Candidata do PSB à Presidência da República venceria Dilma Rousseff (PT) com vantagem de 10 pontos porcentuais no segundo turno

Não foi uma sexta-feira 13, mas os números não foram nada bons para o PT e para a presidente-candidata Dilma Rousseff.

Pela manhã, a divulgação do encolhimento da economia, colocando o país em recessão técnica, foi um golpe duro para a campanha petista administrar.

Na Bahia, a saída de Dilma foi recorrer a uma nova versão da “marolinha” lulista e dizer que o desempenho pífio da economia é momentâneo. Mas, à noite, o cenário piorou com a divulgação da pesquisa de intenção de votos do instituto Datafolha pela TV Globo.

Pela primeira vez numa corrida presidencial desde que chegou ao poder, o PT não é mais apontado como favorito. Segundo o instituto, nos últimos onze dias, a candidata do PSB, Marina Silva, ganhou 13 pontos porcentuais e empatou com Dilma na liderança da disputa, ambas com 34% das intenções de votos.

Pior: Marina venceria Dilma em um eventual segundo turno por dez pontos de diferença – 50% a 40%. Na sondagem anterior, a diferença entre elas era de quatro pontos.

O candidato do PSDB, Aécio Neves, caiu cinco pontos e agora marca 15%. Pastor Everaldo, do PSC, tem 2% das intenções de voto, um ponto a menos do que na rodada anterior.

Outros 7% dos entrevistados afirmaram que pretendem votar em branco ou nulo e 7% não souberam responder. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

O instituto ouviu 2.874 eleitores em 178 municípíos brasileiros nesta quinta e sexta-feira. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

======================================================   COMENTÁRIO






edson-araujo2

Edson Araújo agora vota com Flávio Dino

Edson Araújo (PSL) deputado estadual que até então fazia parte da base aliada do Governo na Assembleia Legislativa, vai anunciar na tarde de amanhã, domingo 31/08, no Hotel Rio Poty, apoio ao candidato da coligação Todos pelo Maranhão, Flávio Dino(PCdoB).

Araújo que tem foco de atuação parlamentar dedicada aos pescadores maranhenses, aproveitará o gancho do ato de lançamento da candidatura do presidente estadual do PDT, Julião Amim, como candidato a deputado federal e fará o pronunciamento ao lado de Flávio Dino e Roberto Rocha.

Atendendo clamor das bases da categoria de pescadores, Edson Araújo, presidente licenciado da Federação das Colônias de Pescadores do Maranhão, decidiu se afastar da campanha do candidato do PMDB, Edinho Lobão, e unir forças com os candidatos da oposição. Ele fará dobradinha com Julião Amim, candidato a deputado federal.

No ato de amanhã, pescadores ligados às mais diversas colônias vão declarar apoio a Dino, Julião e Edson Araújo.

======================================================   COMENTÁRIO






treinamento_materiaCerca de 300 advogados de todo o Maranhão participaram de um curso neste sábado (30) para atuar na fiscalização das eleições de 5 de outubro. Todos eles se engajaram de forma voluntária para garantir a transparência da votação e da apuração.

O curso faz parte da Campanha Fiscalize Seu Voto, lançada pela Coligação Todos Pelo Maranhão para evitar fraudes. As inscrições estão abertas a eleitores e advogados que desejam ser fiscais. Uma página na internet está cadastrando os voluntários.

Nas últimas eleições para governador, em 2010, houve fortes indícios de fraude. Clique aqui para conhecer as três grandes potenciais formas de fraude.

No curso deste sábado, o engenheiro Amílcar Brunazo Filho, especialista em urna eletrônica, deu detalhes sobre o processo de votação. “A fiscalização eleitoral é direito, não favor da Justiça Eleitoral”, afirmou.

Também será feito uma videoaula explicando os procedimentos para a fiscalização. A ideia é reunir milhares de fiscais em todos os cantos do Maranhão.

======================================================   COMENTÁRIO






20140829_104921

Talita Laci reunida com equipe na Prefeitura

A Prefeita do Município de Raposa, Talita Laci, assumiu a Prefeitura do Município por volta das 10h30 desta sexta-feia 29/08, acompanhada de amigos, familiares e correligionários, a filha de José Laci encontrou a Prefeitura literalmente sucateada.

Com as portas fechadas Talita teve que contratar um chaveiro para entrar na sede do poder executivo municipal. Depois das salas e gabinete aberto, pôde-se comprovar o sumiço de diversos computadores, pratilheiras com dezenas de documentos vazias e as gavetas da CPL – Comissão Permanente sem nada.

Segundo testemunha, ainda pela madrugada funcionários da ex-gestão carregaram tudo. A atual gestão deve registrar boletim de Ocorrência e o caso ganhar desdobramentos na justiça.

Em conversa com o Blog, Talita assegurou que não tem a intenção de realizar inicialmente qualquer demissão de servidor. “Os serviços contínuos como atendimento médico e na educação continuaram funcionando normalmente. Nossa equipe de Auditores e Advogados que fazem parte Equipe de Transição estão fazendo levantamento devidos” Disse a nova Prefeita de Raposa

Medidas emergências 

A prefeita visitou a sede da Unidade Mista de Saúde e comprovou o descaso da atual gestão, as duas ambulâncias encontravam-se paradas por falta de combustível, a gestora logo providenciou o abastecimento dos veículos.

Talita mostrou sensibilidade quando logo no inicio da manhã, ocasião que pediu mudança de senha da conta da Prefeitura, também autorizou o pagamentos de todos os servidores públicos municipais, tantos os comissionados quantos os efetivos. “Se os servidores trabalharam é justo que recebam” Justificou.

20140829_102803

Portas fechadas, pratilheiras vazias e sem computadores, foi assim que Talita encontrou a Prefeitura

======================================================   COMENTÁRIO






Legenda (Foto 1) - Glalbert fala do carinho que tem por Turilândia

Legenda (Foto 1) – Glalbert fala do carinho que tem por Turilândia

O candidato a deputado estadual Glalbert Cutrim (PRB) cumpriu agenda política nesta quinta-feira, dia 28, em Turilândia e Pedro do Rosário. Nos dois municípios, o republicano esteve acompanhado do candidato a governador da coligação “Pra Frente Maranhão”, Lobão Filho.

Em Turilândia, o prefeito Alberto Magno (PT do B), falou da relação política de Glalbert com a cidade. “Glalbert Cutrim tem mostrado todo o compromisso com os municípios. E aqui em Turilandia tem sido um braço forte em favor do nosso povo”.

Para o republicano, Turilândia é sua segunda casa. “Tenho fortes ligações com Turilandia; por esse motivo aqui é a minha segunda casa. Tenham certeza de que pela primeira vez Turilândia terá um deputado estadual”, garantiu.

Após o comício realizado, onde o candidato a governador reforçou a ligação de Glalbert Cutrim com Turilândia, os candidatos participaram de uma carreata pelas ruas da cidade.

Já em Pedro do Rosário, o encontro político ocorreu em uma fazenda da líder política do município e da região, a ex-prefeita Maria do Rosário.

“Vamos unir nossas forças para elegermos um deputado amigo de Pedro do Rosário. Só com um deputado eleito podemos mudar a realidade de nossa cidade”, declarou Maria do Rosário, durante a reunião.

Lobão Filho disse que Glalbert carrega em seu DNA o compromisso com os municípios. “Com esse comprometimento herdado do pai, tenho certeza que ele será o deputado mais atuante da Assembleia Legislativa”, afirmou Lobão Filho.

No encontro, Glalbert falou do carinho que tem por Pedro do Rosário. “Aqui estão pessoas especiais as quais carrego grande carinho. E a minha retribuição a esse carinho será a responsabilidade de trabalhar incansavelmente por este povo o qual eu considero os meus irmãos”, ressaltou Glalbert, que ainda inaugurou um comitê político na cidade.

======================================================   COMENTÁRIO






diplomação e posse (58) - CópiaA nova Prefeita e vice do Município de Raposa, Thalyta Medeiros de Oliveira e Raimundo Assunção Neto, respectivamente, que já tinham sido efetivados nos cargos formalizado anteriormente perante o Juízo Eleitoral, foram notificados da Decisão Monocrática (AC Nº 132452), da Desembargadora Alice de Sousa Rocha,  acerca do agravo Regimental em Ação Cautelar nº 1324-52.2014.

A filha do ex-prefeito de Raposa, José Laci, segue nesse momento para a sede da Prefeitura para tomar pé da situação administrativa do Município.

Ainda hoje Talita Laci reúne com equipe para realizar algumas medidas para seu governo. Em conversa com a Prefeita, ela explicou que este é um momento muito esperado pelo moradores de Raposa que tanto almejavam  por verdadeiras mudanças.

Em tempo, o Banco do Brasil já foi notificado da decisão do TRE-MA.

======================================================   COMENTÁRIO






penitenciaria-02-presos-mortosO detento Marcos Paulo Santos Sales, de 29 anos, foi assassinado na manhã de ontem sexta-feira 29/08, no Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A informação foi destaque do Mirante Notícia.

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap-MA) informou que o preso foi morto por colegas de cela após uma discussão por dívida de tráfico de drogas.

A secretaria informou que equipes do Instituto Médico Legal (IML) e Instituto de Criminalística (Icrim) estiveram no local para realizar perícia e remoção do corpo.

 Leia a íntegra da nota da secretaria abaixo:

A Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) informa que a Polícia Civil abriu inquérito para investigar a morte do detento Marcos Paulo Santos Sales, de 29 anos, ocorrida na noite da quarta-feira (27), no Centro de Triagem, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Marcos Paulo Santos foi morto pelos presos da mesma cela, após discussão por causa de dívida de tráfico de drogas.

Equipes do IML e do Icrim estiveram na unidade a fim de realizarem todos os trabalhos periciais e de remoção do corpo.

======================================================   COMENTÁRIO






Ninguém acredita nas desculpas esfarrapadas da empresa Escutec que alegou problemas técnicos de apuração para não divulgar o resultado decepcionante para o candidato da oligarquia sarney, Edinho Lobão(PMDB).

Já a pesquisa Exata/TV Guará confirmou para a próxima terça-feira 02/09, a divulgação do resultado da pesquisa que foi solicitada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema).

O Instituto DataM também registrou pesquisa e deve divulgar neste final de semana. Embora esteja registrada para divulgação no sábado (31), o Jornal Atos e Fatos só deverá divulgar na edição de domingo (31).

O Ibope também deverá divulgar pesquisa dia 6. A solicitação de registo deve acontecer até dia 02 no TRE-MA, a pesquisa foi encomendada pela TV Mirante.

======================================================   COMENTÁRIO






diplomação e posse (57) - CópiaQuinze dias após ser diplomada e empossada como Prefeitura Municipal de Raposa, a jovem Talita Laci(PCdoB), volta ao comando do Município.

No dia quinta-feira 14/08, o prefeito de Raposa, Clodomir de Oliveira dos Santos (PRTB) e o vice-prefeito, Messias Lisboa Aguiar (PP), tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral acusados de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico na eleição de 2012.

No dia seguinte, 15/08, a Decisão do Juiz da 93º Zona Eleitoral, Osmar Gomes dos Santos, teve os efeitos suspensos pelo o platonista Eduardo José Leal Moreira através de liminar, retornando Clodomir e Messias ao cargo.

E na noite de ontem quinta-feira, 28/08, a Desembargadora Alice de Sousa Rocha acatou Agravo Regimental interposto pela Coligação “A ESPERANÇA VOLTOU” contra decisão monocrática da lavra do Des. Eduardo José Leal Moreira, que, em sede de plantão, deferiu medida liminar pleiteada pelos agravados CLODOMIR DE OLIVEIRA DOS SANTOS e MESSIAS LISBOA AGUIAR (eleitos Prefeito e Vice-Prefeito do Município de Raposa), para atribuir efeito suspensivo ao recurso eleitoral interposto contra sentença que julgou procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Processo n.º 697-31.2012).

Desta forma, Talita Laci deve assumir imediatamente o cargo de Prefeita de Raposa, tendo como vice o irmão Raimundo Assunção.

Abaixo o vídeo de compra de votos durante a eleição e a íntegra da Decisão que afasta novamente o Prefeito e vice do cargo:

Decisão Monocrática em 28/08/2014 – AC Nº 132452

DESEMBARGADORA ALICE DE SOUSA ROCHA AGRAVO REGIMENTAL EM AÇÃO CAUTELAR Nº 1324-52.2014.

PROCEDÊNCIA: SÃO LUÍS. 

AGRAVANTE: COLIGAÇÃO “A ESPERANÇA VOLTOU” .

AGRAVADOS: CLODOMIR DE OLIVEIRA DOS SANTOS E MESSIAS LISBOA AGUIAR (PREFEITO E VICE-PREFEITO DE RAPOSA).

RELATORA: DESA. ALICE DE SOUSA ROCHA.

Trata-se de Agravo Regimental interposto pela COLIGAÇÃO “A ESPERANÇA VOLTOU” contra decisão monocrática da lavra do Des. Eduardo José Leal Moreira, que, em sede de plantão, deferiu medida liminar pleiteada pelos agravados CLODOMIR DE OLIVEIRA DOS SANTOS e MESSIAS LISBOA AGUIAR (eleitos Prefeito e Vice-Prefeito do Município de Raposa), para atribuir efeito suspensivo ao recurso eleitoral interposto contra sentença que julgou procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Processo n.º 697-31.2012), para cassar os diplomas de agravados, declarando-os ainda inelegíveis pelo prazo de oito anos, em face da prática de captação ilícita de sufrágio.

Aduz a Coligação Agravante que a atribuição de efeitos suspensivos a recurso eleitoral interposto deve ser reservada a situações excepcionais, conforme preceitua o art. 257 do Código Eleitoral, devendo ser imediata a aplicação da decisão que cassa o diploma por captação ilícita de sufrágio, segundo entendimento do Tribunal Superior Eleitoral. 

Argumenta que os Agravados demonstraram de forma precária os requisitos para autorizar o deferimento da medida liminar, uma vez que não foi apontada falha na produção de provas, cerceamento de defesa ou motivo contundente para a sentença vir a ser reformada. 

Prossegue acrescentando que os Requerentes fizeram uso de argumentação genérica, sem, contudo, discorrer sobre a excepcionalidade, razão pela qual não deveria ser deferida a liminar, sob pena de se tornar regra “dar efeito suspensivo a recurso” , em afronta ao art. 257, §único, do Código Eleitoral. 

Afirma que o Juiz Eleitoral e a Câmara de Vereadores da Raposa já haviam diplomado e empossado a candidata segunda colocada no pleito e o seu respectivo vice. 

Assim, requer seja dado provimento ao presente Agravo Regimental, para o fim de reformar a decisão agravada, mantendo-se os efeitos imediatos da sentença proferida pelo juiz de base que cassou os diplomas de agravados. 

É o breve relatório. DECIDO.

No caso em apreço, verifico que a presente Ação Cautelar foi intentada no dia 15/08/2014, às 10:52h, fora, portanto, do expediente deste Regional, tendo os autos sido encaminhados ao Juiz Plantonista, Des. Eduardo José Leal Moreira, o qual analisando o pedido liminar entendeu por bem deferi-lo, nos termos da decisão de fls. 286-290.

Sobre o tema, importa frisar que este Regional, em diversas oportunidades, tem deferido medidas liminares que visam imprimir efeito suspensivo a recursos eleitorais interpostos contra as decisões de primeiro grau fundadas nos artigos 30-A, 41-A e 73 da Lei nº 9.504/97, em razão dos efeitos imediatos das decisões que cassam os diplomas dos candidatos/mandatários envolvidos em tais ilícitos eleitorais.

Todavia, a atribuição de efeito suspensivo deve ser reservada a situações que se justifiquem pela sua excepcionalidade, já que a regra constante do art. 257 do Código Eleitoral consagra que os recursos eleitorais não terão efeito suspensivo. 

Em outras palavras, a concessão de efeito suspensivo a recurso eleitoral somente se dá na hipótese em que estiver presente a excepcionalidade e mediante comprovação prévia do fumus boni iuris e do periculum in mora.

Ademais, segundo posicionamento do TSE, a concessão de efeito suspensivo a recurso que, por lei é desprovido de tal efeito, passa essencialmente pela análise das razões expostas no recurso, a partir das quais deve ser verificada a plausibilidade e a real probabilidade de êxito do apelo. 

Como se vê, não há um direito absoluto à obtenção de efeito suspensivo, essa atribuição deve ser avaliada casuisticamente, apurando-se se o recurso tem (ou não) força de convencimento tal que indique uma boa perspectiva de êxito.

Na espécie, após uma análise superficial da petição inicial desta ação e dos documentos que a acompanham, verifico que não restou suficientemente demonstrado a presença dos elementos indispensável para a concessão da medida liminar.

No caso, os Requerentes (ora agravados) limitaram-se a sustentar que ¿o MM julgador de primeiro grau deixou de observar corretamente o conjunto probatório contido nos autos ao julgar a causa, [¿] incidindo em injustiça que certamente será reparada por esta Corte, mostrando-se desde logo viável – considerável grau de probabilidade de êxito – o recurso interposto¿” (fls. 06-07).

De fato, o que se verifica na petição inicial, é apenas uma mera irresignação dos Requerentes quanto à correta valoração das provas produzidas nos autos, não sendo apontado nenhum vício na condução do processo, nem mesmo mencionada a ocorrência de cerceamento ou de nulidade capaz de ensejar forte possibilidade de a sentença proferida vir a ser anulada ou reformada. 

Na verdade, o que se percebe na inicial da cautelar, é que os Requerentes buscam justificar a presença dos requisitos necessários à concessão da liminar fazendo uso de uma fundamentação calcada em provas que instruíram a decisão de base, bem como na alegação genérica acerca da conveniência de se evitar sucessivas alternâncias na titularidade da Chefia do Poder Executivo.

No caso, cumpre observar que a decisão liminar, ora agravada, mencionou apenas a possibilidade de prejuízo aos Agravados, em razão da interrupção do exercício dos seus mandatos eletivos, e, ainda, no risco que a sucessiva alternância na chefia do executivo poderá acarretar à administração municipal. 

Além do mais, se bem ponderado, o fumus boni iuris está do lado da Agravante, haja vista que o juízo a quo, à vista das provas decorrentes da instrução, sentenciou reconhecendo a situação de ilicitude que acarretou a cassação e inelegibilidade dos Agravados. 

Quanto ao periculum in mora, não há risco de alternância, porquanto os candidatos que obtiveram a segunda colocação nas eleições já foram devidamente diplomados e empossados nos cargos de prefeito e vice-prefeito, conforme demonstram os documentos de fls. 252-253.

Portanto, a partir de uma análise perfunctória dos argumentos expendidos pelos Requerentes, entendo que estes não se mostraram adequados para demonstrar a plausibilidade do direito vindicado, o que, por si só, inviabiliza a concessão da tutela cautelar. 

Nesse sentido: 

AGRAVO REGIMENTAL EM AÇÃO CAUTELAR. CASSAÇÃO DE DIPLOMAS PELO JUÍZO DE PRIMEIRO GRAU. INTERPOSIÇÃO DE RECURSO. PEDIDO DE ATRIBUIÇÃO DE EFEITO SUSPENSIVO. CONCESSÃO DE LIMINAR POR JUIZ PLANTONISTA. RECONSIDERAÇÃO. AUSÊNCIA DE REQUISITOS NECESSÁRIOS AO AFASTAMENTO DA REGRA DESCRITA NO ART. 257 DO CÓDIGO ELEITORAL. AGRAVO IMPROVIDO. 1. Constatada a ausência de requisitos essenciais à concessão de liminar em medida cautelar, pode o relator chamar o feito à ordem para reconsiderar decisão anteriormente proferida a fim de negar-lhe seguimento. 2. Agravo regimental improvido. (TRE/MA, Ação Cautelar nº 505, julgado em 12/01/2010, Acórdão Nº 11965, Rel. Des. José Joaquim Figueiredo dos Anjos – grifo nosso).

AGRAVO REGIMENTAL. DECISÃO MONOCRÁTICA QUE INDEFERIU MEDIDA LIMINAR PARA CONCEDER EFEITO SUSPENSIVO AO RECURSO. AUSÊNCIA DE PERICULUM IN MORA E FUMUS BONI IURIS. DESPROVIMENTO DO RECURSO.

1. TRATA-SE DE AGRAVO REGIMENTAL INTERPOSTO EM FACE DA DECISÃO QUE NEGOU O PEDIDO DE LIMINAR NA AÇÃO CAUTELAR QUE VISAVA A CONCESSÃO DE EFEITO SUSPENSIVO AO RECURSO.

[¿].

3. NÃO PRESENTES, IN CASU, OS REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA A CONCESSÃO DA MEDIDA, O PERICULUM IN MORA E O ALEGADO FUMUS BONI IURIS.

4. MATÉRIA QUE ENVOLVE REANÁLISE DE PROVAS, PROVIDÊNCIA ESSA QUE NÃO TEM LUGAR NA ESTREITA VIA COGNITIVA DAS CAUTELARES. 

5. DESPROVIMENTO DO RECURSO (TRE/SP, Agravo Regimental em Medida Cautelar nº 1634, Acórdão de 25/02/2014, Rel. Luiz Guilherme da Costa Wagner Junior, Publicação: Diário da Justiça Eletrônico do TRE-SP, Data 10/03/2014).

AGRAVO REGIMENTAL. AÇÃO CAUTELAR. LIMINAR DEFERIDA. AUSÊNCIA DE FUNDAMENTAÇÃO. NULIDADE. FUMAÇA DE BOM DIREITO INEXISTENTE. PROVIMENTO. CASSAÇÃO DA DECISÃO.

1. Não havendo a comprovação da aparência do bom direito, já que são fortes os indícios da prática de conduta vedada no art.41-A da lei das eleições, não se fala em concessão de liminar, para a qual é necessário o concurso do fumus boni iuris e do periculum in mora. [¿] 3. Agravo regimental provido para cassar a liminar concedida pelo Presidente do Tribunal e determinar a posse imediata do agravante no lugar do Vereador cassado. (TRE/PB, Agravo Regimental nº 276, Acórdão nº 3230 de 27/01/2005, Rel. Nadir Leopoldo Valengo, Publicado em Sessão, Data 27/01/05).

Assim, à míngua de fumus boni iuris e de periculum in mora para a manutenção dos Agravados nos cargos de prefeito e vice até o julgamento final da presente demanda, o indeferimento da liminar é medida que se impõe, em razão do não preenchimento dos requisitos essenciais previstos no art. 798 do CPC. 

Diante do exposto, e pedindo vênia ao eminente Des. Plantonista, reconsidero a decisão proferida às fls. 286-290, e, por conseguinte, indefiro a liminar, para o fim de restabelecer os efeitos imediatos da sentença proferida nos autos da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Processo n.º 697-31.2012), efetivando-se a posse de Thalyta Medeiros de Oliveira e de Raimundo Assunção Neto, respectivamente, nos cargos de Prefeito e Vice-Prefeito do Município de Raposa, já formalizada anteriormente perante o Juízo Eleitoral. 

Comunique-se com urgência ao Juízo Eleitoral da 93ª Zona Eleitoral e à Câmara Municipal de Raposa, para que tome as providências cabíveis.

Após, dê-se ciência ao Ministério Público Eleitoral.

Cumpra-se. Registre-se. Publique-se. Intimem-se.

São Luís, 28 de agosto de 2014.

Desa. ALICE DE SOUSA ROCHA

Relator

 

======================================================   4 COMENTÁRIOS






Foto 1 - Glalabert Cutrim declarou que irá lutar pela efetivação da região metropolitana na Ilha

Glalbert Cutrim declarou que irá lutar pela efetivação da região metropolitana na Ilha

Mais de cinco mil pessoas aclamaram o candidato a deputado estadual Glalbert Cutrim (PRB) na noite desta quarta-feira, dia 27, na casa de shows Batuque Brasil, no Grande Encontro, evento que reuniu lideranças políticas, comunitárias e eleitores do republicano de diversas regiões do Estado.

Coordenado pelo seu irmão, o prefeito Gil Cutrim, o Grande Encontro mostrou a força política que Glalbert vem conquistando em todo o Estado. Dezenas de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores se fizeram presentes para hipotecar apoio ao nome do republicano.

“Em Codó, o Glalbert vai ser o mais votado da história. E vai ter a maior votação entre os municípios”, desafiou o prefeito Zito Rolim, em seu discurso. Muito empolgado e motivado com a campanha, Gil Cutrim aceitou a declaração como um desafio: “Vamos lutar para São José de Ribamar mostrar que o seu primeiro deputado vai ter a maior votação de todos os tempos”.

Satisfeito com a disputa sadia entre os prefeitos, Glalbert disse que esse é o desafio que todo candidato a deputado estadual sonha em ter. “Eu fico muito feliz com essa disputa. Mas o melhor é que quem vai ganhar com isso é a população que terá um jovem atuante, vibrante e determinado na Assembleia Legislativa para fazer a diferença. Serei um deputado de Ribamar para todo o Maranhão”, comentou.

Em seu discurso, o candidato agradeceu a presença de todos e, disse que, entre outros temas de interesse do Maranhão, será incansável na Assembleia Legislativa na luta pela efetivação da região metropolitana. “Esse sonho de todos os municípios da Ilha, que começou com o nosso grande Luis Fernando (ex-prefeito de São José de Ribamar) e que teve continuidade com o nosso querido Gil Cutrim, terá todo meu empenho. A efetivação da metropolização é a solução de grandes problemas que os municípios da Ilha enfrentam”, pontuou o candidato.

Também presente no encontro, o presidente da Assembleia Legislativa e candidato a vice-governador, Arnaldo Melo, deixou suas palavras de apoio ao republicano. “Vejo emocionado esse grande momento porque é a própria história acontecendo. Esse jovem, que conheci menino, sempre presente nas conversas políticas, nas reuniões na casa do seu pai, será um grande deputado. Estou aqui para dizer sim para Glalbert Cutrim”, declarou Melo.

Em compromisso de agenda pelo interior do Estado, o candidato a governador pela coligação “Pra frente, Maranhão”, designou sua mulher, a apresentadora Paulinha Lobão, para representá-lo. Ela saiu do encontro com muita energia positiva, como ela mesmo fez questão de declarar, depois de ver a multidão vibrante que foi demonstrar apoio à candidatura de Glalbert Cutrim.

Candidato a deputado federal de Glalbert em São José de Ribamar, o ex-secretário de Cidades, Hildo Rocha, lembrou de uma das responsabilidades do candidato. “O Gil Cutrim teve a grande missão de continuar o trabalho de Luis Fernando. O Glalbert tem agora a missão de ser o grande deputado que foi o seu pai, Edmar Cutrim. E tenho certeza que ele será, pois é jovem e tem a garra, determinação e inteligência”, disse Rocha.

Conecte-se ao nosso canal e fique por dentro da nossa campanha. Participe, interaja e compartilhe nosso conteúdo.

======================================================   COMENTÁRIO






BrejoServiços públicos de qualidade mais uma vez estiveram entre as reivindicações dos maranhenses. Passando por Altamira do Maranhão e Brejo de Areia nesta quinta-feira (28/08), Flávio Dino e Roberto Rocha ouviram apelos para mudar a realidade da região.

Atenção ao pequeno produtor, com investimentos em apoio técnico, representa um dos maiores anseios do produtor Antônio Braga, de 69 anos, que contou sobre as dificuldades para garantir a produção. “Aqui é tudo na luta, na enxada, na dificuldade”, disse ele.

Antônio Braga, morador de Altamira do Maranhão, falou ainda da esperança em dias melhores. “Nunca teve nada pra gente, mas vai ter. Porque Flávio Dino vai ser governador e vai ser o melhor que já teve”, concluiu.

As dificuldades vividas por Antônio Braga são semelhantes às vividas pelo pedreiro Antônio Sampaio, 40 anos, natural de Brejo de Areia. Ele conta que, além das complicações para receber atendimento médico, já que precisa se deslocar para Bacabal ou Coroatá, eles ainda enfrentam as dificuldades de atravessar frequentemente uma estrada sinuosa e não asfaltada.

“O perigo é muito grande. Muita gente já morreu ou se acidentou ali. E o que a gente espera mesmo é que Flávio Dino traga uma estrada boa pra gente e traga também saúde, educação e segurança. E a gente só pede o que é de direito nosso, né?”, disse ele.

Um governo para todos

Ao ouvir as demandas da região Flávio Dino garantiu que vai governar para todas as famílias maranhenses, construindo e recuperando estradas; garantindo que as escolas sejam espaços de aprendizado e convivência e colocando os hospitais do Maranhão em funcionamento, com médicos e equipamentos para atender à sociedade.

“Vamos acabar com o isolamento de Brejo de Areia da cidade e dos povoados. Vamos apoiar o pequeno agricultor. Vamos governar de modo a garantir direitos. Vamos fazer um governo que seja de fato de todos os maranhenses”, garantiu o candidato a governador da Coligação Todos Pelo Maranhão.

Com o mesmo compromisso e o mesmo empenho, Roberto Rocha confirmou que vai ser um senador atento e sensível às reivindicações do povo do Maranhão. “Nós, no Senado, faremos uma parceria com Flávio Dino para transformar o Maranhão, garantindo recursos e políticas sociais para todos os maranhenses”.

Os candidatos à Câmara Federal Simplício Araújo, Wagner Lago, José Reinaldo Tavares e Márcio Jardim participaram das caminhadas ao lado de outras lideranças, como o deputado estadual Marcelo Tavares e o ex-prefeito de Altamira do Maranhão, Arnaldo Gomes.

======================================================   1 COMENTÁRIO






Juscelino é só mais um…

Estão tentando enganar o eleitorado maranhense acerca da história do filhinho de papai Juscelino Filho(PRP) que caiu de paraqueda na política do Estado e, nesta eleição, é candidato para a partir de 2015 brincar de deputado federal no congresso nacional.

Abençoado pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), Fernando Fialho, de quem é genro, o aventureiro Juscelino Filho é um dos candidatos mais favorecido pelo do Governo do Estado nestas eleições. São dezenas e mais dezenas de convênios aos prefeitos que estão apoiando o candidato da Sedes.

Histórico de nada!

O paraquedista que não possui história alguma em prol dos maranhenses, vem investindo pesado nas bases eleitorais famintas por dinheiro neste período eleitoral.

Filho do ex-prefeito de Vitorino Freire que também foi deputado estadual durante quase 15 anos, Juscelino nasceu em berço de ouro, nunca precisou, por exemplo, pegar um coletivo lotado, estudar em escola pública, e certamente assim como Edinho Lobão, deve acordar sempre depois de 9h para começar “trabalhar”.

Para completar o sangue azul na política dos nobres, o aventureiro ainda pertence a linhagem familiar do Deputado Estadual Stênio Rezende(PRTB) de quem é sobrinho e a deputada estadual Vianey Bringel(PMDB) é sua tia.

Portanto, nem vem que não tem! Pois, Juscelino Filho só é mais um político desses muitos fanfarrões que figuram de eleição em eleição com paraquedas e aventurando.

======================================================   2 COMENTÁRIOS






Mais uma vez Tutóia recebeu Flávio Dino de braços abertos. A cidade deu as boas vindas aos candidatos da Coligação Todos pelo Maranhão nesta quarta-feira (27), inaugurando a programação do dia do candidato a governador. Durante a visita, a população renovou a esperança em um Maranhão melhor.

Na cidade, Flávio Dino reafirmou os compromissos com o desenvolvimento do Estado com justiça social e agradeceu as demonstrações de carinho e confiança. “Tutóia é uma cidade importante para o Maranhão e que precisa de apoio à produção e turismo. É triste ver a cidade sucessivamente sendo vítima desse abandono político. Nós sabemos que a política e o voto ajudam a transformar a realidade”, ressaltou Flávio.

Ele assumiu o compromisso com o abastecimento de água, atenção básica na saúde, complemento do piso aos agentes comunitários, apoio às ações municipais e reforço à qualidade da educação.

Igualdade

20140827_102508Em Tutóia, os moradores demonstraram confiança em um futuro com mais igualdade. Foi o caso de Raimundo Moraes, 57 anos, dono de uma banca de frutas e verduras no mercado da cidade. Todos os produtos que ele comercializa vêm do Ceará. “Aqui no Maranhão não tem, e a gente tem que sobreviver. Se tivesse produção aqui no Estado poderíamos comprar mais barato e vender também mais barato, ter mais condições de trabalhar e viver”, destacou.

O empresário Patrick Araújo, proprietário de uma pousada em Tutóia, falou da importância de investir no desenvolvimento turístico da região. Para ele, o poder público deixa a desejar e não há incentivo e nem divulgação do destino.

“Nós, da iniciativa privada, por acreditar no potencial da região, temos que tomar a frente para buscar melhorias, divulgar e firmar parcerias para tentar desenvolver a região. A expectativa no Flávio é a melhor possível porque estamos cansados de permanecer com a mesmice sem desenvolvimento na nossa área”, avaliou.

Além disso, ele citou a importância também de investir na autoestima da população de Tutóia para que reconheçam o valor das riquezas da cidade e o potencial econômico que envolve a atividade turística.

Pesca

20140827_102800Diretor da Colônia de Pescadores de Tutóia, José Gomes de Costa, conhecido como Espírito Santo, também esteve ao lado de Flávio Dino para demonstrar a esperança que tem em um Maranhão melhor. “Com fé em Deus vamos vencer essa batalha. Flávio é peça fundamental para Tutóia e o Maranhão. Ele vai fazer um governo melhor para nós, pois hoje não temos apoio do governo atual”, declarou.

A cidade de Tutóia tem cerca de 12 mil pescadores e, entre as dificuldades citadas por ele, está a falta de apoio em estudos voltados para pesca, falta de saúde e água potável. “Não temos água para beber. Vieram R$ 5 milhões para colocar água de Bom Gosto a Tutóia, mas o dinheiro desapareceu. Até hoje não vimos um centavo e nem água para beber”, criticou.

A atividade foi acompanhada pelo ex-governador do Estado e candidato a deputado federal, Zé Reinaldo, pelo deputado estadual e candidato a reeleição Othelino Neto, Simplício Araújo, que disputa uma vaga na Câmara Federal, e Levi Pontes, candidato a deputado estadual. Da cidade de Tutóia, acompanharam a atividade os vereadores Zé Orlando, Antônio Chico, Chico Elias, Binha, Pedro Agripino e o ex-candidato a prefeito Chico Canavieira.

======================================================   COMENTÁRIO






Lígia Teixeira - A apresentadora de TV e esposa do candidato do PMDB ao governo, Edinho Lobão Filho, postou foto ao lado de um helicóptero com um imenso adesivo onde se lê o número de Edinho. Na foto, publicada em seu Instagram hoje cedo (27) , Paulinha deseja bom dia aos seguidores e diz que seguirá a bordo do helicóptero para a cidade de São Vicente de Ferrer.

Desde o início da campanha, chamo a atenção para os arroubos da esposa de Edinho. Bastou criticar a reunião promovida por ela com mulheres da alta sociedade maranhense, para que os blogueiros de aluguel do sistema de comunicação do grupo Sarney-Lobão gritassem dizendo tratar-se de preconceito contra a mulher.

A verdade é que Paulinha Lobão, a exemplo do marido, gosta de ostentar. Foi assim que ela e Edinho sempre se comportaram, fazendo questão de exibir bens de consumo e estilos de vida caros. Foi por isso que a reunião política com as mulheres, feita para dar a impressão de apoio popular feminino à candidatura de Edinho, repercutiu tão mal.

Com a foto do helicóptero, a apresentadora volta à condição de esposa rica a ostentar. O problema é que a ostentação em época de campanha eleitoral contrasta com a realidade de extrema pobreza dos municípios para onde ela viaja. São Vicente De Ferrer, município da Baixada Maranhense para onde a apresentadora viajou à bordo de seu helicóptero, é um dos mais pobres do Maranhão.

Segundo o IBGE, São Vicente Ferrer está no topo do ranking das cidades com menor PIB per capita do país, que é a soma de tudo que é produzido pela economia do local, dividido pelo número de habitantes. A 280 quilômetros de São Luís, a cidade tem pouco mais de 20 mil habitantes, nenhuma indústria e 170 lojas, a base da economia na área urbana do município, que sobrevive basicamente da produção de farinha de mandioca em roças. Em 2011, o Jornal Nacional chegou a fazer uma matéria sobre a situação de calamidade no município.

Escárnio e deboche o fato de Paulinha ostentar um helicóptero durante a campanha eleitoral, sobretudo se pensarmos de onde vem a riqueza ostentada por ela e pelo marido.

Pra que isso, Paulinha Lobão?

======================================================   COMENTÁRIO






promotor_carlos_serra_martins

Promotor de Justiça é suspeito de casos de agressões (Foto: Reprodução/TV Mirante)

O Ministério Público do Maranhão requereu, que o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão decrete a prisão preventiva do promotor de justiça Carlos Serra Martins. Também foi pedido o afastamento do promotor de justiça do cargo que ocupa, sendo suspensas as suas prerrogativas, inclusive o porte de arma. Qualquer arma em seu poder deverá ser recolhida judicialmente.

O afastamento de Carlos Serra Martins do cargo de promotor de justiça já havia sido pedido à justiça em 2013, com base no artigo 319, IV, do Código de Processo Penal. Na época, o Ministério Público defendia que “nos autos, há provas suficientes da materialidade e autoria dos fatos delituosos para o recebimento da denúncia, que são graves, especialmente porque praticados por membro do Ministério Público”.

O pedido de prisão preventiva foi ofertado nos autos do processo nº 17310/2014, tendo como relator o desembargador Jorge Rachid.

Por decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o promotor se encontra afastado de suas funções administrativas desde fevereiro. A medida foi renovada por mais 90 dias.

Devido a constantes ameaças e agressões contra uma testemunha, já tinha sido pedida a prisão preventiva do promotor. A relatora substituta, desembargadora Nelma Sarney, no entanto, indeferiu o pedido. O Ministério Público do Maranhão interpôs agravo contra a decisão, novamente indeferido pelo Tribunal de Justiça.

Disparos

No último dia 23, no entanto, o promotor Carlos Serra Martins foi conduzido ao Plantão Central do Cohatrac. O promotor estava de posse de uma escopeta calibre 12 e uma pistola calibre 380, além de munições.

De acordo com o procedimento policial, o promotor de justiça teria disparado por três vezes em direção a um homem, em virtude de discussão sobre a propriedade de terras na localidade Iguaíba, em Paço do Lumiar. Durante sua condução à Polícia Civil, Carlos Serra Martins também teria ofendido os policiais militares que o acompanhavam e agredido a vítima.

Diante de tais fatos, o Ministério Público do Maranhão reiterou os pedidos de afastamento do cargo de promotor de justiça e a decretação da prisão preventiva de Carlos Serra Martins.

As informações são do MPMA

======================================================   COMENTÁRIO

Página 2 de 11812345...102030...Última »