheres da Gente’’ nesta sexta-feira (07). Até a próxima semana, serão entregues mais kits compostos por, jogo de lençol, banheira, fraldas, camisetas e calças, toalhas, fraldas descartáveis, sabonetes infantis, pomadas para assaduras, fraldas de banho e boca, conjuntinhos de roupas, meias e luvas, entre outros itens, nas diversas comunidades da capital maranhense.

O projeto social com foco em ações solidárias é liderado pela advogada Clara Gomes, esposa do presidente da Câmara Municipal da cidade, vereador Osmar Filho (PDT).

Para a coordenadora mais entregas ainda serão realizadas.

‘’Hoje pela manhã, em nossa primeira ação “Unindo forças pelas mães gestantes” doamos mais de 50 kits de enxoval para mamães gestantes da região do São Francisco. O sorriso no olhar, a palavra de gratidão e os olhares emocionados nos fizeram ter certeza de que fazer o bem ao próximo sempre vai valer a pena’’ destacou Gomes.

Vale destacar que a equipe de trabalho do projeto está realizando um processo de triagem com as gestantes que necessitam de acompanhamento pré-natal, para direcioná-las para a rede pública, e assim serem atendidas conforme as demandas de cada uma. As mães também foram contempladas com sorteio de brindes, de guarda-roupa, banheira infantil e com diversos itens necessários para a chegada do bebê.

Para Alana Santos, 32, que está à espera do seu segundo filho Arão, o kit chega em boa hora.

‘’Estou desempregada e foi uma benção esse kit. É um projeto incrível e ter uma criança requer investimento, e uma ação como essa chega em um bom momento; agora que meu filho já tem tudo que precisa para nascer, meu desejo é só que ele nasça de forma saudável para alegrar ainda mais a nossa família’’, disse emocionada.

Ainda nesta tarde, a área Itaqui-Bacanga receberá as doações, e neste sábado (08), pela manhã, o projeto irá decolar na Vila Romário, na Associação dos Moradores, e na região do Jardim América.

O movimento Mulheres da Gente (M.G) existe há algum tempo e tem trabalhado concomitante com as ações do vereador voltadas para o público feminino. Desde 2020, o M.G vem desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais direcionadas exclusivamente para as ludovicenses.

 

1 2 3 1.408

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade