Prédio construído pela construtora na Avenida Rei de França no bairro do Turu em São Luís...

Prédio construído pela construtora no bairro do Turu em São Luís não foi pago em sua totalidade.

O poderio financeiro da Kroton Educacional, contraditoriamente, se confunde com a irresponsabilidade e acusação de calote da gigante dona da rede Pitágoras de ensino.

O Blog do Domingos Costa recebeu denúncia documentada que acusa a líder do setor educação superior privada no Brasil – que comprou em maio de 2011, por R$ 31,6 milhões, a Faculdade Atenas Maranhense (Fama) com um total de 5 mil alunos -, de aplicar calote em uma construtora de São Luís.

No ano de 2012 a Kroton contratou a empresa maranhense para fazer a ampliação da Faculdade, que passou a se chamar Pitágoras – Turu. A construção dos prédios se deu em um terreno ao lado da antiga FAMA (foto), localizada na Avenida Rei de França no bairro do Turu em São Luís.

A obra durou cerca de três anos, portanto, concluída em 2015 e foi entregue sem pendência à Kroton Educacional. Ocorre que dos R$ 8 milhões correspondentes ao total da construção de cinco prédio de 60 salas cada (total de 300 salas), está faltando o pagamento correspondente a dois blocos de 60 salas cada.

Em valores atualizados o débito alcança cerca de R$ 2 milhões. Isto é, são 120 salas do prédio de ampliação da Faculdade Pitágoras no Turu que nunca foram pagos pela Kroton Educacional à empresa que executou a obra.

Nos documentos obtidos pelo Blog do DC, a empresa cobra também pagamentos relativos a operação urbana, pavimentação, paisagismo, urbanização dos prédios entre outros serviços executados que não foram pagos.

Diante do calote da Kroton, o caso foi parar na Justiça no ano de 2016. E mesmo a Faculdade já perdido na primeira e segunda instância, os advogados da instituição continuam recorrendo das decisões. O processo tramita há seis anos no judiciário maranhense, e atualmente, encontra-se no TJ-MA em fase final de julgamento de recurso.

– Casos escabrosos 

Nessa construção da ampliação da Faculdade Pitágoras/Turu que resultou num calote e foi parar na justiça, o Blog do DC conseguiu descobrir que existem dois casos escabrosos ocorridos durante a obra.

O primeiro diz respeito a agressão física e covarde de um jovem e musculoso Engenheiro contratado pela Kroton para fiscalizar a obra, contra um colega de profissão [já idoso] funcionário da empresa executora dos prédios, o episódio que quase resultou em homicídio teve desdobramentos na Delegacia e também foi parar na justiça.

A outra situação é ainda mais grave. Trata-se da morte dentro da obra de um eletricista contratado pela Kroton que entrou na sala de alta tensão, onde ficam os geradores, sem os devidos equipamentos de EPI (Equipamento de Proteção Individual). O caso nunca foi apurado com a devida atenção pela Polícia Civil para apontar os culpados.

Esses dois casos o Blog do DC conta em outros posts, até lá…

O local precisa de serviços urgentes, caso contrário, o buraco que só aumenta a cada chuva ameaça “engolir” a estrada de acesso a cidade.

Cratera fica localizada no bairro do Caúra, nas proximidades no antigo CAVU...

Cratera fica localizada no bairro do Caúra, nas proximidades no antigo CAVU…

A MA 203 no trecho que compreende a estrada de Raposa na altura do bairro do Caúra [próximo ao CAVU – Clube de Aviação Ultraleve] está muito perto de romper devido às fortes chuvas.

Conhecida como “curva do Manoel Ribeiro” o local recebeu reparos há pouco mais de três anos, porém, as constantes chuvas que vêm caindo na cidade devastou os serviços e levou até as tubulações (manilhas) colocadas no local.

A força da água fez da curva uma gigantesca cratera que está apenas alguns metros da estrada, um perigo constante aos moradores e motoristas que passam pelo local.

A cada chuva a apreensão aumenta e se não for realizado nenhum serviço no local por parte da SINFRA (Secretaria de Infraestrutura do Estado) é certo que o tráfego de milhares de raposenses que precisam diariamente circular entre São Luís e o município será interrompido.

Se não for feito serviços de reparos, a cratera ameaça "engolir" a estrada de Raposa...

Se não for feito serviços de reparos, a cratera ameaça “engolir” a estrada de Raposa…

Em nota direcionado ao Blog do Domingos Costa, a Seic diz que não foi entregue propina dentro do órgão, porém, documento assinado por seis delegados desmente a própria Superintendência Estadual de Investigações Criminais.

Após o Blog do Domingos Costa tornar público o post Donos de casas de jogos de azar entregaram propina a delegados dentro da SEIC”, a Superintendência Estadual de Investigações Criminais emitiu uma nota assinada pelo Delegado Geral de Policia Civil, André Luís Gossain, na qual nega a informação.

Porém, o Blog do DC mostra acima documento assinado no dia 31 de janeiro de 2020 por seis delegados de Polícia Civil do Estado do Maranhão, dando conta que houve depoimento de uma testemunha chave no Inquérito que apura diversas práticas ilícitas de agentes públicos e contraventores atreladas à exploração ilegal de jogos de azar em diversos bairros de São Luís.

No depoimento, a testemunha diz que “o pagamento de propina era entregue aos delegados que faziam o rateio posterior com os demais envolvidos”.

A testemunha diz também que era quinze mil para cada por semana. “Afirmou já ter entregado por duas vezes na SEIC para um o senhor XXXX que andava com o delegado XXXX”, diz o Inquérito.

O Documento acima – assinado pelos seis delegados – foi direcionado ao juiz de direito Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís.

Portanto, contra fatos não há argumentos, contra documentos pior ainda. E em vez de negar o asqueroso fato, a Seic deveria pedir desculpas a sociedade pela conduta isolada e criminosa de alguns delegados e servidores marginais.

Senador Weverton reuniu hoje com Osmar Filho e Erlânio para tentar comprar eleição da Câmara de São Luís...

Senador Weverton reuniu hoje com Osmar Filho e Erlânio para tentar comprar eleição da Câmara de São Luís…

O senador Weverton Rocha, do PDT, decidiu nesta quarta-feira (19) entrar de cabeça na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de São Luís. E chegou sem respeitar ninguém e atropelando todo o processo em curso.

Reunido com o atual presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho, e o presidente da FAMEM, Erlânio Xavier, o pedetista – sedento pelo poder – passou por cima do nome do vereador e médico Dr. Gutemberg (PSC) e ofereceu a presidência da Casa ao vereador Aldir Júnior, do PL.

A tática de Weverton é lançar o sobrinho do deputado Josimar de Maranhaozinho com apoio dos vereadores da base do prefeito Eduardo Braide.

O senador assegurou que a candidatura de Dr. Gutemberg seria retirada e ofertou os 13 votos de parlamentares ligados ao prefeito Braide a Aldir, porém, recebeu um sonoro não do líder do PL da capital.

“Tenho palavra e estou fechado com Paulo Victor”, disse Aldir ao senador.

Sem sucesso, Rocha, então, procurou outro vereador. Desta vez, Astro de Ogum (PCdoB) e também “vendeu” o apoio dos vereadores da base de Braide, entretanto, também recebeu como resposta um “não”.

O desespero de Weverton é devido a repercusão que resultará a eminente vitória de Paulo Victor – vereador ligado ao vice-governador Carlos Brandão.

O jogo continua…

Durante visita a desabrigados em Imperatriz nesta quarta-feira (18), Flávio Dino (PSB) reafirmou que Carlos Brandão é o seu escolhido para disputar o cargo de governador.

“Como eu manifestei na última oportunidade, eu tenho uma posição muito clara, muito nítida de apoio a pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão”, declarou.

Dino afirmou que no dia 31 de janeiro, ocorra um entendimento por parte dos demais partidos e que a vontade da maioria prevaleça.

 

Dinheiro apreendido ainda com origem desconhecida…

No final da manhã de terça-feira (18), no km 423 da BR-316, no município de Peritoró, por volta das 11h30, uma equipe PRF em fiscalização em frente a UOP Peritoró abordou um veículo Toyota Corolla, branco, ocupado por duas pessoas.

Os agentes solicitaram documentação do veículo, do condutor e do passageiro e iniciaram as consultas nos sistemas da PRF. Durante a abordagem, os ocupantes demostraram nervosismos e falas descontextualizadas, indicando suspeição que podiam está transportando algo ilícito.

A equipe então, realizou busca pessoal e veicular, encontrando no interior do veículo a quantia em espécie de R$ 575.860,00 (quinhentos e setenta e cinco mil, oitocentos e sessenta reais), entre notas de R$ 200,00; R$ 100,00; R$ 50,00, R$ 20,00 e R$ 10,00 em sacos e mochilas sendo que a maior parte estava no banco traseiro do veiculo e outra no console central.

Os conduzidos afirmaram que eram proprietários do valores mas não souberam afirmar a origem quando indagados, relatando várias versões, de início que iriam comprar um carro e logo depois iriam comprar um carro e um terreno. Que trabalham com venda de material escolar para prefeituras. Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal em Caxias para as providências que o caso requer.

Inquérito sobre jogos de azar em São Luís fala em propina entregue dentro da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, grupo de milicianos e envolvimento de mais de 15 Policiais Militares de diversas patentes.

Pagamento eram no valor de R$ 15 mil por semana; duas vezes a entrega aconteceu na sede da Seic, no bairro de Fátima...

Pagamento eram no valor de R$ 15 mil por semana; duas vezes a entrega aconteceu na sede da Seic, no bairro de Fátima…

A investigação sobre envolvimento de agentes públicos e contraventores em diversas práticas ilícitas atreladas à exploração ilegal de jogos de azar em diversos bairros de São Luís e que resultou na prisão da delegada de Polícia Sara Bonfim [titular do 13º Distrito, do Cohatrac] e de um investigador de Polícia, ainda vai render muito.

O Blog do Domingos Costa teve acesso exclusivo a documentos sobre a investigação liderada pela Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor) onde estão sendo apurado envolvimento de pelo menos 15 policiais militares de diversas patentes, além de diversos contraventores e pelo menos mais dois delegados da Polícia Civil do Maranhão.

Em determinado trecho do Inquérito, a Seccor destaca o depoimento de uma testemunha que afirma existir em São Luís um grupo de policiais vindos do Rio de Janeiro envolvidos com contraventores do jogo do bicho que atuam na máfia dos caça-níqueis.

Em outro trecho do do documento, uma testemunha classifica um grupo de Policiais Miliares e Civis de São Luís como “milicianos”, que segundo ela, atuam como seguranças ou participes em casas clandestinas de jogos de azar localizadas nos bairros do Olho D’água, Cohab e Mercado Central.

Ainda conforme apuração do Blog do DC, uma terceira testemunha do Inquérito diz que realizava uma vez por semana pagamentos de vantagens em dinheiro como forma de propina no valor de R$ 15 mil a dois delegados. E que em duas ocasiões a entrega do suborno aconteceu dentro sede da Seic – Superintendência Estadual de Investigações Criminais, localizada no bairro de Fátima na capital.

Há, também, depoimento que revela um grupo de Policiais que apreendia máquinas caça-níqueis desmontava e comercializada as peças para contraventores donos de casas clandestinas concorrentes.

O caso segue em segredo de justiça sendo investigado pela Seccor…

Ribeiro Neto abraçado a Paulo Victor, Aldir Júnior e seu primo, Umbelino Júnior...

Ribeiro Neto abraçado a Paulo Victor, Aldir Júnior e seu primo, Umbelino Júnior…

O vereador Ribeiro Neto (PMN) acaba de declarar apoio ao seu colega de Plenário Paulo Victor a presidência da Câmara de São Luís.

Curiosamente, o parlamentar esteve reunido nesta segunda-feira (17) com o presidente estadual do PL, Josimar de Maranhãozinho junto com sua mãe, Elizeth Ribeiro, que é pré-candidata a deputada estadual pelo partido Avante.

Ribeiro Neto era um dos vereadores que esteve ontem (16) reunido com o prefeito Edaurdo Braide e Dr. Gutemberh – também candidato a presidência da Câmara.

Diante da nova adesão, o placar agora é de 18 x 13, em favor de Paulo Victor. Segue o jogo…

Em entrevista ao Jornal Correio Braziliense, o presidente  nacional do PSB, Carlos Siqueira disse que o partido pode ter candidato a governador no Maranhão.

Abaixo, trecho da entrevista.

Quais são as prioridades do partido? O senhor falou em cinco estados.

São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Acre… E tem outros candidatos que poderão surgir, mas, até agora, nós colocamos na mesa esses cinco estados. Pode surgir, por exemplo, o Maranhão, onde o PSB, provavelmente, terá candidato também; pode surgir Alagoas.

A integra da entrevista aqui

1 2 3 1.532

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade