Deste ontem, quinta-feira (17), aliados do deputado estadual Roberto Costa (PMDB) alardeiam uma infundada possibilidade do parlamentar assumir o comando da prefeitura de Bacabal, vez que foi o segundo colocado como candidato a prefeito na eleição de 2012.

A euforia dos aliados de Costa se deve ao fato do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) ter mantido, na tarde de ontem, o entendimento acerca do indeferimento da candidatura de Zé Vieira (PP) à prefeitura de Bacabal.

Acontece que a decisão do TRE-MA não assegura Roberto Costa como prefeito. Na verdade, o gestor bacabalense continua sendo Vieira, tudo por força de uma liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

E para deixar o sonho de Roberto ainda mais distante é bom que fique claro: No caso de Bacabal, o pleno do TSE entende que o presidente da Câmara dos Vereadores do município deverá assumir até a realização de uma nova eleição.

Isto é, de uma forma ou outra, o deputado peemedebista não assumirá os cofres públicos de Bacabal.


Página 1 de 11