Márcio Honaiser entre Dino e Weverton, quem ele esconlgerá? Duarte ou Braide?

Márcio Honaiser entre Dino e Weverton, quem ele escolherá? Duarte ou Braide?

É esperado o posicionamento do secretário de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Márcio Honaiser (PDT), no que diz respeito as eleições deste segundo turno em São Luís.

O auxiliar de primeiro escalão do governador Flávio Dino (PCdoB) é um dos poucos secretários que ainda não disseram de que lado faz parte.

Honaiser seguirá a orientação do seu partido, o PDT, e votará em Braide? Ou, acompanhará o governador Flávio Dino e caminhará com Duarte Júnior?

Uma “coisa” é certa, Márcio não pode – em hipótese alguma – ficar em cima do muro nesse momento decisivo da política da capital que definirá muito acerca das eleições estaduais de 2022.

A propósito, Márcio Honaiser obteve 4.709 votos em São Luís na eleição de 2018 quando foi reeleito deputado estadual.


Indicação do PDT para um dos cargos mais importantes do governo, Larissa Abdalla Britto, Diretora Geral do Detran-MA, fez um esquisito vídeo neste domingo (22) no qual sabe-se lá com qual poder, fala em nome do governador Flávio Dino como se fosse a “porta-voz” do Chefe do Executivo Estadual.

Obviamente bem orientada pelo presidente estadual do seu partido, Larissa lembra que o governador do Maranhão vota neste segundo turno em Duarte Júnior (Republicano) para prefeitura de São Luís, entretanto, a diretora do Detran-MA não declara seu voto.

“Estou passando para lembrar você que no segundo turno das eleições municipais de São Luís, o governador Flávio Dino é Duarte Júnior, 10, e as razões dessa escolha são muito clara. Duarte Júnior foi superintendente do Viva Procon da gestão do governador Flávio Dino e foi competente, atuante, proativo e extremamente dedicado, ou seja, tem todas as características pra ser um excelente prefeito de São Luís. Ou seja, passando para lhe lembrar que no segundo turno, Flávio Dino é 10!” diz a pedetista.

Ora, se Flávio Dino é 10, Larissa é 19? O próprio vídeo de Larissa deixa a pergunta no ar, pois ela não pede o voto e nem declara o seu, apenas replica que Flávio Dino é 10.

O que a indicada do senador Weverton Rocha disse no vídeo é público desde a declaração do próprio governador ainda na noite da apuração do resultado do primeiro turno das eleições de São Luís – no último dia 15. Portanto, o que a população de São Luís quer saber é em quem vota Larissa Abdalla Britto.

Verdade seja dita, as palavras da Diretora Geral do Detran é uma espécie de vídeo “pra inglês ver”, famosa expressão que tem como significado fingir que fez algo ou fazer mal feito.

Em tempo, Larissa Abdalla deverá ser uma das primeiras pedetistas a serem exoneradas do governo estadual, dado o rompimento do partido do senador Weverton Rocha com o governo Flávio Dino.


LEIA TAMBÉM:

– Weverton decide apoiar Braide e já é visto como traidor pelo Palácio dos Leões…

Flávio Dino tem reforçado com Duarte o que o adversário tem tentado destruir desde a eleição em 2016

A agenda deste domingo (22) do candidato a prefeito Duarte (Republicanos) com o governador Flávio Dino (PCdoB) mostra que, desde já neste segundo turno, a intenção é dar prosseguimento ao que já existe de bom: a parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de São Luís.

Eu e Duarte caminhamos pelo Centro Histórico e conversamos sobre parcerias honestas em favor de São Luís”, declarou o governador. Em resposta, Duarte disse: “Unidos vamos trabalhar com toda a firmeza e fazer nossa cidade avançar.

A sintonia entre ambos reforça as intenções desta continuidade em parcerias. Vale lembrar que antes da gestão do atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior, não se via parceria, mas sim disputas políticas entre os dois órgãos do executivo, o que prejudicava imensamente a cidade, pois o que se precisa é de governador e prefeito trabalhando lado a lado, garantindo investimentos e melhorias.

Assim, Flávio Dino tem reforçado com Duarte o que o adversário tem tentado destruir desde a eleição em 2016. Eduardo Braide não é o único adversário do governador, mas se alia a outros nomes como Roberto Rocha e Jair Bolsonaro.

Pela continuidade dos projetos e de desenvolvimento de São Luís, é preciso que os eleitores estejam conscientes no dia 29, que a melhor opção para a capital se chama Duarte.

blankA TV Band divulgou, neste domingo (22), pesquisa de intenção de voto para prefeito de São Luís no 2° turno realizada pelo Instituto DataIlha. Eduardo Braide (Podemos) aparece na frente, mas o cenário agora é de empate técnico com Duarte Jr (Republicanos).

No cenário espontâneo, Braide aparece com 44,3%, enquanto Duarte Jr tem 38,3%. Brancos e nulos são 1,2% e não sabem ou não responderam somam 16,2%.

Já no cenário estimulado, Eduardo Braide mantém a liderança com 47%, enquanto Duarte Júnior alcança 41%. Brancos e nulos somam 7,1% e não sabem ou não responderam são 4,8%.

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem brancos e nulos, Braide tem 53,4%, ao passo que Duarte Jr chega a 46,6%.

O levantamento foi feito entre os dias 16 e 17 de novembro e ouviu 1.080 eleitores de 44 bairros de São Luís. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O registro na Justiça Eleitoral está sob o número MA-05682/2020.

blank

A população no local demonstrou isso em forma de apoios e desejando a sua vitória para a prefeitura.

Após se recuperar e testar negativo para Covid, o candidato a prefeito Duarte (Republicanos) retornou a sua agenda de campanha presencialmente, neste sábado (21), em grande caminhada na Rua Grande.

A atividade marca o retorno de Duarte às ruas de São Luís e de antemão evidencia sua força no contato com o povo. A população no local demonstrou isso em forma de apoios e desejando a sua vitória para a prefeitura.

A auxiliar de cozinha, Jeanis, declarou: “Você representa todos os maranhenses que lutam todos os dias, que saem todo dia de casa para realizar seus sonhos. São Luís precisa de um prefeito como Duarte”. Já Mery Durans afirmou: “Orei muito pela recuperação e sou muito feliz pelo seu retorno. A sua gestão será honrada”.

Emocionado, Duarte encerrou com discurso em frente à Biblioteca Benedito Leite, agradecendo o apoio de todos e reafirmou seu compromisso em garantir uma Prefeitura presente e para o povo de fato.

O povo deu a resposta nas urnas. Ninguém aguenta mais que o poder em São Luís seja passada do pai, para o filho, para o neto. Eu tenho muita fé, que com muito mais força, vamos ganhar as eleições. Um filho do povo chegará à Prefeitura para fazer uma gestão das pessoas, pelas pessoas e para as pessoas!”, ressaltou ao final da caminhada.

Estiveram presentes diversas autoridades da cúpula do governador Flávio Dino, entre elas, a senadora Eliziane Gama (Cidadania), deputados federais e estaduais, vereadores de mandato, recém-eleitos e suplentes, imprensa, militantes de diversas frentes partidárias, além de lideranças.

blank

Nem bem começou o segundo turno das eleições municipais de São Luís e o candidato Eduardo Braide, do Podemos, tem usado uma grande milícia virtual para atacar o adversário Duarte (Republicanos) nas redes sociais.

Quanto mais o ex-presidente do Viva Cidadão encosta nele nas pesquisas, a exemplo do Ibope ontem (20), mais os fakes partem para a agressividade com notícias falsas e ofensas. São diversas contas falsas utilizadas no único intuito de atacar Duarte. Em todos é nitída a intenção: falar bem de Braide e difamar o adversário. Contas com poucos seguidores e alguns apenas com um seguidor.

Desesperado, Braide sabe que ao vir à tona casos como a investigação do Ministério Público, sua duvidosa gestão na Caema, entre outras notícias que não o qualifica como pronto a ser prefeito, ele diminuirá ainda mais nas pesquisas.

E, por medo e sem propostas para São Luís, Braide usa as armas que já vinha praticando, a de espalhar e disseminar fake news. Atitudes que só os desprovidos de competência são capazes de fazer.

blank blank blank blank blank blank blank blank blank blank blank blank blank

blankNa primeira pesquisa Ibope divulgada sobre as intenções de votos para o segundo turno das eleições de São Luís, o candidato Duarte (Republicanos) cresceu 7 pontos percentuais e encostou em Eduardo Braide (Podemos). O ex-presidente do PROCON aparece com 42%, enquanto o adversário tem 49%.

Mesmo longe dos atos de rua, Duarte conseguiu crescer com uma campanha que tem mobilizado apoiadores, eleitores e correligionários nos quatro cantos da capital maranhense. Logo no início do segundo turno, a campanha já obteve a adesão de nomes como o do governador Flávio Dino, da senadora Eliziane Gama, dos candidatos do primeiro turno Rubens Júnior e Bira do Pindaré e da militância de partidos importantes como os da coligação Resgate o Amor pela Ilha: Republicanos, PL, Avante, Patriota e PTC, além do PT, PCdoB, PSB, Solidariedade, PP, Cidadania, PROS e PSL.

A tendência de crescimento deve continuar com a volta às ruas de São Luís, a partir deste sábado (21). Com uma eleição baseada na gestão modernizadora que implantou no VIVA/PROCON, Duarte deve continuar a ascensão notabilizada na primeira pesquisa com a chegada dos debates na semana que vem.

A última pesquisa do primeiro turno do Ibope apontou que Duarte teria 19%. Ao abrir as urnas, no entanto, o republicano se elegeu para o segundo turno com 22,15%. Já Eduardo Braide aparecia, na ocasião, com 41% na pesquisa, e terminou o primeiro turno com 37,81%.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número MA‐02619/2020.

blank

blank

Ao tomar partido desta forma a favor de Braide, não se sabe por qual motivo, Neto perde duas vezes

Uma semana depois de provar que Eduardo Braide (Podemos) é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF), o candidato derrota à Prefeitura de São Luís Neto Evangelista (DEM) apareceu, com uma empolgação incomum, fazendo dancinha em comício do seu neo aliado no São Francisco.

A atitude do democrata gerou uma onda de críticas contra ele, já que, durante toda a sua campanha, Neto fazia afirmações de que Braide era péssimo gestor na Caema e tinha sido reprovado como presidente do órgão. Além das acusações por ser investigado pelo MPF por desvio de dinheiro público.

Ao tomar partido desta forma a favor de Braide, não se sabe por qual motivo, Neto perde duas vezes. A primeira por não ter ido ao segundo turno, mesmo com a maior estrutura de campanha de todas. E a segunda por não sustentar suas palavras e entrar se enterrar na vala da política pelo poder.

Sedento pelo poder, pedetista virou da noite para o dia aliado de Braide, posicionamento antagônico ao governador Flávio Dino, que o elegeu senador em 2018.

Weverton segue um caminho sem o apoio do governador Flávio Dino...

Weverton segue um caminho sem o apoio do governador Flávio Dino…

Eleito senador do Maranhão em 2018 para um mandato de oito anos com o indispensável apoio do governador Flávio Dino (PCCdoB), Weverton Rocha – presidente estadual do PDT, decidiu apoiar neste segundo turno das eleições de São Luís, o candidato a prefeito Eduardo Braide (Podemos).

Com esse posicionamento, Rocha quebra a aliança que ainda tinha com o Palácio dos Leões. Embora esta decisão ainda não seja oficial, nos bastidores o pedetista é considerado traidor.

Somado ao fato de apoiar Braide, que é um dos principais adversários do governador na política do Maranhão, outros acontecimentos destas eleições municipais mostraram a deslealdade de Weverton com o grupo que o elegeu senador.

– Traições 

Primeiro, quando WR decidiu selar um acordo com a ex-governadora Roseana Sarney, com direito a foto na cobertura da filha de Sarney, no Edifício Murano na Península da Ponta D’Areia.

Em segundo, durante ato político de um adversário do governador Flávio Dino na cidade de Colinas, o senador disse que iria derrubar a porta do Palácio dos Leões se houvesse resistência do governo em ajudar seu candidato caso fosse eleito – o que aliás, não aconteceu.

Em terceiro, Weverton fez questão de combater aqueles que votaram nele em 2018 e isso não foi um caso isolado, aconteceu em mais de 50 cidades maranhenses. A exemplo de Lago da Pedra, onde o senador do PDT rompeu a aliança com o prefeito Laercio Arruda (PCdoB) e fechou com a ex-prefeita bolsonarista Maura Jorge (PSDB), que, aliás, disputou o governo do estado contra Dino em 2018.

Nestas eleições de segundo turno em São Luís, após seu candidato [Neto Evangelista] ser recusado nas urnas, o posicionamento de Weverton foi pedir para seus aliados acompanharem Eduardo Braide, enquanto isso, ele fica nos bastidores e se autointitula “neutro” para não perder o espaço do PDT no governo estadual.

Verdade seja dita, Rocha subestima a inteligência de Flavio Dino…

– Consequências 

O PDT tem espaço gigante no governo do Estado, além de dezenas de cargos, possui o comando do Detran-MA que tem Larissa Abdalla Britto como diretora geral e, também, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), onde Márcio Honaiser é o titular da pasta.

Há quem defenda a imediata exoneração de toda a “pedetezada” do governo do Estado, pois, tratam-se de traidores que já são vistos como adversários, porém, o governador deve esperar janeiro, quando irá fazer uma reforma administrativa.

Aguarde os próximos capítulos dessa trama…

1 2 3 1.326

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo