Presidente estadual do PSL e vereador de São Luís, Francisco Carvalho foi submetido nesta segunda-feira (11) a um procedimento cirúrgico de urgência em São Luís.

De acordo com a assessoria do parlamentar, a cirurgia para desobstrução de artérias aconteceu dentro da normalidade no hospital São Domingos.

Pelas redes sociais, uma imagem do vereador já no leito foi postada na conta de Carvalho no Facebook comunicando a internação do vereador.

======================================================   COMENTÁRIO






Luciano Leitoa, Flávio Dino e Carlos Siqueira…

O Partido Socialista Brasileiro no Maranhão (PSB/MA) realizou Congresso Estadual no último final de semana e tomou importantes decisões políticas que irão refletir nas eleições do ano que vem. A primeira delas foi a expulsão, por unanimidade, do senador Roberto Rocha. A segunda é a continuidade no projeto de mudanças do governador Flávio Dino e a confirmação de apoio à reeleição dele em 2018.

O Congresso Estadual da legenda, que teve a participação do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, foi marcado pela revolta com as posições tiranas do senador Roberto Rocha, que não segue orientação nenhuma do partido nem a nível nacional, muito menos a nível estadual. A permanência de Rocha na sigla se tornou insustentável após o evento que reelegeu o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, como presidente do PSB do Maranhão.

Carlos Siqueira garantiu que o PSB do Maranhão terá total liberdade para decidir o que fará em 2018. “Nós não gostamos dessa ideia. Não me levem e não peçam para eu resolver os problemas do Maranhão. Porque vocês são muito mais capazes do que eu para coletivamente resolverem e decidirem o caminho que vocês devem trilhar”, ressaltou o presidente nacional do partido.

Se depender dos maranhenses, o PSB continuará a marchar no projeto de mudanças do governador Flávio Dino. “Se nós fizermos uma análise do que está sendo feito, do que está sendo proposto, de forma prática, categórica, olhando o antes e o depois e as condições que se tem hoje, o Maranhão tem avançado bastante. Nós não podemos parar esse avanço que o Maranhão tem. E essa vai ser a nossa linha desse nosso campo”, garantiu Luciano Leitoa o apoio do partido com o governador Flávio Dino.

“Em 2018 o nosso governador chama-se Flávio Dino”, cravou o deputado estadual Bira do Pindaré. Quem também fez coro à continuidade da aliança do PSB com o PCdoB foi o também deputado Rafael Leitoa, que defende o seguimento em um projeto que tantos frutos vem dando ao povo do Maranhão.

Os prefeitos de São Mateus e Santa Luzia do Paruá, Miltinho Aragão e Plácido Holanda, respectivamente, usaram a palavra para destacar o compromisso que o governador Flávio Dino tem com o povo do Maranhão, e que por isso o PSB deve seguir junto com esse projeto.

O secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, reforçou a sinalização de que o PSB tem que continuar na base do governo Flávio Dino, com o projeto de mudar o Maranhão. “É importante que o PSB figure como um dos grandes elementos dessa mudança”, enfatizou.

Após a manifestação dos membros do PSB do Maranhão, a certeza de que a maioria do partido apoiará o governador Flávio Dino e repudia as tentativas individuais e egoístas de Roberto Rocha, cresce a cada dia. Se quiser sair candidato a governador, o senador deve procurar outra sigla…

======================================================   COMENTÁRIO






O Jornal Nacional repercutiu as falcatruas do grupo que ficou conhecido como “quadrilhão do PMDB”, partido dos maranhenses José Sarney e Edison Lobão. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) sete membros do partido do presidente Michel Temer por integrarem organização criminosa que desviou recursos públicos e obteve vantagens indevidas, sobretudo no âmbito da administração pública e do Senado Federal.

Além de José Sarney e Edison Lobão, foram denunciados os senadores Jader Barbalho, Renan Calheiros, Romero Jucá e Valdir Raupp e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, todos acusados de receberem propina de R$ 864 milhões e gerarem prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro. Esta é a 34ª denúncia oferecida pela PGR no âmbito da Operação Lava Jato no STF.

======================================================   1 COMENTÁRIO






O Partido Socialista Brasileiro no Maranhão (PSB/MA) realizou neste final de semana, sábado (09) e domingo (10), o Congresso Estadual da sigla na Assembleia Legislativa, em São Luís. O momento foi marcado por importantes decisões, a aclamação do prefeito de Timon, Luciano Leitoa, para a presidência do Diretório Estadual, e a expulsão do senador Roberto Rocha por descumprir o Estatuto e o Código de Ética e Fidelidade partidária. A sigla decidiu também pelo apoio reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB). Na foto, o presidente da sigla em São Luís, deputado Bira, ladeado do presidente  nacional Carlos Siqueira, e do presidente estadual, Leitoa.

======================================================   COMENTÁRIO






Centenas de pessoas prestigiaram o momento e aproveitaram para se divertir no novo complexo de entretenimento da Grande São Luís.

O viaduto acompanha o cruzamento da Estrada da Raposa com a Estrada da Maioba. A construção, que teve investimentos de R$ 32,6 milhões, faz parte da duplicação da MA-203, avenida de acesso para a orla marítima.

Garantia de mais mobilidade urbana, melhor acesso com estrutura e segurança e mais qualidade de tráfego para a população com o conjunto de obras de infraestrutura inauguradas, neste sábado (9), pelo Governo do Maranhão. Foram entregues os serviços da segunda etapa da urbanização da Praia do Araçagi, em São José de Ribamar; e da orla marítima na Raposa – MA-203 –, com a construção do viaduto Neiva Moreira e ampliação da MA-203.

As obras integram o plano de reestruturação da infraestrutura promovido pelo Governo do Maranhão para melhoria do tráfego, possibilitar mais acesso e também oferecer opções de lazer e interação social às comunidades de São José de Ribamar e demais cidades integradas. O governador Flávio Dino, acompanhado de comitiva de secretários, enfatizou a importância das realizações. “Essa urbanização impacta no turismo, lazer, no esporte, na geração de renda, fruto de uma exitosa ação parceira do Governo com a Prefeitura”, pontuou. Flávio Dino citou ainda o viaduto e o ginásio que foram entregues na ocasião, totalizando 18 obras inauguradas desde o início da semana.

Na Praia do Araçagi foram concluídos 940 metros de calçadão com pista de cooper, área para ciclismo, novos espaços de vivência com a construção de praças ampliando os ambientes de lazer, estacionamento, via de trânsito com sentido duplo, estrutura de contenção da maré e instalação de iluminação. A primeira etapa da obra foi entregue em junho, com a pavimentação da Avenida Atlântica, principal via de acesso à praia. Para estas etapas o Governo investiu R$ 3,7 milhões.

Urbanização – A obra prossegue com a construção das pistas de ciclismo e cooper e mais uma área de convivência. O calçadão também será ampliado totalizando 1.700 metros; mais equipamentos de iluminação serão instalados; e implantadas ações para disciplinamento do trânsito. “Uma obra representativa da forma de trabalhar do Governo Flávio Dino, que promove a interação das pessoas e oferece alternativas de lazer e convivência”, enfatizou o secretário Clayton Noleto. A previsão é que até o fim do ano a orla esteja toda urbanizada.

A primeira etapa da obra foi entregue em junho, com a pavimentação da Avenida Atlântica, principal via de acesso à praia. Para estas etapas o Governo investiu R$ 3,7 milhões.

Infraestrutura – A agenda seguiu com a inauguração das obras na orla marítima, na Raposa, com a entrega do viaduto Neiva Moreira. O viaduto acompanha o cruzamento da Estrada da Raposa com a Estrada da Maioba. A construção, que teve investimentos de R$ 32,6 milhões, faz parte da duplicação da MA-203, avenida de acesso para a orla marítima.

O canteiro central foi estreitado para dar mais espaço à estrada, foi implantado sistema de acessibilidade, sinalização, drenagem, realizada a pavimentação asfáltica e feita revisão de todo a iluminação com reposição de postes. O projeto reestruturou os três quilômetros de duplicação da MA-203, com a implantação do elevado. A estrutura homenageia o jornalista, político maranhense e nome histórico do PDT, Neiva Moreira, falecido em 2012, aos 94 anos.

======================================================   COMENTÁRIO






Peemedebistas Romero Jucá (RR), Renan Calheiros (AL), José Sarney (AP), Valdir Raupp (RO), Edison Lobão (MA) e Jader Barbalho (PA)

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu denúncia ao STF (Supremo Tribunal Federal), nesta sexta-feira (8), contra cinco senadores e dois ex-senadores do PMDB, acusados de integrar organização criminosa e receber R$ 864 milhões em propina.

Os senadores Edison Lobão (MA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Valdir Raupp (RO) e Jader Barbalho (PA), além do ex-presidente da República José Sarney (AP) e do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado (CE) teriam gerado prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro, segundo a PGR (Procuradoria-Geral da República).

Os seis primeiros teriam atuado desde pelo menos 2004 “até os dias atuais”. Machado, por sua vez, teria saído da organização criminosa no ano passado, quando fechou acordo de delação premiada com a PGR depois de gravar conversas com alguns dos correligionários e codenunciados.

A denúncia foi oferecida com base no inquérito em que foram investigados os cinco senadores do PMDB, Sérgio Machado, Silas Rondeau, Milton Lyra e Jorge Luz. Sarney não estava inicialmente no processo.

Considerando “demonstrada a existência de elementos suficientes de materialidade e autoria delitivas”, Janot pediu que os sete denunciados sejam condenados por organização criminosa, com as penas de três e oito anos de prisão, perda de função pública e pagamento de multa de R$ 200 milhões –R$ 100 milhões pelos danos patrimoniais (desvios) e R$ 100 milhões por danos morais causados pelas condutas dos acusados.

O grupo ficou conhecido como “quadrilhão do PMDB” no Senado e teria desviado recursos públicos e obtido vantagens indevidas no âmbito da administração pública. Ainda segundo a PGR, as ações ilícitas ocorreram mediante a arrecadação de recursos da Petrobras por meio de contratos firmados no âmbito da Diretoria de Abastecimento e da Diretoria Internacional, assim como da Transpetro.

De acordo com a PGR, esta é a 34ª denúncia oferecida pela PGR no âmbito da Operação Lava Jato no STF. A relatoria é de Edson Fachin. O julgamento será feito pela Segunda Turma do STF, composta por Fachin, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

A denúncia por organização criminosa foi oferecida na mesma semana em que integrantes do PP e do PT foram denunciados pelo mesmo crime –a do Partido Progressista, na última sexta-feira (1º), e a do Partido dos Trabalhadores na terça (5).

De acordo com a Procuradoria, a organização criminosa denunciada foi inicialmente “constituída e estruturada” em 2002, por ocasião da eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A partir do início do mandato do petista, ele teria negociado o apoio do PMDB e do PP, respectivamente a segunda e quinta maiores bancadas da Câmara dos Deputados.

“Em comum, os integrantes do PT, do PMDB e do PP queriam arrecadar recursos ilícitos para financiar seus projetos próprios. Assim, decidiram se juntar e dividir os cargos públicos mais relevantes, de forma que todos pudessem de alguma maneira ter asseguradas fontes de vantagens indevidas”, diz Janot.

Conforme aponta a denúncia, ao “aparelhar” um grupo de cargos diretivos e oferecer facilidades a agentes privados, as lideranças políticas propiciavam um ambiente de criminalidade acentuada, onde eram praticados crimes como corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa, violação de sigilo funcional, tráfico de influência, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, fraude a licitação, cartelização e evasão fraudulenta de divisas.

O mandato de Janot no comando da PGR termina no próximo dia 17. Em seus últimos dias no cargo, ele se envolveu em polêmica ao anunciar, na segunda (4), abertura de investigação para apurar a omissão de informações no acordo de colaboração premiada firmado por três dos sete delatores da JBS: Joesley Batista, Ricardo Saud e Francisco de Assis e Silva.

======================================================   COMENTÁRIO






Detido em prisão domiciliar desde julho, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, do PMDB, foi preso preventivamente (sem prazo determinado), em regime fechado, na manhã desta sexta-feira (8), em Salvador, três dias após a Polícia Federal (PF) apreender R$ 51 milhões em um imóvel supostamente utilizado pelo peemedebista.

Então governadora Roseana, e Geddel, ex-ministro da Integração Nacional…

A prisão do peemedebista deixa a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB) aflita. É que Geddel mandou muito dinheiro para a filha de Sarney quando ela comandava o Palácio dos Leões, ele por sua vez, era Ministro da Integração Nacional, na época.

Muito próximos no PMDB, Roseana e Geddel sempre cultivaram grande amizade. Quem conhece o baiano sabe que ele não guarda segredos por muito tempo, ainda mais com a perspectiva de permanecer na cadeira por algumas décadas.

O medo agora da cúpula peemedebista é Geddel abrir o bico e entregar os comparsas.

A Polícia Federal também investiga se o “tesouro perdido” encontrado em um apartamento de Salvador-BA pertencia somente a Geddel. Há indícios que a fortuna pertencia a diversos membros do PMDB.

======================================================   2 COMENTÁRIOS






“Nós teremos, muito provavelmente, um embate entre a tentativa de voltar ao passado, e a continuidade do nosso projeto. É meio que um clássico na ciência política que haja essas tentativas saudosistas, de restauração de privilégios perdidos. Todos aqueles que tinham um sistema de poder enraizado solidamente em décadas, e auferiam daí riquezas pessoas, privilégios familiares, de classes, de pequenos grupos empresariais é claro que se mobilizam para tentar voltar a situação anterior. Então acho que nós teremos um plebiscito bastante claro em 2018, entre uma visão desenvolvimentista do Maranhão, de desenvolvimento para todos, uma visão social, visão, republicana, de transparência, de probidade. E um conjunto de forças que vai tentar restabelecer a suposta era de ouro do sarneysismo, que tinha como marca o fato de ser de fato uma era de ouro, para eles, exclusivamente”.

– Do governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB, em entrevista ao portal Brasil 247, nesta quarta-feira (6), ao falar sobre a disputa eleitoral de 2018.

======================================================   COMENTÁRIO






Documentos falsificados e arma foram encontrados com Arioston Oliveira Ferreira, de 30 anos, no bairro do São Cristóvão.

Documentos de identidade falsos e uma pistola foram apreendidos pela polícia (Foto: Divulgação/Seic)

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) conseguiu localizar Arioston Oliveira Ferreira, de 30 anos, na manhã desta quarta-feira (6). Ele é suspeito de falsificar documentos para aplicar golpes em pontos comerciais de São Luís.

Arioston foi encontrado em sua casa no Residencial Canaã, localizado no bairro do São Cristóvão. Durante a abordagem, o suspeito apresentou um documento falso para a polícia. No local foram encontradas várias carteiras de identidade com nomes de terceiros, além de impressoras, um notebook, uma pistola ponto 40 e seis cartuchos.

Arioston Oliveira Ferreira foi encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas (Foto: Divulgação/Seic)

Arioston Oliveira Ferreira foi encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas (Foto: Divulgação/Seic)

Arioston já havia sido preso no ano de 2010 passando-se por policial civil, sendo que na oportunidade foram apreendidos com ele uma pistola ponto 100 calibre 40, algema e cassetete. Em 2008, ele também foi preso pelo crime de roubo.

O estelionatário foi autuado em flagrante por uso de documento falso e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, sendo encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas onde permanecerá à disposição da Justiça.

======================================================   COMENTÁRIO






Secretário Portela; Duarte Jr, do Procon, prefeita Rosinha e demais autoridades estiveram presentes no ato…

O secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, representando o governador Flávio Dino, esteve na última terça-feira (5), no município de Cururupu, onde participou do lançamento de programas do governo estadual, além de contemplar a solenidade em praça pública em prol ao Dia da Raça no município.

Além do secretário Jefferson Portela, a comitiva do governo foi composta pelo superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI) e coordenador executivo do programa Pacto pela Paz, Dicival Gonçalves, e pelo presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Duarte Júnior. No evento, ainda estiveram presentes a prefeita da cidade de Cururupu, Professora Rosinha, vereadores e delegados da Polícia Civil e de outras cidades.

Jefferson Portela participou do ato oficial de inauguração do posto do Viva Cidadão do município, que por intermédio do Instituto de Identificação (IDENT), órgão vinculado a pasta da Segurança Pública, emitiu cerca de mil carteiras de identidades em apenas 7 dias após a instalação do posto. Antes, tal documento só era expedido em cidades circunvizinhas como Viana e Pinheiro.

Em outro momento, o secretário participou de uma mesa redonda com a presença de líderes comunitários de povoados de Cururupu para fazer um alinhamento sobre a instalação de um Conselho Comunitário do Pacto pela Paz, onde foram debatidas formas de compor os 25 conselheiros comunitários do programa da cidade. Na oportunidade, as lideranças discutiram estratégias de combate à violência por meio de projetos de ressocialização.

Jefferson Portela destacou a importância dos trabalhos desenvolvidos pelas igrejas, e ressaltou que sem tais trabalhos e o governo estadual, o nível de criminalidade seria grande. Ao final do encontro ficou acertado que dentro de 15 dias os conselheiros do Pacto pela Paz serão empossados.

======================================================   COMENTÁRIO

Página 5 de 777« Primeira...34567...102030...Última »