O deputado Glalbert Cutrim (PDT), entregou, na manhã desta quinta-feira (22), ao vice-prefeito de Miranda do Norte, Joubert Sérgio (PSDB), e a vereadora Cristiane Chuva (PSC), cópia da emenda parlamentar, na qual destina uma ambulância ao município de Miranda.

A emenda, no valor de R$ 160 mil, será usada pelo Governo do Estado para aquisição do veículo, que deverá ser equipamento com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio, e poderá ser utilizado como unidade básica ou Unidade de Suporte Avançado (USA).

Glalbert reafirmou o compromisso com o município de Miranda do Norte. “Tenho satisfação em destinar emenda para contribuir com o avanço da saúde e tenho certeza que esse equipamento será importante para salvar vidas.” Destacou o deputado.

O deputado também encaminhou indicação ao superintendente do DNIT, solicitando instalação de Barreiras Eletrônicas em caráter de urgência, em todo perímetro urbano do município.

“Além da ambulância que ajudará na prestação de socorro, por exemplo, também precisamos agir na prevenção de acidentes, por isso, fiz indicação ao superintendente para que seja feita sinalização adequada e instalação de Barreiras Eletrônicas no perímetro urbano de Miranda, que é cortada pela BR-135.” Disse Glalbert.

======================================================   COMENTÁRIO






Ex-governadora anda desanimada para enfrentar Flávio Dino em 2018…

O resultado da pesquisa Escutec que, inicialmente, não seria divulgada mas acabou vazando de propósito em blogs ligados à oposição, não cumpriu com sua finalidade maior: animar os seguidores da família Sarney, sobretudo, aqueles que rogam pela volta da “guerreira”.

A ideia inicial era criar um clima favorável à ex-governadora e tentar estimular Roseana Sarney (PMDB) a encarar a disputa contra Flávio Dino (PCdoB) no próximo ano.

A oligarquia só não contava que o Palácio dos Leões faz monitoramento quase que trimestral de opinião público, e portanto, possui números atualizados da realidade eleitoral em todos os cantos do Maranhão.

De forma que não adiantou usar, via imprensa, a velha estratégia de inchar Roseana. 24 horas após a divulgação do levantamento contratado pelo clã, nem mesmo os aliados acreditam na liderança da filha de Sarney sobre o governador Dino, que aliás, mesmo em tempo da maior crise econômica da história do país, vem conseguindo imprimir ritmo de trabalho em favor dos maranhenses.

======================================================   1 COMENTÁRIO






Grampo da Polícia Federal revela que ‘Fernando’ e ‘Ernani’ faturaram com esquema do IDAC. No entanto, a PF ainda não sabe com precisão quem são os dois propineiros.

Trecho da gravação que cita o nome de “Ernani”..

Nas gravações autorizadas pela Justiça das conversas telefônicas entre os integrantes do IDAC, dois nomes citados apenas como Ernani e Fernando, não foram identificados pela Polícia Federal.

Segundo pot do Blog do Garrone, a dupla, de acordo com o que leva a entender os diálogos interceptados pela PF, teriam se beneficiado dos recursos desviados do sistema de saúde do Maranhão.

O caso mais evidente é o de Ernani, que foi mencionado pelo presidente Antônio Aragão em conversa com o diretor do instituto, Mauro Serra, sobre a visita do sujeito ao escritório para buscar, o que seria sua parte no esquema.

Aragão ainda determina, no mesmo telefonema, a seu interlocutor que assim que ele pegasse o “din…”, era para ligar pra ele.

Noutro diálogo, Bruno Balby, que assinava os cheques, pergunta a Valterleno Silva Reis, responsável pelos saques em espécie, se ele já tinha passado o de Fernando.

Aragão, Serra, Balby, Valterleno e Paulo Mendes foram presos durante a operação Rêmora e não se sabe se revelaram em seus depoimentos quem são e quanto levaram Ernani e Fernando.

Será mera semelhança?

Na representação enviada à Justiça, o delegado federal, Wedson Cajé Lopes, responsável pelas investigações, ressaltou que o enredo criminoso foi apenas parcialmente desvendado; e que somente uma parcela das pessoas que se beneficiaram foram identificadas.

O que significa que a PF ainda vai bater na porta de muita gente!

“Fernando” também é citado como recebedor de propina…

======================================================   COMENTÁRIO






O Blog do Domingos Costa possui tanta bronca da gestão Núbia/Dutra, em Paço do Lumiar, que decidiu publicar várias por vez, dessa forma, as novas denúncias ganham mais espaço nos próximos dias. Abaixo uma seleção de quatro casos que provam o quanto a prefeitura luminense tem se preocupado com o manuseio do dinheiro público:

– Empresa de Iluminação Pública realiza serviços sem contrato

Funcionário da Prefeitura mostra serviço de iluminação pública sendo realizado em Paço.

Por meio das redes sociais, funcionários da Prefeitura de Paço do Lumiar anunciam quase que diariamente a realização de serviços de iluminação, segundo eles, os trabalhos são executados com muita excelência pela gestão Núbia/Dutra.

Até aí nada de mais…

O problema, e grave, é que ainda não existe contrato publicado com nenhuma empresa nesse ramo, no entanto, uma rápida pesquisa nas placas dos veículos usados para realização dos serviços revela que os caminhões – bem como os equipamentos do setor de iluminação – pertencem a uma empresa que já atua no setor.

Então como explicar uma empresa prestar serviços sem possuir contrato com a gestão municipal? De onde sairá o dinheiro para pagar essa empresa, visto que não existem laços contratuais?

Na prática, soa como se a empresa que fosse ganhar a licitação de iluminação pública tivesse começado o trabalho de forma antecipada. Hipótese esta que vem reforçar o indício de “fabricação” de processos licitatórios.

– Tapa-buracos tem contrato revogado, mas e os serviços realizados?

Funcionário da prefeitura exibe trabalho de tapa-buracos…

Situação idêntica da iluminação publica também pode ser vista no caso do tapa-buracos.

Dias atrás o blog publicou que pelo menos quatro licitações foram canceladas após denúncia de direcionamento, entre estas, inclui-se da contratação de empresa especializada em serviços de pavimentação asfáltica e restauração tapa-buracos (LEMBRE).

Os serviços até que começaram em algumas avenidas do Maiobão, isso é fato (confira na imagem acima), entretanto, até hoje não se sabe que empresa realizou o inicio dos trabalhos. Com a revogação da licitação, o tapa-buraco foi paralisado, para revolta da população.

Diante dos fatos, fica a pergunta: Se a licitação foi revogada por erro no projeto básico”, como sustenta o novo presidente da CPL – Francisco Bruno Ferreira Santos, então qual empresa executou os serviços já executados de tapa-buracos em algumas avenidas do Maiobão?

Seria também a suposta “firma” que teria se antecipado, sabendo que venceria a concorrência?

– Funcionários fardados levantam muro da casa de Dutra

Casa do prefeito na Avenida 09 sendo reformada por mão de obra pública…

Uma trabalhadora da Avenida 09 no Maiobão publicou dias atrás em sua página no Facebook o que classificou de absurdo.

Pelo relato da moradora Karla Rafisa Neves, funcionários fardados de uma empresa prestadora de serviço da prefeitura, foram flagrados enquanto realizam trabalho particular na residência do prefeito Dutra, onde funcionava um depósito de água.

Karla teve o cuidado de fotografar a cena, pela imagem, um pedreiro em cima de andaimes realiza serviços de aumento do muro, enquanto os demais usam um carrinho de mão e ‘batem’ a massa [cimento].

Embora o caso tenha ganhado repercussão nas redes sociais e gerado indignação na sociedade luminense, até agora ninguém da prefeitura se pronunciou para rebater as acusações.

Nesse caso, contra a imagem não há argumentos…

– Aditivo de mais R$ 4 milhões para Bem Brasil que já tinha R$ 11 milhões

Você, leitor, acha alto os valores dos quatro contratos entre a prefeitura de Paço do Lumiar e o Instituto Interamericano de Desenvolvimento Humano – Bem Brasil, selados no inicio deste ano, com o objetivo de terceirizar mão de obra?

Até então, a soma vultuosa era de quase R$ 11 milhões!

Pois é, o prefeito Dutra acha pouco e decidiu acrescentar um aditivo de mais R$ 4 milhões, dessa forma, estreitando ainda mais suas relações com o Bem Brasil.

Isto é, com o aditivo, agora os contratos alcançam cerca de R$ 15 milhões. E pasmem, essa fortuna será gasta em apenas 90 dias, isso mesmo, três meses é a vigência dos contratos.

E não custa lembrar, que o Bem Brasil responde a uma ação na cidade de Camboriú-SC, a denúncia pede que o Instituto não tenha negócios com o poder público. Esse foi um dos motivos do advogado Carlos Henrique de Oliveira Queiroz ingressar com uma ação junto ao Ministério Público de Paço do Lumiar.

======================================================   1 COMENTÁRIO






Para Riba do Bom Viver, vereador da cidade de Pinheiro, Tambor de Crioula não é cultural.


Sexto colocado com 1.114 votos na eleição de 2016, o vereador da maior cidade da baixada maranhense, José Ribamar Brito, o Riba do Bem Viver, do PDT, subiu a Tribuna do parlamento de Pinheiro para revelar o quanto entende de cultural do Maranhão e disparou uma verdadeira pérola.

Riba teve a audácia de dizer que Tambor de Crioula não é cultura. É mole?! Alegar que não apoia a manifestação popular é uma opção individualizada, obviamente, agora tentar desqualificar uma das maiores manifestações culturais dos maranhenses beira a insanidade mental.

“(…) Não sei da onde tiraram tanta Cultura aqui em Pinheiro. Até Tambor de Crioula é cultura. Eu não apoio Tambor de Crioula”, ironizou o parlamentar.

Riba (PDT) sem qualquer noção de Cultura maranhense…

Para refrescar a memória do vereador imbecil, ressalto que o Tambor de Crioula é reconhecido desde 2007 como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). E tem em 18 de Junho como Dia Nacional em exaltação da Manifestação,  data marcada por festas em diversas cidades espalhadas por todo o Maranhão.

E detalhe, a manifestação tem sua origem enraizada no século passado, nos descendentes de escravos africanos do Maranhão, em louvor a São Benedito, um dos santos mais populares entre os negros.

======================================================   COMENTÁRIO






O blog teve acesso ao vídeo da audiência de apresentação do  presidente do Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania – IDAC, Antônio Augusto Silva Aragão. À juíza federal Claudia Schlicrta Giusti o presidente afastado do PSDC descreveu questões relacionadas à sua prisão, e pasmem, se disse vítima, reclamou da Polícia Federal, dos agentes, do delegado e até da comida, muriçocas e da falta de um ventilador na cela onde foi preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

======================================================   1 COMENTÁRIO






A pesquisa tem 1.404 questionários e foi realizada entre os dias 14 e 17 deste mês. O levantamento possui 95% de confiabilidade e margem de erro é de 3,2%.

Números na estimulada…

Os  números da pesquisa do Instituto Exata divulgada nesta quarta-feira (21) revelam liderança folgada do governador Flávio Dino sobre os demais adversários.

Encomendado pelo Jornal Pequeno o levantamento aponta reeleição garantida de Dino sobre a sua principal adversária, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), caso as eleições fossem hoje.

No cenário em que aparecem apenas Flávio e Roseana, o governador marcou 51 pontos percentuais contra 28 da peemedebista. Outros 16% disseram votar nulo, branco ou nenhum e 5% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, a diferença chegaria a 30 pontos.

O número é bem próximo a outro dado divulgado ontem, em que 58% dos entrevistados na mesma pesquisa disseram aprovar o atual governo. Ou seja, Dino tem um eleitorado consolidado que pode garantir sua reeleição.

– Espontânea

O Instituto Exata diz ainda que o governador Flávio Dino lidera a pesquisa no quesito espontânea, com 36% das intenções de voto; Roseana Sarney tem 12% e Roberto Rocha 1%. Maura Jorge e Edivaldo Holanda Júnior também foram lembrados mas não pontuaram.

Resultado na espontânea…

A pesquisa Exata foi realizada entre os dias 14 e 17 de julho deste ano. Foram ouvidos 1404 eleitores e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com grau de confiabilidade é de 95%.

======================================================   4 COMENTÁRIOS






O investimento de R$ 2.226.682,88 para cada Município é destinado para melhora de serviços dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), fortalecendo a gestão integrada em saúde mental. 

Governador Flávio Dino, deputados e secretários de Estados receberam a prefeita Talita e o diretor do CAPS em Raposa, Rafael Lutifi.

A prefeita de Raposa, Talita Laci (PCdoB) fez se acompanhada do diretor do CAPS no município, Rafael Lutifi, para assinar o termo de compromisso que garante recursos para a otimização dos serviços prestados pelos Centros de Atenção Psicossocial.

A iniciativa do Governo do Maranhão visa corrigir mais um grave erro ocorrido na gestão da saúde no passado com dez municípios:  Raposa, Alcântara, Alto Alegre, Icatu, Matinha, Mirador, Palmeirândia, Santo Antônio dos Lopes, São Domingos do Maranhão e São João Batista. Há cinco anos esses municípios não recebem esse repasse, que estão sendo retomados a partir deste termo de compromisso.

Em solenidade no Palácio dos Leões, nesta terça-feira (20), o governador Flávio Dino garantiu o aporte de R$ 2,2 milhões anual para as cidades, corrigindo a distorção ocorrida em 2012 e reforçando a ação estadual de fortalecimento da gestão integrada em saúde mental. A retomada do repasse foi aprovada pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB) em maio de 2017.  O valor global do investimento, somando os dez municípios, será de R$ 2.226.682,88, repassados pelo Ministério da Saúde.

O governador Flávio Dino explicou que “nós estamos implementando saídas necessariamente progressivas e que vão produzindo a correção de rumos em relação aos equívocos cometidos antes. Algumas coisas podem ser reparadas, outras nós vamos levar décadas para corrigir”. Ele enfatizou que não há  respostas demagógicas para a temática das drogas. “Questão é social em primeiro lugar, não se resolve apenas com polícia. Por isso que é importante que nós tenhamos essa rede. Juntos nós continuamos a disposição dos municípios”, completou.

A partir do reforço garantido pelo Governo do Estado, o cuidado das pessoas com transtorno mental poderá ser aperfeiçoado e melhor executado. A medida permite a oferta de ações de atenção integral em saúde mental, álcool e outras drogas, a garantia da continuidade da assistência em saúde mental no território do usuário e do fornecimento da medicação necessária aos usuários do serviço.

Prefeita Talita assina documento que garante dinheiro para o Caps do município.

Lula explicou também que esse aporte garantido pelo governador Flávio Dino corrige um erro cometido em 2012, quando foi pensado para o Maranhão um sistema hipertrofiado, sem planejamento, de costas para o que determina o Ministério da Saúde e que, portanto, teve que tirar os recursos dos municípios.

“Os municípios sofrem, portanto, desde 2012, quando a gestão anterior avocou para si todos esses recursos para montar sua rede. Hoje o que a gente faz é corrigir essa distorção. A gente devolve aos 10 municípios que estão aqui R$2,2 milhões que vinham anualmente para o estado do Maranhão e que era, na verdade, o dinheiro para que esses municípios pudessem montar seus Caps”, esclareceu.

Abaixo assista o ato de assinatura:

======================================================   COMENTÁRIO






Sem dinheiro público o evento de mais de 90 anos que reúne cerca 300 mil pessoas e 50 batalhões de bumba-meu-boi não é realizado?

Presidente do Instituto São Marçal, Raimundo Moraes, quer saber mesmo é do dinheiro para ele gestar…

Beira a chantagem por parte do Presidente do Instituto São Marçal, Raimundo Moraes, a ameaça do cancelamento do tradicional festejo que acontece há 90 anos no bairro do João Paulo, em São Luís.

A polêmica se deu após o Instituto que se acha dona do Encontro de Bois de Matracas em homenagem a São Marçal fabricar um orçamento “faraônico” repleto de excessos e enviar à prefeitura de São Luís no intuito do poder publico bancar o absurdo. Com a negativa, “seu Raimundo” botou o pé na parede e mandou avisar que não terá a Festa de São Marçal este ano.

E quem disse que seu Raimundo Moraes possui esse poder?! É bom que ele, e quem quer que seja, saibam que a festa do final de junho pertence aos Bois, e não a entidade A ou B.

E as empresas privadas, por que não foram procuradas para também contribuir com essa importante manifestação cultural? Que aliás, dada a sua relevância, foi declarada Patrimônio Cultural e Imaterial, através da Lei municipal 4626/06.

Voltando ao mérito do orçamento ‘montando’ pelo Instituto, na planilha absurda, consta nada menos que  R$18 mil de troféus; R$ 7 mil de água mineral e R$ 15 mil para caldo de feijão, isso sem contar tantas outras despesas que poderiam ser economizadas.

À diversos veículos de comunicação, Raimundo Moraes tem afirmado que cortar esses gastos é tirar o brilho do evento. Será mesmo que eliminar troféus e permitir que os ambulantes vendam águas e caldo de feijão é sacrifício para organização? Óbvio que não!

Festa de São Marçal possui patrocínio do governo do Maranhão.

Festa de São Marçal possui patrocínio do governo do Maranhão.

Ainda sobre a alegação de falta de patrocínio, o governo do Maranhão por meio de nota, deixou claro que mantém apoio à Festa de São Marçal 2017 com recursos e infraestrutura. Segundo a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), os recursos já foram repassados e toda a infraestrutura de organização do evento, como palco, iluminação e som, será realizada pelo governo.

Ora, se o “grosso” do evento está garantido pelo Governo do Maranhão, os “pormenores” são meros detalhes de relevância não impeditiva para a relação da festa. Portanto, a impressão que o presidente do Instituto passa é de obsessão pelo dinheiro público pleiteado por ele à Prefeitura de São Luís.

E antes de concluir é bom que se diga: O dinheiro destinado ao Instituto em anos anteriores para realização do São Marçal nunca teve apresentação das suas devidas prestações de contas.

======================================================   3 COMENTÁRIOS






Acusada de desvios de recursos, a ex-prefeita atuou para obstrução aos trabalho da Justiça ao tempo que não informou endereço atual, concluiu a Polícia Federal.

A ex-prefeita foi presa no aeroporto de São Luís no sábado (17) e colocada em liberdade nesta quarta-feira (21), passou portanto, apenas três dias – 72 horas.

A Juíza Federal Substituta da 1ª Vara Criminal, Cláudia Schlichta Giusti, acolheu um pedido de revogação de prisão preventiva e expediu, ontem, terça-feira (20) o alvará de soltura da ex-prefeita de Paço do Lumiar, Glorismar Rosa Venâncio, a Bia Venâncio (PV).

Bia foi presa no último sábado (17) pela Polícia Federal no aeroporto Hugo da Cunha Machado em São Luís. A ex-gestora é acusada de mudar de endereço sem comunicar as autoridades, o que atrapalha o tramite do processo que a acusa de desvio de dinheiro público do período em que ela foi prefeita.

Já em liberdade, Bia contou na manhã desta quarta-feira (21) em um grupo de WhatsApp denominado “Voz Luminense” – que o editor do Blog do Domingos Costa faz parte – como se deu sua prisão que durou apenas três dias – 72 horas.

– Confira abaixo os destaques do que disse a ex-prefeita:

Alvará de Soltura foi assinado pela Juíza Federal Substituta da 1ª Vara Criminal, Cláudia Schlichta Giusti.

“Em setembro de 2012 eu fui presa, não foi verdade, eu fui monitorada com a tornozeleira para não atrapalha o andamento das investigações do meu processo de afastamento que durou cerca de 45 dias, que fiquei em casa por doença, depressão e sofrimento. Poderia sair mas não me aproximar dos Secretários e Secretárias para não atrapalhar às investigações. No início de novembro deixei de ser monitorada. AGORA, eu fui APREENDIDA por 36 dias. Fui conduzida no momento da minha chegada de viagem ainda no Aeroporto. Fui conduzida a Delegacia de Polícia Federal na Cohama. Os dois Agentes não souberam me informar porque eu estava sendo conduzida, pois o documento que eu assinei não tinha essa informação, documento esse que eu não deveria ter assinado sem a presença do meu advogado, mas eu só vim saber quando meu advogado chegou a Delegacia (sic)”, conta Bia Venância.

– A ex-prefeita  alega que passou os piores momentos da sua vida:

“Quando o Delegado de plantão chegou para tomar ciência da minha apreensão, também não soube me informar o motivo, pois estava cumprindo plantão de final de semana. Fiquei até as 7hs da manhã lá depois fui para o IML fazer o exame em seguida para a Av. dos Holandeses que também não tinham a informação que precisávamos. Aí me levaram para a central de Custódia em Pedrinhas eu fiquei Graças a Deus em uma sala perto da Diretoria até Domingo [dia 18] a tarde sem saber o motivo da minha condução. Estavam lá mais 4 mulheres acusadas de crimes variados esperando audiência de custódia. Passei os piores momentos de minha vida, para depois saber que eu está sendo acusada de obstrução aos trabalho da Justiça por paradeiro ignorado, e o pior, os endereços onde eles disseram que me procuraram, um foi o Ed Elis Regina, um local que eu deixei de morar desde novembro de 2012 e outro end. onde nunca morei denominado de Rua do Arame. O que nos deixou sem compreender, foi quando eles quiseram me encontrar me procuraram no local correto, que é a casa do meu filho e mesmo eu já tendo comparecido em audiência nessa Delegacia e ter como confirmado o meu endereço (sic).” Desabafou.

– Por fim, a ex-prefeita de Paço do Lumiar conclui lamentando o constrangimento:

“Graças a Deus a Juíza [ Cláudia Schlichta Giusti, Juíza Federal Substituta da 1ª Vara Criminal] entendeu e aceitou a defesa do nosso Advogado, mas o constrangimento, o sofrimento meu, dos meus filhos e da minha família e amigos ficou (sic)”, finalizou Venâncio.

======================================================   COMENTÁRIO

Página 20 de 750« Primeira...10...1819202122...304050...Última »