Prefeito-Arlindo-Berbosa-dos-Santos-Filho

Justiça decidiu pela perda de função pública, suspensão de direitos políticos por três anos e ao pagamento de multa.

O Poder Judiciário condenou, nesta quarta-feira (20), o prefeito do município de Fortuna, Arlindo Barbosa Filho, à perda de função pública, à suspensão de direitos políticos pelo período de três anos e ao pagamento de multa civil no valor de dez vezes o valor de sua remuneração mensal.

A decisão foi uma resposta à ação ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de São Domingos.

A sentença foi motivada por Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa, de autoria do promotor de Justiça, Aarão Carlos Lima Castro.

Na ação, o representante do MPMA questionou o fato de o gestor municipal utilizar, indevidamente, nos prédios públicos e nos fardamentos escolares as cores do seu partido político, o Partido dos Trabalhadores (PT).

A Justiça também acolheu a Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer, ajuizada pelo MPMA, requerendo a alteração das cores nos veículos, placas, postes e fardamentos escolares do município.

======================================================   COMENTÁRIO






Escola sn 05

Escolhas de palhas serão extintas através do Programa ‘Escola Digna’ nos municípios com menor IDH.

O governador Flávio Dino lançará o Programa ‘Escola Digna’, nesta quinta-feira (21), a partir das 9h, no auditório do Palácio Henrique de La Roque, com prefeitos e secretários municipais de educação, dando início ao processo de construção de escolas nos 30 municípios com menores Índices de Desenvolvimento Humano.

No evento serão apresentadas aos prefeitos e secretários municipais de educação tipologias arquitetônicas das escolas, bem como a nucleação das unidades escolares que serão construídas em áreas estratégicas para atender ao maior número de comunidades possíveis.

O “Escola Digna”, que substituirá escolas de taipa, barro e palha por estruturas de alvenaria, foi instituído pelo governador Flávio Dino, estruturado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) como Macropolítica de Educação, com o objetivo de construir uma escola acolhedora, democrática, participativa, inclusiva e que seja, de fato, geradora de uma Educação Cidadã – capaz de transformar e libertar.

O programa define ações prioritárias, em consonância com o Plano Estadual de Educação (PEE), articula os setores da Seduc e institucionaliza as orientações que direcionam as práticas educativas.

O Programa faz parte do Plano de Ações ‘Mais IDH’ – política de governo instituída pelo Decreto 30.612 de 2 de janeiro de 2015 com  a finalidade de desenvolver ações para superar a pobreza extrema e as desigualdades sociais nos meios urbano e rural, nos 30 municípios com menor IDH do estado.

Dos 217 municípios maranhenses, 151 se inscreveram no programa ‘Escola Digna’. As ações começaram pelos 30 municípios com menor IDH, que aderiram ao programa. Em seguida, serão estendidos aos demais municípios inscritos.

Inicialmente, o programa previa apenas a construção de prédios de alvenaria para substituir escolas de taipa, palha, palhoças e barracões, num total de 1.090 unidades espalhadas por quase todo o estado, mas o ‘Escola Digna’ se transformou num dos    principais programas de educação básica no Maranhão, alicerçado em seis eixos estruturantes: o Ensino Médio Integrado em tempo Integral; a Formação Continuada; o Regime de Colaboração com os Municípios; a Gestão Educacional; a Avaliação da Aprendizagem e Institucional; e a transversalidade da pesquisa, ciência e tecnologias.

======================================================   COMENTÁRIO






image84

Clodomir debocha do governador Flávio Dino.

Blog do Waldermar Ter - O destempero verbal do prefeito cassado da Raposa pelo TRE, Clodomir Oliveira, passou dos limites.

Numa provocação de mau gosto, mandou vários carros de som circular pela cidade, após haver conseguido liminar retornando ao cargo de ‘defeito’ da Raposa, tocando uma música dizendo que o senador João Alberto ‘surrou’ até o governador Flávio Dino (PCdoB), aliado da prefeita Talita Laci (PCdoB).

Na música, afirma que o Carcará bateu na filha, no pai e até no governador.

Tudo isso para puxar o saco do senador, que lhe conseguiu a liminar junto ao ministro Henrique Neves, conforme a agenda do TSE mostra o encontro do senador com o ministro no mesmo dia em que saiu a decisão favorável a Clodomir.

======================================================   4 COMENTÁRIOS






cenario

Segundo resultado de pesquisa de opinião acerca da eleição de 2016 em São Luís, realizada pela Empresa Escutec e divulgada nesta quarta-feira(20), a deputada federal Eliziane Gama(PPS) lidera em todos os cenários a corrida eleitoral em São Luís.

Os dados mostram que a Escutec ouviu 807 eleitores entre os dias 12 e 15 de maio. Do total de entrevistados, 371 foram homens e 436 mulheres, com margem de erro de 3 por cento para mais ou para menos. O levantamento foi feito em cerca de 100 bairros, divididos em 11 setores, das zonas urbana e rural do município.

======================================================   COMENTÁRIO






capture-20150519-145244A Câmara Municipal de Rosário (CMR) instalou nesta terça-feira (19) uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades cometidas na Secretaria Municipal de Saúde. A proposta, de iniciativa da Mesa Diretora da Casa, que já havia sido aprovada em plenário no mês fevereiro, será a primeira investigação instalada pela Casa de Leis desde 2013, quando os vereadores da atual legislatura tomaram posse.

Em janeiro deste ano, os vereadores Carlos do Remédio (SD) Jardson Frazão (PP), Luís Carlos, o Kiko (PP); Magno Nazar (PRP), Francimar Rodrigues, o Preto (PP); Ademar Cantanhede (PRP), Nazareno Barros (PTdoB) e o presidente da Câmara, Agenor Brandão (PV), realizaram uma vistoria no Hospital SESP e constataram várias irregularidades que estão na contramão da humanização no atendimento de saúde.

Após a inspeção, a comitiva de parlamentares produziu um relatório mostrando as principais irregularidades na unidade hospitalar. Segundo apurou o BLOG, foi a partir deste documento que a Câmara resolveu instalar a CPI para investigar as denúncias.

O vereador Agenor Brandão, chefe do legislativo rosariense, explicou o motivo que o levou a instalar a CPI dois meses depois de ter sido criada.

“Os trabalhos de uma CPI só começam quando os membros da CPI forem definidos. Eu assumi a presidência da Câmara no início do ano e, achei melhor que antes da instalação da comissão, era preciso, primeiro, melhorar a estrutura da Casa, instalando um sistema de telefonia e internet para facilitar, inclusive, o trabalho do colegiado que será definido em breve”, disse o vereador Brandão, ao explicar que o decreto que criou a CPI terá prazos que poderão ser prorrogados.

Assim que a CPI iniciar os trabalhos, vários requerimentos com pedidos de envio de documentos e a convocação de gestores deverão ser apreciados pela comissão.

A reportagem também falou com o vereador Nazareno. Durante o bate-papo gravado, o parlamentar se mostrou favorável à ‘CPI da saúde’ que irá apurar denúncias na administração da prefeita Irlahi Linhares (PMDB). “Eu sou favorável, fui um dos defensores e até assinei a proposta. Eu só não aceito é servir de bode expiatório. Se é para investigar que se investigue”, declarou.

INVESTIGAÇÃO FEDERAL

A criação da CPI coincide com uma ação penal em tramitação na Justiça Federal contra a prefeita Irlahi Linhares que juntamente com outras quatro pessoas estão sendo investigadas pela Polícia Federal, conforme documento em anexo.

======================================================   COMENTÁRIO






Honório Moreira/OIMP/D.A Press

No final desta manhã, Raimundo Nonato Lisboa, ex-prefeito de Bacabal, foi apresentados à sede da Seic – Superintendência Estadual de Investigações Criminais em São Luís. O delegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros, resumiu o que é a operação El Berite, mais uma etapa no combate à agiotagem no Maranhão, envolvendo várias empresas, inclusive de construção civil. “As operações são parte da política de combate à corrupção. Nosso objetivo é responsabilizar gestores, ex-gestores públicos e particulares que formam quadrilhas especializadas em fraudar processos licitatórios e desviar recursos públicos”, pontuou.

======================================================   1 COMENTÁRIO






foto06

O deputado Glalbert Cutrim (PRB) condenou nesta terça-feira (19), durante pronunciamento feito na Assembleia Legislativa, a atitude da mineradora Vale que, segundo informações repassadas ao parlamentar, estaria contratando empresas de outros estados e até de Portugal para executar serviços em obras e projetos de sua responsabilidade no Maranhão.

Glalbert informou que, recentemente, esteve visitando vários municípios maranhenses, a maioria localizada em regiões onde a mineradora mantém negócios, e recebeu inúmeras denúncias do empresariado local relatando o que pode ser chamado de favorecimento de empresas de fora em detrimento das maranhenses.

“Foram vários os relatos informando essa situação. Inclusive, alguns empresários denunciaram que até uma empresa de Portugal foi trazida pela mineradora para operar no Maranhão. E, de acordo com essas denúncias, na maioria das vezes não há, sequer, qualquer tipo de processo licitatório. Esse tipo de política empresarial é inadmissível. No nosso estado existem inúmeras empresas qualificadas que, inclusive, já prestaram serviços para a Vale, que está preferindo trazer gente de fora, como o Rio Grande do Sul, por exemplo”, afirmou.

“Não podemos concordar com esta atitude da mineradora que, há anos, desenvolve projetos no estado e lucra muito com isso. É necessário que defendamos as empresas da terra, que são qualificadas, sim, e possuem quadro funcional experiente e capacitado”, completou o parlamentar.

BR 222

Glalbert Cutrim também cobrou que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) execute, de forma urgente, serviços de recuperação da BR – 222, em especial no trecho ligando as cidades de Buriticupu e Bom Jesus das Selvas.

De acordo com o deputado, a rodovia federal, além de estar com sua infraestrutura muito comprometida, necessita de nova sinalização.

======================================================   COMENTÁRIO






wellington (1)

Deputado Wellington do Curso (PPS), utilizou a tribuna da AL, para parabenizar a todos os defensores públicos do Estado pelo seu dia

O vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia, deputado Wellington do Curso (PPS), utilizou a tribuna da AL, na manhã de hoje (19), para parabenizar a todos os defensores públicos do Estado pelo seu dia e, ainda, para frisar políticas públicas em defesa da Defensoria.

Na ocasião, o parlamentar, que tem se destacado em defesa da Justiça e do pleno cumprimento dos direitos do cidadão maranhense, ressaltou a importância da função desempenhada pelos defensores e propôs Emenda à Constituição Estadual, que impõe a obrigatoriedade de um defensor público em cada comarca no prazo de oito anos.

“A Defensoria Pública é uma função essencial à Justiça e, em um Estado Constitucional de Direito, o acesso à Justiça é princípio fundamental e norteador. No Maranhão, apenas 31 das 113 comarcas possuem defensores públicos. Por isso, encaminhei na manhã de hoje, dia do defensor público, proposição que solicita ao Governador do Estado o fortalecimento da Defensoria Pública do Maranhão…” ressaltou.

======================================================   1 COMENTÁRIO






8620_reuniao_forum_nacional_educacao_180515_foto_fabriciocunha_194

secretário de Educação de São Luís, Geraldo Castro Sobrinho, conduziu o debate.

O balanço dos debates realizados em torno do Plano Municipal de Educação de São Luís (PME) foi tema do seminário “A importância do Plano Municipal de Educação na construção da política educacional de qualidade social”. O evento foi realizado no auditório Fernando Falcão da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), reuniu representantes do poder público e da sociedade civil e contou também com a presença do coordenador do Fórum Nacional de Educação (FNE), Heleno Manoel Gomes de Araújo Filho.

Na condição de coordenador do Fórum Municipal de Educação, o secretário de Educação de São Luís, Geraldo Castro Sobrinho, conduziu o debate e relembrou a ampla discussão já realizada para confecção do documento, que tem o objetivo de definir metas e estratégias pra o setor por um período de dez anos.

Também estiveram presentes ao evento o secretário adjunto de governo de São Luís, Milton Calado; o vereador Honorato Fernandes; os promotores de Justica especializados em defesa da Educação, Paulo Avelar e Luciane Bello; a secretária estadual de Educação, Áurea Prazeres, o presidente do conselho municipal de Educação, Roberto Mauro Gurgel; a presidente do Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís (Sindeducação), Elisabeth Castelo Branco, o deputado estadual José Inácio e o vereador Ricardo Diniz, presidente da comissão de Educação da Câmara de Vereadores.

======================================================   1 COMENTÁRIO






11304313_859957690751068_1218372738_n

Secretário de infraestrutura do estado Clayton Noleto e o adjunto Ednaldo Neves,r eceberam  Talita Laci(PCdoB) nesta terça(19) na SINFRA.

A jovem Talita Laci mostrou porque é considerada a maior liderança do município de Raposa e desponta como uma das grandes revelações da política do estado.

Na manhã desta terça-feira 19/05, Talita(PCdoB) reuniu com o secretário de infraestrutura do estado Clayton Noleto e o adjunto Ednaldo Neves, tratando de assuntos referentes as obras do Estado na Cidade iniciadas durante o período que esteve à frente da Prefeitura de Raposa.

“As importantes obras serão executadas a todo vapor no município de Raposa, os trabalhos foram minimizados devido ao tempo chuvoso, mas de forma alguma interrompidos“, disse Cleyton Noleto.

Talita Laci disse que enquanto seus advogados cuidam de questões junto a justiça eleitoral ela vai continuar o trabalho de infraestrutura que iniciou em Raposa. “Não podemos parar, tenho o compromisso com nossa gente, o governo do estado é nosso parceiro e não abriremos mão de está incessantemente atuando em prol do município”, afirmou Talita.

Mais Asfalto

Entre as obras lideradas por Talita Laci em Raposa, estão recuperação e asfaltamento de ruas que foram incluídas no projeto Mais Asfalto, do Governo do Estado. Quatro bairros estão sendo beneficiados: Boa Esperança, Jardim das Oliveiras, Juçara e Vila Maresia. Esses bairros vão ganhar extensão de 3.750,00 m de asfalto, em uma área total de 23.959,00 m².

10996271_769719559801823_8283440712673854955_n

Ex-prefeito José Laci não abre mão de acompanhar a execução dos serviços de pavimentação asfáltica em diversos bairros de Raposa.

Na Vila Maresia, a Rua dos Pargos já começou ganhar 720 metros e está sendo totalmente asfaltada. O asfalto também chegou na Vila Boa Esperança e será estendido por três ruas: Rua Quatro Estações, Travessa Gonçalves Dias e Travessa São Pedro. No Jardim das Oliveiras os trabalhos também já começaram, quatro vias com asfalto: Rua Vereador Laci, Rua Padre Xavier, Rua São José de Ribamar e Rua São Lucas. Já no bairro do Juçara, toda a extensão da avenida principal de 885 metros receberá asfalto, os serviços estão à todo vapor.

Obra do Viva

10300443_400454543448658_6551910119484504892_n

Talita Laci garantiu trabalho de máquinas pesadas no reforço de contenção das marés.

Outro importante benefício que o Governo do Estado por intermédio da atuação de Talita Laci trouxe a população raposense foi a obra de restruturação do Cais. Os serviços já iniciado, vai impedir que o avanço das marés sobre as residencias dos moradores do bairro do Garrancho destrua os lares de dezenas de famílias.

As máquinas pesadas começaram o trabalho de reforço de contenção com colocação de pedras rachão ao longo do cais. Talita ainda garantiu junto ao SINFRA que dezenas de caçambas trucadas continuem a descarregar material ao longo do cais para ampliação do enrocamento.

======================================================   COMENTÁRIO






viva (149)

Acusada de se beneficiar de propina, Roseana prestou depoimento na PF

A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) prestou depoimento na sede da Polícia Federal, em Brasília, nesta terça-feira, 19. As declarações duraram cerca de 1h50. No início de março, o Supremo Tribunal Federal abriu inquérito para investigar a ex-governadora, após ela ser citada em delação premiada na Operação Lava Jato.

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou em sua colaboração que reuniu-se pessoalmente com Roseana em 2010 para tratar de propina. As revelações de Costa e do doleiro Alberto Youssef, personagem central da Lava Jato, motivaram a abertura de inquéritos para investigar deputados, senadores, governadores e ex-governadores por ordem do STF.

Segundo o delator, o senador Edison Lobão (PMDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia, foi quem solicitou R$ 2 milhões, destinados à campanha de Roseana ao governo do Estado em 2010. O valor, afirma Costa, foi pago em espécie via Youssef. Lobão também é investigado pelo STF.

O dinheiro, diz o delator, teria saído de contratos da Petrobras. O ex-diretor não indicou de maneira específica o contrato do qual saíram os valores. Segundo ele, existia uma espécie de caixa de propina, administrada por Youssef, de onde o dinheiro supostamente entregue à ex-governadora teria sido retirado.

A Lava Jato investiga um esquema de corrupção instalado na Petrobras e desbaratado pela força-tarefa da Lava Jato. Ex-parlamentares também são alvos da grande investigação decretada pelo ministro Teori Zavascki, que acolheu representação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Roseana estava morando em Miami com a família. Ela se mudou para a cidade, para fazer um curso de inglês. A ex-governadora voltou ao Brasil para prestar os esclarecimentos. Ela nega a acusação. A reportagem não conseguiu falar com o advogado de Roseana.

======================================================   COMENTÁRIO






dino-acompanhado2

Presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi e o deputado Weverton Rocha, agora na executiva nacional.

Originário do movimento estudantil da capital maranhense, o deputado federal Weverton Rocha(PDT) agora faz parte da cúpula do Partido Democrático Trabalhista na esfera nacional.

O parlamentar passou ocupar a vice-presidência de assuntos parlamentares. O espaço foi conquistado junto ao presidente nacional da sigla, Carlos Lupi.

A força de Weverton Rocha no PDT não é atoa, no comando do deputado federal reeleito, o partido mostrou que sua militância é forte e seus quadros valorosos. A legenda comanda a Assembleia Legislativa, através de outro pedetista, o deputado estadual Humberto Coutinho, e conta ainda, com 08 (oito) prefeitos, dezenas de vice-prefeitos e vereadores em todo o estado.

Dados oficiais disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no filiaweb, mostram que o PDT é um dos partidos que mais possui filiados no estado, são 40.192 militantes espalhados pelo maranhão.

E todo esse crescimento deve refletir nas próximas eleições, a tendência de progressão política é eleger diversos prefeitos e vereadores em diversas cidades maranhenses. A procura pelo comando dos diretórios municipais têm sido grande na sede da legenda.

Crescimento

O PDT possui três deputados estaduais: Humberto Coutinho; Valéria Macedo e Fábio Macedo, mais um suplente em exercício Rafael Leitoa. E conta na Câmara Federal, com Weverton Rocha, e chegou ocupar no inicou da atual legislatura a cadeira do suplente  Deoclides Macedo.

Na capital, o partido tem amplo espaço no governo municipal e conta com três cadeiras da Câmara: Pavão Filho, Barbosa Lages e Ivaldo Rodrigues.

Com a chegada de Weverton como integrante do comando nacional, o PDT se fortalece ainda mais, e pode ganhar a filiação de um nome de força para as próximas eleições, trata-se do prefeito de São Luis Edivaldo Holanda Junior.

Caso aconteça, também será fruto do empenho e articulação do Weverton Rocha.

Mas essa é outra história…

======================================================   4 COMENTÁRIOS






Um vídeo distribuído na internet mostra o momento exato em que os policiais da Seic – Superintendência Estadual de Investigações Criminais, após a voz de prisão ao ex-prefeito de Bacabal, o conduzem até uma viatura para ser levado à prisão na SEIC – Superintendência Estadual de Investigações Criminais em São Luís.

======================================================   1 COMENTÁRIO






71afd18a0860f00b6b8e34c1d9959be6

Investigado por envolvimento em agiotagem ex-prefeito de Bacabal foi preso.

Carros, imóveis e cheques eram alguma das relações financeiras entre o  ex-prefeito do município de Bacabal, Raimundo Lisboa, preso na manhã desta terça-feira (19) e o agiota Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan, preso no inicio do mês por participação em agiotagem.

Raimundo Lisboa foi prefeito do município entre 2004 e 2012 e também foi ex-presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e foi preso durante a deflagração da operação “El Berite”, que investiga crimes de agiotagem nos municípios do Maranhão e é comandada Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Outros presos

Nessa operação foram efetuados 5 mandados de prisão temporária e 1 mandado de condução coercitiva, todas já foram cumpridas. A polícia também recolheu farta documentação na casa dos envolvidos.

63ad8e834ecc8f1c38b6b2188e8dc266-390x520

Nezinho Moura, ex-presidente da Câmara de Bacabal; Ezequiel Farias e Francisco de Jesus Silva Soares que comandavam a Comissão de Licitação estão entre os presos.

Segundo o delegado-geral Augusto Barros, além do ex-prefeito, outras quatro pessoas foram presas, todas ligadas a prefeitura. Entre elas estão Manoel Moura Macedo, Francisco de Jesus Silva Soares, Ezequiel Farias e Aldo Araújo Brito, ex-presidente da comissão de licitação de Bacabal. Foi realizada, também, a prisão coercitiva de Maria do Carmo Xavier. Todos eles serão conduzidos para a Seic.

Os conduzidos foram encaminhados para a SEIC. A cúpula da Secretaria de Segurança deve conceder uma coletiva ainda hoje para detalhar a operação.

Operações

As operações “El Berite”, “Morta Viva”, “Maharaja” e “Imperador”, são desdobramentos da “Operação Detonando”, realizada em 2012 após o assassinato do jornalista Décio Sá.

======================================================   COMENTÁRIO






Lob_o_e_Roseana1

Jornal Pequeno – Chegariam a R$ 19 milhões as propinas destinadas à ex-governadora maranhense Roseana Sarney e ao senador Edison Lobão, ambos do PMDB, de acordo com as investigações da operação Lava Jato. O alto valor representa ainda um balanço parcial e crescente na soma atribuída ao grupo Sarney, desde o início das apurações de denúncia de desvio de dinheiro na Petrobras até hoje. Novas denúncias estão surgindo a partir de depoimentos e acusações de investigados pela Procuradoria Geral da República que usam o benefício da delação premiada.

Conforme as investigações, individualmente, a Lobão cabe explicar o recebimento de R$ 13 milhões: R$ 10 milhões da Camargo Corrêa, por conta de propinas pela construção da Usina de Belo Monte, em 2011; R$ 2 milhões em dinheiro, segundo acusação feita pelo ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, e R$ 1 milhão da UTC-Constran.

Nesta acusação feita esta semana pelo próprio dono da construtora, Ricardo Pessoa, o ex-ministro das Minas e Energia teria recebido dinheiro para facilitar, em 2011, a instalação da usina nuclear Angra 3, que desde 2008 buscava sem sucessos as licenças ambientais.

Roseana

Já a ex-governadora Roseana Sarney é acusada de receber, por meio de assessores pessoais, a quantia de R$ 6 milhões: R$ 3 milhões pagos pela mesma UTC/Constran de Ricardo Pessoa, beneficiada pela liberação do precatório no valor de R$ 120 milhões.

No pedido de investigação da Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ex-ministro de Minas e Energia, consta trecho da delação de Paulo Roberto Costa afirmando que metade da propina repassada pelo ex-diretor da Petrobras iria para a campanha eleitoral de Roseana, de 2010, e o restante para o próprio Lobão.

Pá de cal

Lobão e Roseana podem responder por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ambos provavelmente prestarão depoimento na próxima semana na sede da Polícia Federal em Brasília.

Os peemedebistas vêm adiando os depoimentos, e, sobretudo, tentando arquivar sem sucesso os inquéritos. Porém, o conjunto de acusações parte de vários lados; desde o doleiro e operador do esquema Alberto Youssef e o seu braço direito Rafael Ângulo Lopez ao ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Contudo, a pá de cal no caso veio esta semana, no depoimento do dono da UTC-Constran Ricardo Pessoa. Ele afirmou ter pago propina a Lobão. Pessoa é considerado o chefe do “clube vip” das construtoras.

======================================================   1 COMENTÁRIO

Página 2 de 21912345...102030...Última »