Durante participação em um programa de rádio em São Luís nesta quinta-feira (22), o secretário de Estado da Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, classificou de grande mentira veiculada pelo presidente da Republica a afirmação de que Bolsonaro não visitará a cidade de Balsas porque o governador Flávio Dino se negou destinar a Polícia Militar para fazer a plena segurança da comitiva presidencial.

“Faço questão de provar o que estou dizendo, tenho aqui em minhas mãos um comunicado do Comandante do Batalhão do Exército em Imperatriz dirigido ao Delegado Regional de Balsas comunicando o cancelamento do encontro, em que ele, agradece a colaboração dos órgãos estaduais”, diz Portela durante a entrevista.

– CONFIRA ABAIXO TRECHO DA ENTREVISTA DO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA SOBRE O ASSUNTO: 

Desde o inicio da tarde desta quinta-feira (22) um áudio asqueroso da candidata a prefeita do município de Raposa Ociléia Fernandes (PSDB) começou a circular nas redes sociais e tem provocado repulsa da população.

Uma fonte do Blog do Domingos Costa sustenta que as palavras proferidas pela filha do ex-prefeito Paraíba remente a eleição municipal passada e estão sendo publicadas agora, exatamente, para reavivar a memória dos raposenses no sentido de que não vendam seus votos nesta disputa eleitoral.

Pelo que diz a própria candidata a prefeita, nos últimos dias de campanha ela irá oferecer R$ 100 a R$ 150 reais para famílias de baixa renda. Ainda segundo a fala de Ociléia no áudio, o voto também pode ser conquistado por meio de um botijão de gás e o pagamento de uma conta de energia.

“E a gente chega nos últimos dias com R$ 100 (cem) R$ 150 (cento e cinquenta reais) pra essas famílias, nos últimos três dias, meu amigo… É uma merenda: um bojão de gás, R$ 100 (cem reais) para pagar energia… É assim que a gente tem que fazer”. Diz a candidata Ociléia no áudio.

O candidato à prefeitura de São Luís Eduardo Braide (Podemos) parece ter sentido o golpe levado por Duarte Júnior. O aliado de Bolsonaro desafiou o ex-presidente do Procon, ao vivo, durante o debate promovido pelo Grupo Mirante de Comunicação, na última terça-feira (20), a postar prova referente à investigação pela Polícia Federal por suposta apropriação indevida de recursos públicos e lavagem de dinheiro.

O desafio foi aceito pelo republicano. Logo ao receber a réplica, Duarte pediu que sua assessoria atendesse o pedido de Eduardo Braide. Mas eis que o candidato “pronto” voltou atrás ao ver a repercussão negativa e ver sendo desenterrada a polêmica que envolve a sua família. Já no dia seguinte, uma liminar provisória, concedida pela juíza Cristina de Sousa Ferraz Leite, titular da 76ª Zona Eleitoral, determinou a exclusão da postagem até que o mérito seja julgado.

O detalhe que faz toda a diferença é que em momento algum a decisão cita fake news, é apenas uma medida cautelar que evita a “desqualificação à sua imagem”. Mas a pergunta que não quer calar: era para postar ou não, senhor Eduardo Braide? Vai pedir também para apagar dos autos a investigação da PF?

Convite da inauguração foi divulgado pelos aliados do prefeito em redes sociais...

Convite da inauguração foi divulgado pelos aliados do prefeito em redes sociais…

Num primeiro olhar, parece até armação da oposição, mas não é!

Quando a gente pensa que já viu de tudo nesse período eleitoral no interior do Maranhão surge o prefeito do município de Pedro do Rosário que concorre a reeleição – Raimundo Antônio (PL) – anunciando a inauguração de uma escola com distribuição de churrasco e banda ao vivo.

Pelos anúncios que os secretários municipais, funcionários da prefeitura e demais aliados do governo local publicaram nas redes sociais, o ato aconteceria no último domingo, dia 18.

Ocorre que a oposição protocolou uma representação eleitoral com pedido de Tutela de Urgência com a finalidade de que fosse determinada a suspensão da distribuição de churrasco e a veiculação de show musical ou qualquer doação de bens, valores e benefícios por parte da Prefeitura Municipal de Pedro do Rosário durante a inauguração da Unidade Escolar Paulo Freire localizada no Povoado Nova Jerusalém I.

Sem muita delonga, o Juiz Eleitoral Titular da 106ª Zona, Lúcio Paulo Fernandes Soares, atendeu o pedido e deferiu o pedido estipulando multa de 100 mil reais caso acontecesse e determinando, ainda, que a Polícia Militar fiscalizasse a inauguração, procedendo em caso de descumprimento desta Decisão, à apreensão dos alimentos distribuídos no evento, bem como parar o evento musical.

“Isto posto, DEFIRO a pretensão de urgência almejada, DETERMINANDO aos representados a proibição de distribuição de churrasco e a veiculação de show musical na inauguração da Unidade Escolar Paulo Freire localizada no Povoado Nova Jerusalém I para o dia 18/10/2020, às 10 horas, sob pena de multa no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) por cada representado.”, Decide o juiz.

Confira a íntegra da decisão AQUI

blankEm entrevista à rádio Jovem Pan nesta quarta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro disse que cancelaria sua viagem ao município de Balsas porque Flávio Dino (PCdoB) se negou a garantir segurança plena da comitiva presidencial no Maranhão.

“O governador Flávio Dino resolveu não ceder a Polícia Militar para fazer uma segurança mais aberta, digamos assim” mentiu Bolsonaro.

Entretanto, foi descoberto que não passa de fake news a negativa do governador Flávio Dino de dar segurança militar ao presidente Jair Bolsonaro em sua visita ao Maranhão.

Desde ontem, o secretário de Segurança Jefferson Portela já havia desmentido a fake news sobre o assunto, garantindo a presença ostensiva da PM na visita do presidente.

A secretaria de Segurança divulgou a seguinte nota: “A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informa que é mentirosa qualquer versão de que foi negada segurança ao Presidente da República pela pasta da Segurança Pública, em suposta visita à cidade de Balsas”.

O próprio governador Flávio Dino foi as redes sociais para deixar claro que tudo não passa de uma armação criada pelo próprio Presidente. “Acabo de descobrir que a mentira de que eu neguei segurança a Bolsonaro em Balsas partiu dele próprio. Exijo que ele mostre o documento que prova a sua versão”, disse Dino.

Ao que tudo indica, Bolsonaro criou a fake news como justificativa para não ir á cidade do senador Roberto Rocha.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), gravou ontem (21) um vídeo de apoio à candidatura do deputado Felipe dos Pneus à Prefeitura de Santa Inês. Na mensagem, Dino destaca uma série de obras do Governo do Estado na cidade e ressalta que a proposta de implantação da Policlínica de Santa Inês foi uma ideia apresentada pelo parlamentar.

Dino reforça, ainda, que acredita ser Felipe dos Pneus “um bom caminho” para o Município e que ele tem capacidade de “fazer um grande trabalho” na Prefeitura. “Conheço a sua capacidade de trabalho, o seu entusiasmo, a sua determinação de fazer mais, de fazer melhor. Isso ele trouxe para a Assembleia e acredito, muito respeitosamente, que para as famílias de Santa Inês ele é um bom caminho. É uma pessoa que está querendo mostrar trabalho, está querendo trabalhar e tem a minha solidariedade nesta caminhada”

Segundo a mais recente pesquisa Escutec/O Estado de intenções de votos divulgada, Felipe dos Pneus deve vencer a eleição na cidade. Ele lidera com 5 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Valdevino Cabral.

blank

O parlamentar destacou que a distância que muitas crianças precisam percorrer até as escolas é um fator de evasão escolar.

O deputado federal e líder do PTB na Câmara, Pedro Lucas Fernandes (PTB), destinou 22 ônibus escolares para as cidades do estado. O parlamentar destacou que a distância que muitas crianças precisam percorrer até as escolas é um fator de evasão escolar.

Os veículos, com capacidade para 44 estudantes sentados e equipados com poltrona móvel para embarque e desembarque de alunos com deficiência, garantem mais conforto e segurança durante o transporte para a escola.

O parlamentar maranhense destacou a importância de ações como essas para o estado: “Promover bem-estar, dignidade e segurança aos alunos da rede pública deve ser sempre uma das nossas maiores prioridades. A educação no Maranhão precisa ser valorizada e os meios utilizados para os alunos chegarem em suas escolas devem ser sempre garantidos”.

Seis unidades já foram entregues nas cidades de Esperantinópolis, Governador Archer, Timon, Viana, Arame e Itaipava do Grajaú. Outras cidades receberão em breve: São Mateus do Maranhão, Coroatá, Colinas, Arari, Buriti Bravo, São José de Ribamar, Barreirinhas, Jenipapo dos Vieiras, Passagem Franca, Sucupira do Riachão, Igarapé Grande, Formosa na Serra Negra, Jatobá, Santa Helena e São Luís (2).

No sistema do “DivulgaCand" na consta o indeferimento da candidatura de Raimundinho Lidio...

No sistema do “DivulgaCand” já consta o indeferimento da candidatura de Raimundinho Lidio…

Raimundo de Oliveira Filho (Republicanos) ex-prefeito de Paulino Neves que tentava retornar ao comando do município teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (21). A decisão é da Juíza da 40ª Zona Eleitoral Martha Dayanne A. de Morais Schiemann.

O registro de candidatura de Raimundo Lidio sofreu 3 (três) impugnações pelos seus adversários sob a alegação que ele, então ocupante do cargo público efetivo de Analista do Seguro Social do Quadro de Pessoal do INSS/MA, sofrera duas penalidades de demissão, consignadas por meio da portaria nº 626, de 27 de dezembro de 2012, do Ministério da Previdência Social e portaria nº 451, de 07 de fevereiro de 2018, do Ministério do Desenvolvimento Social, decorrentes dos processos administrativos disciplinares nº 35204.000826/2010-47 e nº 35204.002551/2012-69, respectivamente.

De acordo com a Juíza Martha Dayanne, o Cartório Eleitoral verificou existir em seu banco de dados os mesmos registros de demissão do candidato do serviço público comunicada pela Corregedoria Regional do INSS de Recife/PE. Verificou ainda faltar no processo de candidatura as certidões criminais de 1º grau das justiças estadual e federal.

Notificado, o candidato Raimundo Lidio apresentou contestação, na qual requereu que as penalidades de demissão encartadas nas portarias nº 626/2012 e nº 451/2018 não fossem levadas em consideração para a aplicação da inelegibilidade, tendo em vista que os processos administrativos disciplinares encontram-se fulminados pela prescrição e a causa de inelegibilidade prevista fere dispositivos da Convenção Americana de Direitos Humanos.

A Juiza não foi convencida pelos argumentos do candidato do Republicanos e negou o registro de candidatura. “ANTE O EXPOSTO, INDEFIRO O PEDIDO DE REGISTRO DO CANDIDATO RAIMUNDO DE OLIVEIRA FILHO PARA CONCORRER AO CARGO PREFEITO NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE PAULINO NEVES – MA, JULGANDO PROCEDENTES AS IMPUGNAÇÕES APRESENTADAS.”, decidiu a magistrada.

Confira AQUI a íntegra da Decisão 

Jornalista esportivo mudou radicalmente seu estilo de vida, assumiu homossexualidade, deixou o Maranhão e foi morar em São Paulo..

Jornalista esportivo mudou radicalmente seu estilo de vida, assumiu homossexualidade, deixou o MA e hoje mora em SP.

Quem não lembra do jornalista esportivo Bruno Alves, que atuou por anos no Grupo Mirante de Comunicação?!

O profissional trabalhou também na rádio Mirante AM e apresentava na TV um quadro dentro do Globo Esporte, de nome “Destaque do GE”, no qual informava as notícias do site esportivo.

Bruno foi desligado da Mirante em agosto de 2019 e hoje mora em São Paulo – capital, onde estuda tecnologia avançada.

Hoje, o jornalista esportivo mudou de nome, agora é Nathally Souza, assumiu a homossexualidade e como ele mesmo diz em suas redes sociais é um “travesti em transição”.

Pois bem, o assíduo leitor do Blog do Domingos Costa pode questionar: E qual a importância deste post? Qual o valor notícia dessa matéria?

Simples!

Quantos outros profissionais conhecidos da imprensa e de outras áreas estão na mesma situação que um dia Bruno Alves ou Nathally Souza esteve?!

Quantas pessoas estão na indefinição do que é felicidade/realização pessoal e não sabem o que fazer?!

Portanto, este post não é uma crítica a Nathally [Bruno], na verdade, é um elogio ao profissional pela coragem de enfrentar uma sociedade cada vez mais preconceituosa.

Bruno Alves agora é Nathally Souza...

Bruno Alves agora é Nathally Souza…

blank

Nesta quarta-feira, o presidente desautorizou a compra de 46 milhões de doses da Coronavac

Diante de mais uma sabotagem do governo Bolsonaro em conter o avanço da crise sanitária causada pela Covid-19 com a desautorização da vacina chinesa, o presidente do PCdoB Maranhão e coordenador-geral da campanha de Rubens Júnior à prefeitura de São Luís, deputado federal Márcio Jerry, se disse ‘ansioso’ com a justificativa que aliados do presidente darão para a nova rasteira do mandatário.

Ansioso pela opinião dos aliados de Bolsonaro no Maranhão acerca da proibição de comprar vacinas para salvar vidas em nosso país”, disse, depois de definir o comportamento do presidente como um novo indício do temperamento ‘genocida’ do presidente. “Bolsonaro, o genocida, contra aquisição de vacinas só porque são chinesas, portanto ‘comunistas’… Quanta estupidez, meu Deus! São vidas a serem salvas! É imunizar milhões de pessoas para que a vida possa voltar ao normal. Isso é mais que obscurantismo, é barbárie total”, completou.

Nesta quarta-feira (21), o presidente desautorizou a compra de 46 milhões de doses da Coronavac, produzida pela farmacêutica Sinovac que seriam produzidas no Brasil pelo Instituto Butantan.

Diagnosticado  hoje com a Covid-19, no dia anterior, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello havia anunciado acordo com o estado de São Paulo para a compra do imunizante, apesar da advertência do chefe.

1 2 3 1.307

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

 

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo