A iniciativa será feita em parceria com a Semcas e visa ajudar a reduzir os impactos da pandemia do novo coronavírus.

A Uber anunciou a doação de 5 mil viagens para servidores vinculados à Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social de São Luís (Semcas) que seguem atuando nos centros de acolhimento mantidos pela pasta. Essas viagens pela plataforma Uber poderão ser utilizadas pelos profissionais para acessar os abrigos administrados pela Secretaria. A iniciativa será feita em parceria com a Semcas e visa ajudar a reduzir os impactos da pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa acontecerá a partir desta quarta-feira, dia 3 de junho e vai até o fim do mês. Os profissionais terão direito a viagens com desconto de R$ 20 a R$ 25, cada. Os códigos de desconto serão enviados aos servidores pela própria Semcas.

“Neste momento difícil em que vivemos, precisamos auxiliar esses profissionais para que possam se movimentar pela cidade enquanto estão ajudando a nossa sociedade. Desde o início da pandemia, a Uber tem buscado diferentes formas de ajudar a reduzir os efeitos do vírus nos locais em que atua”, afirma Silvia Penna, gerente de operações da Uber no Brasil.

“A Semcas tem buscado parceiros públicos e privados por entender que, nesse momento, é preciso unir esforços. Para manter os serviços funcionando, como as unidades de acolhimento que funcionam 24h e as duas unidades provisórias que foram implementadas, e para garantir a segurança dos nossos servidores, os veículos da secretaria estavam fazendo o transporte desses profissionais de suas casas até o serviço. Com a doação da Uber, vamos potencializar as ações que estão sendo realizadas e direcionar nossos veículos para a distribuição de cestas básicas, kits educativos e máscaras, agilizando assim nossos atendimentos”, comemora Andreia Lauande, secretária municipal da Criança e Assistência Social de São Luís.

A medida faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas para profissionais de saúde, idosos e pessoas em necessidade durante a pandemia. Saiba aqui o que a Uber fez até agora para apoiar cidades, parceiros e comunidades durante a pandemia.

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quinta-feira (4) a realização de convenções partidárias de forma virtual pelos partidos nas eleições municipais de 2020, em razão da pandemia do coronavírus. Segundo a decisão, os partidos têm autonomia para utilizar as ferramentas tecnológicas que entenderem necessárias para as convenções.

É nessas reuniões que os partidos definem os candidatos a prefeito e a vereador. As convenções, pelo calendário eleitoral, devem ser realizadas entre 20 julho e 5 de agosto. A eleição está marcada para outubro.

O tribunal respondeu a uma consulta feita por parlamentares. As convenções deverão seguir as regras e procedimentos já definidos pela Justiça Eleitoral.

O relator, ministro Luís Felipe Salomão, decidiu submeter os questionamentos ao plenário do TSE.

Um parecer elaborado pela área técnica da Corte afirmou não haver impedimento jurídico para a realização de convenções partidárias de forma virtual.

Ainda não há a confirmação, por causa da pandemia, de que as eleições municipais serão realizadas de fato em outubro. Por enquanto, a data está mantida. No início de maio, antes de tomar posse como presidente da Corte, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que havia a possibilidade de adiamento. No entanto, Barroso se disse contra o prolongamento dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores.

A mudança na data depende do Congresso. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem defendido que o adiamento, se for feito, seja no máximo até dezembro. Ele também é contra prorrogar mandatos.

Responsável pela organização de uma marcha contra o coronavírus entre as cidades maranhenses de Santa Helena e Turilândia, o autointitulado líder religioso Félix Antônio Ferreira, o “Félix da Revelação”, prestou depoimento nesta quarta-feira (3) à Polícia Civil, que abriu um inquérito após solicitação da prefeitura de Santa Helena e do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

Ao sair dos esclarecimentos que fez ao delegado Alan Bruno Santos Mendes, o “ex-DJ Mister Felix” era esperado por um grupo de dez pessoas, entre esses, evangélicos que o aplaudiram. O “irmão Felix” aproveitou para discursar conforme mostram os vídeo acima e abaixo.

No último domingo, dia 31, a passeata convocada por Félix Ferreira contrariou regras sanitárias, colocou a saúde da população em risco e descumpriu leis e decretos, já que a maioria das pessoas estava sem máscara e desobedecendo o distanciamento social.


LEIA TAMBÉM:

Líder de passeata contra o coronavírus no interior do Maranhão é intimado pela polícia

“Quem mandou foi Deus”, justifica líder de passeata contra o coronavírus no interior do MA; ouça o áudio

blank

Um caso inusitado aconteceu esta semana no Facebook de um morador de Zé Doca.

Quando Hamurabi Simplicio Cutrim da Silva compartilhou em um grupo da rede social uma publicação do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, na qual ele aparece com sua esposa, deputada estadual Detinha e seus filhos assistindo uma live em casa, um senhor identificado como Antônio Carlos Beckmam Amaral fez uma cobrança pública por meio de um comentário na publicação.

“Me paguem as 120 próteses dentárias (dentaduras ) que fiz em Centro do Guilherme e que nunca recebei, isso seria justo”, diz o homem, que em seguida insulta o casal de políticos que comandam o PR no Maranhão.

Esposa de Josimar, Detinha foi eleita e reeleita prefeita no município de Centro do Guilherme nos períodos que compreendem (2009/2012) e (2013/2016), respectivamente.

Mais um afago público a Eduardo Braide; Wellington sequer foi convidado...

Mais um afago público a Eduardo Braide; Wellington sequer foi convidado para a entrega dos respiradores…

Levar uma pessoa no “banho maria” significa que alguém está enrolando essa pessoa, ou a usando. Que não está interessado nos planos dessa pessoa, mas vai deixando acontecer. Essa gíria é muito usada em relacionamentos ou alianças políticas – quando uma pessoa não quer nada sério com a outra mas não dispensa ela, deixando-a ali como uma opção aberta.

O conceito acima emprega-se perfeitamente no “casamento” entre o senador Roberto Rocha, presidente do PSDB no Maranhão e o deputado estadual Wellington do Curso, pré-candidato a prefeito de São Luís pelo partido.

Antes do fim do prazo de filiação [4 de abril deste ano], o senador com fama de traidor pediu que Wellington não saísse do PSDB, pois, a sigla abraçaria seu nome na corrida eleitoral deste ano.

Ocorre que nas últimas semanas, duas movimentações de Roberto deixam evidente que a pré-candidatura de Wellington nada significa para ele.

Primeiro, o senador defendeu o adiamento das eleições e a prorrogação do mandato do prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (PDT) até as eleições de 2022.

E nesta quinta-feira (03), ao publicar em suas redes sociais a entrega de respiradores no hospital universitário Dutra, o tucano levou o deputado federal Eduardo Braide (Podemos), pré-candidato a prefeito da capital, para posar na foto ao lado de seus assessores e sequer convidou Wellington para prestigiar o momento.

O final dessa casamento é óbvio…


  • LEIA TAMBÉM:

– Roberto Rocha: Uma vez traidor, sempre traidor…

Pela milésima vez, Rocha prova que não é político de grupo

Roberto Rocha e a insígnia da traição, desta vez, contra Marcelo Coelho…

Eliane Bezerra..

Eliane Bezerra é assessora do Ver. Astro de Ogum.

O nome da administradora Eliana Bezerra é cotado para assumir a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) em substituição ao deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) que deixou a pasta para efeito de desincompatibilização visando as eleições deste ano.

Eliane é indicação do vice-presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PCdoB), uma das maiores lideranças políticas da capital, que declarou antecipadamente apoio a Rubens Júnior.

O mais cotado para assumir o lugar de Rubens Júnior era o adjunto Raimundo Nonato de Carvalho Reis Neto, no entanto, a filiação do vereador Afonso Manoel no Solidariedade foi um péssimo negócio para o atual Adjunto de Assuntos Metropolitanos da Secid.

Ele é casado com a médica Roberta Duailibe, filha de Afonso com a deputada estadual Helena Duailibe, o que, obviamente, iria atrapalhar a relação dos dois partidos, SSD e PCdoB.

Filha do saudoso ex-deputado Mauro Bezerra, Eliane, já ocupou cargo de adjunta da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento de São Luís (Semapa) no início da administração João Castelo e depois ainda no governo do tucano, assumiu a titularidade da pasta.

O prefeito que agora é réu por suspeita de corrupção, em 2016, firmou quatro contratos com a CTSLZ, em 2017 fez dois termos aditivos; No ano de 2018, selou outros cinco contratos milionários e em 2019 continuou pagando a Cooperativa.

Miltinho foi acionado pelo Ministério Público...

Miltinho virou réu por Ação de Improbidade de autoria do Ministério Público…

Desde o último dia 19 de março deste ano, o prefeito do município de São Mateus, Miltinho Aragão e mais quatro dos seus secretários de governo Atanildo Pereira de Oliveira (Finanças) Jefferson Luís Pinheiro Sousa (ex-titular Saúde) Lucélia Martins da Costa (atual titular da Saúde)  e Telma da Silva Vieira (Educação) se tornaram réus em uma Ação Civil de Improbidade Administrativa de autoria do Ministério Público, relativo ao processo nº 0800674-95.2020.8.10.0128, no qual são denunciados por suposto dano ao erário público.

Assinado pela Promotora Alessandra Darub Alves, a Ação do MP-MA denunciou o prefeito Miltinho e seus auxiliares por sérias suspeitas de fraude em nove contratos e outros oito diferentes aditivos com a CTSLZ – Cooperativa de Trabalho e Prestação de Serviço, no qual o objetivo é a contratação de mão de obra terceirizada de apoio administrativo e expediente para suprir a carência de Pessoal em diversas secretarias da gestão são-mateuense.

Tudo começou no dia 08 de junho de 2016 quando foram selados quatro contratos (2016-0124; 2016-0125; 2016-0126 e 2016-2017) que serviu para o prefeito empregar aliados e cabos eleitorais em vez de realizar Concurso Público.

Os contratos atingiram três secretarias: Educação, Saúde e Administração/Finanças/Planejamento. E tinham vigência de sete meses, portanto, da data da assinatura (junho de 2016) até janeiro de 2017, todos resultantes do pregão presencial nº 023/2016.

– Valores em 2016

Assinado pelo secretário Municipal de Administração, Finanças e Planejamento, Atanildo Pereira de Oliveira, o contrato nº 2016-0124 foi acertado no valor de R$ 2.793,000,00 (dois milhões setecentos e noventa e três mil reais),

O segundo e terceiro, foram assinados pela secretária de Educação, Telma da Silva Vieira, um de R$ 2.450.000,00 (dois milhões quatrocentos e cinquenta mil reais) e outro de R$ 2.058.000,00 (dois milhões e cinquenta e oito mil reais).

E último dos contratos foi assinado pelo secretário de Saúde, Jefferson Luis Pinheiro Sousa, no valor de R$ 1.862.000,00 (um milhão oitocentos e sessenta e dois mil reais).

Portanto, apenas em 2016, Miltinho contratou R$ 9.163.000,00 (nove milhões cento e sessenta e três mil reais) em mão de obra com a CTSLZ – Cooperativa de Trabalho e Prestação de Serviço.

– Cargos e valores 

De acordo com a íntegra dos contratos que o Blog do Domingos Costa teve acesso (cópias nos línks no final do post), ao todo são mais de 760 funcionários de áreas diferentes apenas no ano de 2016.

São eles, 110 Copeiros, 150 Auxiliares de Limpeza, 50 Auxiliares de Transporte, 80 recepcionistas, 40 Auxiliares de Almoxarifados, 40 Auxiliares de Manutenção de Prédios, 30 Auxiliares de Urbanismo e 50 Seguranças Privados, todos esses com salário mensal de R$ 1.400,00.

E ainda, 100 Auxiliares Técnicos Administrativos com vencimento de R$ 2.800,00/mês; Também, 20 Auxiliares em Saúde com salário de R$ 3.500,00/mês e outros 90 Digitadores a R$ 2.100,00, cada.

Pelo que diz os contratos, a prefeitura de Miltinho teria que transferir até o décimo dia de cada mês para a Conta Corrente 35456-2, Agência 4323-0 (Banco do Brasil do Calhau, em São Luís), o valor de R$ 1,3 milhões durante os sete meses da vigência contratual. Ao final, passaria pela conta da CTSLZ, mais de R$ 9 milhões relativo ao primeiro ano de acordo com a prefeitura local.

– CTSLZ e seu procurador

Na ocasião das assinaturas das papeladas, o endereço da CTSLZ era a Rua das Paparaúbas nº 26, Quadra 19, Sala 15, Jardim São Francisco, em São Luis. No entanto, junto a Receita Federal (CNPJ: 23.635.946/0001-20), a Cooperativa está registrada, atualmente, na Rua dos Ipês, nº 07, Jardim Renascença, também na capital maranhense.

Na época, quem assinou tudo foi o procurador da Cooperativa, Anderson Reis de Freitas. Curiosamente, nos dias atuais ele é o presidente e a senhora Maria Santana Pereira dos Santos aparece como diretora.

A CTSLZ foi fundada em novembro de 2015, portanto, no final do primeiro mandato do atual prefeito que foi reeleito em 2016.

– Tudo aditivado em 2017

Para continuar com o esquema de terceirizados com a Cooperativa, Miltinho deixou uma “brecha” nos contratos, no qual tudo poderia ser aditivados ao final da vigência. Então, o gestor mandou prorrogar por mais sete meses durante o ano de 2017, nos mesmos moldes do ano anterior.

De forma que a validade dos acordos com a CTSLZ foram alongados de fevereiro até agosto de 2017. Portanto, mais R$ 9,1 milhões passaram das contas da prefeitura de São Mateus, direto para o cofre da cooperativa.

Como se estivesse debochando dos órgãos de controle e fiscalização de recursos públicos, audacioso que é, Miltinho fez um segundo Termo Aditivo por mais sete meses.

Em termos práticos, a gastança de dinheiro público que começou lá em 2016, teve continuidade de setembro de 2017 até março de 2018. E, por óbvio, mais R$ 9,1 milhões passaram para a conta da Cooperativa.

Logo, somando o segundo semestre de 2016, mais o primeiro e segundo semestre de 2017, o prefeito Miltinho mandou, até então, para a CTSLZ – Cooperativa de Trabalho e Prestação o montante de R$ 27.489.000,00 (vinte e sete milhões quatrocentos e oitenta e nove mil reais).

– Mais dinheiro em 2018 

Ainda conforme apuração do Blog do DC, no dia 04 de julho de 2018, após ter aditivado duas vezes os mesmos contratos, Miltinho decidiu fazer novos acordos, foi então, que renovou a parceria e surgiram os contratos nº (2018-0161; 2018-0162; 2018-0163; 2018-0164 e 2018-0165), todos resultantes do Pregão Presencial nº 20/2018. Quem assina por parte da Cooperativa desta vez é outra pessoa, Júlio César Coelho Melo.

Agora, quem assina os contratos na secretaria de Saúde é a nova titular da pasta, a senhora Lucélia Martins da Costa: o primeiro no valor de R$ 244.635,60 (duzentos e quarenta e quatro mil seiscentos e trinta e cinco reais e sessenta centavos), o segundo, de 570.533,04 (quinhentos e setenta mil quinhentos e trinta e três reais e quatro centavos).

Na Educação quem continua assinando é Telma da Silva Vieira, o novo contrato na pasta dela é de R$ 1.781.609,28 (um milhão setecentos e oitenta e um mil seiscentos e nove reais e vinte e oito centavos).

Atanildo Pereira de Oliveira, secretário Municipal de Finanças e Desenvolvimento Econômico, assina outros dois contratos, um de R$ 722.515,20 (setecentos e vinte e dois mil quinhentos e quinze reais e vinte centavos) e outro de R$ 648.806,40 (seiscentos e quarenta e oito mil oitocentos e seis reais e quarenta centavos).

A soma do segundo semestre de 2018 chega a R$ 3.948.099,52 (três milhões novecentos e quarenta e oito mil noventa e nove reais e cinquenta e dois centavos).

Diferente dos contratos do ano de 2016 que foram prorrogados por todo 2017, não existe a “Clausula do Preço e Forma de Pagamento”, de modo que não é possível saber quantos profissionais Miltinho contratou em 2018, tampouco quanto pagou por mês para cada um deles.

Os contratos também não especificam em quais secretarias os supostos profissionais iriam atuar e, tampouco, as funções ocupadas.

– Em 2019

O Blog do DC, apurou ainda, que de janeiro a maio do ano passado, a prefeitura de São Mateus não parou de pagar a CTSLZ, foram mais R$ 1.833.888,49 (um milhão oitocentos e trinta e três mil oitocentos e oitenta e oito reais e quarenta e nove centavos) para a Cooperativa de Trabalho e Prestação de Serviço, de acordo com o Portal da Transparência.

Desta forma, os valores que a prefeitura de São Mateus mandou para a conta da CTSLZ totaliza R$ 33.320.988,01 (trinta e três milhões trezentos e vinte mil novecentos e oitenta e oito reais e um centavo), isso, entre junho de 2016 a maio de 2019.

Por essa razão Miltinho Aragão virou réu por indício de corrupção!

Os nove contratos de São Mateus com a CTSLZ; Os de 2016 foram aditivados duas vezes...

Os nove contratos de São Mateus com a CTSLZ; Os de 2016 foram aditivados duas vezes…

–  Abaixo clique nas frases coloridas e veja a íntegra de todos os contratos de 2016 e também de 2018:

2016/ Adm. Fin. e Planejamento

2016/ Educação (1)

2016/ Educação (2)

2016/ Saúde


2018/ Saúde (1)

2018/Saúde (2)

2018/ Educação 

2018/ Finanças (1)

2018/ Finanças (2)

blank

A delegacia de Polícia do município de Santa Helena intimou Felix Ferreira, conhecido como “irmão Felix”, que diz ser o “ex-DJ Mister Felix” para prestar esclarecimento no inquérito que apura o descumprimento das normas do ‘lockdown’ na cidade, durante manifestação realizada no último domingo (31).

O delegado Alan Bruno Santos Mendes estipulou as 15h30 desta terça-feira (02) para o líder da passeata se apresentar à polícia, entretanto, o Blog do Domingos Costa não conseguiu apurar se de fato houve o depoimento do ex-DJ.

Mais sobre o assunto no link abaixo…


  • LEIA TAMBÉM:

“Quem mandou foi Deus”, justifica líder de passeata contra o coronavírus no interior do MA; ouça o áudio

O presidente da Câmara de Vereadores de Raposa, Beka Rodrigues, lidera uma campanha solidária na qual serão destruídos duas toneladas de alimentos em forma de cestas básicas a familiares do município e mais uma tonelada de frango abatido nesse momento de enfrentamento a pandemia do novo coronavirus.

“Meus amigos e minhas amigas estamos vivendo momentos difíceis por conta desta pandemia que assola o planeta, nosso país e a nossa cidade de Raposa. E nesse momento estamos contribuindo também com uma tonelada de frango resfriado para amenizar a delicada situação das nossas famílias”. Anuncia o parlamentar no vídeo abaixo.

O parlamentar destacou a atuação dos órgãos competentes. “São evidentes as inúmeras ações realizadas pela Prefeitura. Na Câmara seguimos atuantes na aprovação de leis necessárias para combater esse mal e pedimos que a população colabore com o distanciamento social e uso de máscaras. Com a ajuda de Deus e de todos superaremos este problema”, pontuou.

Com 144 pré-candidatos a vereador, várias lideranças políticas, religiosas e comunitárias, Fred desmente boatos e afirma que irá vencer de forma limpa e sem atacar os adversários.

blank

Fred e sua esposa…

O empresário e pré-candidato a prefeito Fred Campos reagiu a uma onda de boatos e fake news” divulgados recentemente em sites sobre a disputa nas próximas eleições.

Fred ressaltou que a vontade por mudança, o fato de estar a cada dia recebendo adesões de apoio ao projeto de sua candidatura, o cenário político na cidade vai se consolidando o que provoca desespero de alguns adversários que não conseguem qualquer êxito.

Estou muito tranquilo. Há uma intenção bem clara para manipular a opinião pública. Por isso deixo nas mãos de Deus para o julgamento sobre esses ataques desnecessários que venho sofrendo, pretendo realizar uma campanha limpa e essas atitudes só desvirtuam o processo eleitoral. Criamos um grupo com 144 pré candidatos a vereador, várias lideranças políticas, religiosas e comunitárias e é evidente que essa certeza de derrota dos que estão se aproveitando há bastante tempo da população, causa pânico e desespero.” Ressaltou o pre-candidato.

Fred Campos encerra: “Por onde passamos podemos observar a vontade por mudança estampada na face das pessoas, temos recebido adesões todos os dias nas comunidades. É isso que nos tem motivado a unir forças e a discutir um projeto novo para Paço do Lumiar. Tenho absoluta certeza que iremos construir uma cidade justa e digna, colocando a gestão pública próxima da população e realizando serviços nunca vistos na história desta cidade. Um novo momento. Deus conhece meu coração e a vontade DELE prevalecerá sempre, vamos juntos. As fake news não prevalecerão, esse fase nebulosa de ataques está com os dias contados. Falta bem pouco para escrevermos uma nova história na cidade.”

1 2 3 1.236

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

blank

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo