Senado que nada! Waldir Maranhão ‘cola’ em Lula para tentar reeleição de deputado : Blog do Domingos Costa                                                                                                                                                                                                                     





De azul, Waldir esteve no palanque de Lula durante a “inauguração simbólica” da transposição do rio São Francisco, no Estado Paraíba.

Com Weverton Rocha (PDT) e o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) consolidados como nomes a serem apoiados na eleição de 2018 pela base do governador Flávio Dino, o desgastado deputado federal maranhense Waldir Maranhão (PP) vem tentando mostrar uma força política inexistente posando em fotos ao lado dos ex-presidentes da República Lula e Dilma.

Neste final de semana, por exemplo, Waldir ‘colou’ nos petistas durante a “inauguração simbólica” da transposição do rio São Francisco, no Estado Paraíba. Foi o bastante para a assessoria do parlamentar mandar alardear a notícia em diversos setores de imprensa no Estado.

E como já disse em posts anteriores: “Waldir Maranhão simula pretensão ao Senado apenas para garantir reeleição na Câmara“. Não se enganem, p deputado não será candidato ao senado federal. A situação política do ex-presidente ‘tampão’ da Câmara Federal é delicadíssima.

Desgastado

Essa é a imagem que Waldir que “vender” aos maranhenses…

Desgastado perante a opinião pública e afundado em acusações de diversos crimes cometidos, segundo o Ministério Público, no curso da vida pública, Waldir não possui condições morais para disputar duas das três cadeiras que o Maranhão possui no Senado, em 2018.

O que Waldir busca, na verdade, é apenas ser visto, e assim, tentar a reeleição como deputado federal. O que, aliás, é dificílimo!

Com a perda do comando do PP no Estado para o também federal André Fufuca, Maranhão perdeu junto muitas bases e uma renda de aliados. O prejuízo após sua passagem pelo comando da Câmara Federal é incalculável.

A única carta na manga do deputado federal é o gesto que fez ao governador Flávio Dino, quando tentou sustar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o que acabou lhe rendendo uma “fatura” política imensa, a ser paga na próxima eleição, sobretudo com a PT.

É nesse favor que fez ao PT que Waldir Maranhão se confia…

E mesmo que diga aos quatros cantos que será candidato ao senado, Waldir apenas está “jogando verde para colher maduro”. O que ele corre atrás mesmo é apenas a reeleição…


Página 1 de 11