Astro-de-Ogum-espera-a-chegada-da-votação-da-eleição-da-nova-Mesa-Diretora. (1)

“Vereador/ vice-prefeito”, Astro de Ogum,

Com a vitória nas urnas do Senador da República eleito, Roberto Rocha(PSB), que ainda ocupa o cargo de  vice-prefeito se São Luis, qual foi eleito no ano de 2012, o cargo de Rocha ficará vago pelos próximos dois anos a partir de 2015.

Roberto Rocha antes mesmo de tomar posse em Brasília, terá de renunciar o mandato de vice-prefeito. De forma que em conformidade com a Legislação em vigor, o vereador Generval Martiniano Moreira Leite, ou melhor, Astro de Ogum(PMN), herda automaticamente o posto.

Dessa forma, caso haja algo eventual impedimento do Prefeito Edivaldo Holanda Junior(PTC), o Presidente da Câmara eleito para o biênio 2015/2016, também é por Lei, o primeiro na linha sucessória do Executivo da Capital Maranhense.

Portanto, o “Vereador/ vice-prefeito”, Astro de Ogum, nunca na sua vida pública esteve tão fortalecido politicamente

Mudanças

Atual vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís,  o vereador Astro de Ogum(PMN), vem trabalhando com objetivo de definir as ações administrativas que serão implementadas a partir de 1º de janeiro de 2015, quando assumirá o comando da Casa.

O próximo presidente do parlamento municipal, convocou uma equipe de transição conceituada, formada por técnicos em diversas áreas, sob a orientação do procurador da Casa – Walter Sales Cruz. O objetivo dos técnicos é conhecer a estrutura e o funcionamento da Câmara.

A mudança no Comando da Câmara em janeiro de 2015 é aguardada com expectativa, principalmente por funcionários, fornecedores e profissionais da imprensa, pois quando ocupou o cargo, tendo em suas mãos o poder decisório, Astro de Ogum realizou várias ações positivas, entre elas, o corte em mais de 70% nos chamados super salários, o qual só beneficiava meia dúzia de funcionários, a valorização dos profissionais de comunicação, disponibilizando uma melhor condição de trabalho, a opção dada ao funcionário de receber o 13% salário na data de aniversário, bem como o saneamento das contas, já que quase um milhão de reais a fornecedores e empreiteiros foram pagos no interregno de apenas quatro meses.

======================================================   COMENTÁRIO






Foto-1-Divulgação-Delegacia-da-Raposa

Delegado Especial da Raposa, Sindonis Souza Cruz, pouco tem feio…

A Secom do governo do Maranhão, espalhou reelise, dando conta que o novo Delgado de Raposa, Sindonis Souza Cruz assumiu o cargo de seu antecessor, delegado Francisco Cardoso de Sousa, já apresentando resultado na segurança da Cidade.

Pura balela! Continua tudo da mesma situação caótica de sempre. Roubos a mão armada, assaltos a luz do dia, assassinatos, tráfico e tantos outros crimes cometidos todos os dias na Cidade.

As informações do Governo do Estado, divergem e muito da realidade dos raposenses. Segundo contam, vários inquéritos remetidos ao poder Judiciário, inúmeras prisões realizadas, apreensões de drogas e, principalmente, o combate ao crime organizado. Mas, na prática, isso não procede!

Para se te uma ideia do tamanho da ousadia dos bandidos, no ultimo domingo 19/10, um grupo de turistas foi assaltado dentro da embarcação onde realizavam passeio náutico na praia do Taputíua.

Quatro elementos, dois desses armados, esperaram a embarcação se aproximar da praia e anunciaram o assalto. Subiram na embarcação e levaram todos os pertences dos tribulantes que estavam de visita ao Município.  O caso foi levado ao conhecimento do Delegado, até o nome de um dos meliantes foi repassado a polícia, mas ninguém foi preso até o momento.

A Delegacia Especial da Raposa, sob o comando do delegado Sindonis Souza Cruz, não vem reduzindo os índices de criminalidade, como o governo alega. As operações sazonais conjuntas com a Polícia Militar e outros órgãos ligados à Segurança Pública não tem surtido efeito na Cidade.

A insegurança ainda reina, para o desespero da população…

======================================================   6 COMENTÁRIOS






Foram 18 o número de mortes, somente este ano no Complexo Penitenciário de Pedrinhas

O preso Wellison Queiros da Silva foi encontrado enforcado nesta madrugada de quarta-feira (22), na cela 7 do Bloco D na Casa de Detenção (Cadet) no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Com este registro sobe para 18 o número de mortes, somente este ano, de detentos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Por causa desses índices, o Ministério da Justiça havia prorrogado por mais 90 dias, (a contar do início deste mês), a permanência da Força Nacional de Segurança nos presídios maranhenses.

Dezoito presos morreram no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís e 105 fugiram até o último mês em 2014, segundo informações do Sindicato dos Servidores do Sistema Pentenciário do Maranhão (Sindspem-MA), e da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap).

O próximo Governador Flávio Dino precisa tomar providências assim que assumir o governo do Maranhão no sentido mudar a triste realidade existente no Sistema Prisional do Estado.

======================================================   COMENTÁRIO






O deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), coordenador da equipe de Transição de Flávio Dino, denunciou na Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (22), uma suspeita licitação no Sistema Penitenciário, que resultará em gastos equivalentes ao dobro dos investimentos por preso na média nacional. Marcelo anunciou que apresentará um requerimento de convocação para pedir explicações ao secretário responsável pela pasta, diante da Assembleia Legislativa.

“Começo a ficar preocupado e assustado e começo a não acreditar na boa vontade do Governo para fazer a transição. Parece que não aceitam o resultado das urnas”, disse Marcelo Tavares ao relatar a licitação que será conduzida amanhã (quinta) pelo Governo Estadual.

De acordo com o deputado, o mais grave é que o contrato que será licitado terá permanência de dois anos. O contrato terá valor de R$ 1,3 bilhão e equivale a 10% do orçamento total do Estado, o que significa um gasto de R$ 8.891,00 por mês para cada preso. A média nacional de gastos no setor é de aproximadamente R$ 4 mil, metade do que prevê o contrato licitado por Roseana Sarney às vésperas de deixar o cargo de governadora.

O deputado Marcelo Tavares ressaltou que não é contra investimentos no Sistema Penitenciário, nem o trabalho da ressocialização dos apenados, mas não poderá aceitar abusos. Ele completou ainda que o valor destinado para terceirização do sistema prisional equivale a praticamente o valor que se destina à educação.

Ao tomar ciência da denúncia, o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) garantiu que além de convocar o secretário de Justiça e Administração Penitenciária, o grupo de deputados recorrerá ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e ao Poder Judiciário para impedir essa licitação. “Ainda consigo me surpreender com esse governo, fazer esse tipo de coisa no apagar das luzes”, lamentou Othelino Neto.

O deputado Bira do Pindaré também se manifestou sobre o assunto, assegurando que a bancada cumprirá seu papel até o último dia. ” Ficaremos vigilantes e atentos até o último segundo para inibir qualquer abuso”, garantiu.

Ao finalizar o discurso, Marcelo Tavares confirmou o que foi dito pelo deputado Bira. “Licitações como essa eu acho que são um ataque ao povo maranhense. Ficaremos atentos a tudo que vai acontecer até 31 de dezembro”, concluiu.

======================================================   COMENTÁRIO






O Sistema de Informática do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) passará a funcionar em plataforma de excelência e de fácil gestão (em baixa, na linguagem de Tecnologia de Informação), garantindo mais segurança e agilidade ao usuário.

Segundo o diretor Geral do Detran-MA, André Campos, está sendo disponibilizado um sistema capaz de modernizar o atendimento e facilitar a vida do usuário.

Os dados acessados passarão a operar em uma plataforma nova e mais ágil, por meio de uma migração para um novo banco de dados. O processo traz benefícios para os usuários por promover maior capacidade e rapidez de atendimento às demandas, facilidade de manutenção e possibilidade de redução de custo devido à diversidade de fornecedores, ferramentas e linguagens.

A mudança foi possível graças ao termo de cooperação de Transferência Tecnológica firmado pelo Detran/MA com o Detran do Ceará, que realizou esse trabalho ao longo dos últimos dez anos e fez a doação do sistema cearense que já é nessa nova plataforma.

Tal sistema permitirá uma evolução constante das exigências legais e possíveis mudanças do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), das resoluções e deliberações do Contran, Denatran e demais portarias, além de melhorar os processos de habilitação, registro de veículo e arrecadação, garantindo maior transparência, interatividade e prestação de serviços, junto ao cidadão maranhense.

======================================================   1 COMENTÁRIO






geraldoedivaldoA Prefeitura de São Luís teve o maior investimento na área de Educação dos últimos 12 anos em 2013. A informação consta na pesquisa desenvolvida pelo portal Compara Brasil, em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a empresa Aequus Consultoria.

O levantamento foi feito a partir dos dados enviados pelos municípios à Secretaria do Tesouro Nacional, corrigidos de acordo com a inflação.

Como reflexo das ações sistemáticas de investimento promovidas pela gestão do prefeito Edivaldo, a capital maranhense está entre as que mais cresceram percentualmente na aplicação de recursos na área em 2013, ocupando o 2º lugar entre as capitais brasileiras.  De acordo com o portal Compara Brasil, o crescimento de investimentos em São Luís foi 31,55% superior em relação a 2012. Somente Boa Vista (RR) apresentou um percentual de investimentos maior: 39,8%.

Desde que o levantamento de dados começou a ser realizado, em 2002, a capital maranhense não tinha apresentado um aumento tão grande. Os investimentos em Educação também são destaques em valores absolutos: São Luís está entre as três capitais mais bem colocadas. No ano passado, o incremento registrado em gastos educacionais foi de R$ 112,8 milhões em relação a 2012.

O acréscimo em valores absolutos deixa a capital maranhense atrás apenas de Rio de Janeiro e Curitiba, onde os valores correspondem, respectivamente, a um aumento de R$ 205,7 milhões e R$ 145 milhões. Para o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, os números refletem a atenção que o prefeito Edivaldo dá ao setor.

No primeiro ano de governo, o prefeito Edivaldo promoveu ações de valorização em massa dos profissionais da Educação, homologando progressões horizontais e verticais cujos processos estavam parados e concedendo reajuste de 9,5% para toda a categoria de professores. A Prefeitura também firmou contrato para reforço da segurança nas escolas, transporte escolar e outros serviços essenciais ao bom andamento das atividades nas unidades de ensino.

Para começar a sanar o déficit de professores, a Prefeitura realizou ainda processo seletivo simplificado, para a contratação de 650 novos docentes. Foram implantadas 31 novas salas de recursos para estudantes com deficiência e entregues 44 ônibus para o transporte escolar da zona rural, entre várias outras ações.

======================================================   COMENTÁRIO






Roseana ao lado de aliados vistoria obra ainda inacabada

A governadora Roseana Sarney (PMDB)  pretende realmente deixar o governo ante do começo de dezembro. Dessa forma, anunciou para o final do mês de novembro a inauguração das obras da avenida IV Centenário e da Via Expressa. O anúncio foi feito ontem (21) durante vistoria nos serviços.

“Nós estamos no processo final das obras. A inauguração da Via Expressa será no dia 28 de novembro e a avenida IV Centenário, no dia 29 de novembro. Vamos entregar as duas grandes avenidas de presente para o povo do Maranhão. Essas obras vão desafogar o trânsito e melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram na região, facilitando seu deslocamento”, disse dona Rose.

As obras serão entregues mesmo sem a completa conclusão, cabendo ao próximo governo concluir os muitos problemas estruturais deixados pelo Governo Roseana Sarney, que usou milhões e mais milhões para a construção inacabada da obra.

======================================================   COMENTÁRIO






20141004_170201

José Laci disse está tranquilo, que perseguição não o abala mais…

O ex-prefeito de Raposa, José Laci de Oliveira  em contato com o Blog explicou o alarde da notícia feito pelos seus adversários políticos quanto à decisão em primeira instância da Juíza Rafaela de Oliveira Saif Rodrigues.

Laci que por duas vezes foi eleito Prefeito de Raposa (1996/2000 e 2001/2004) é considerado o maior líder político da história da Cidade. Foi em sua gestão que todas as obras de grande alcance popular foram construídas, feitos que o tornam muito querido no Município.

“O grande trabalho que realizei em Raposa incomoda muita gente, depois que deixei a Prefeitura sempre venho sendo perseguido, mas de cabeça erguida continua minha saga de ajudar nosso povo de Raposa” Disse José Laci.

O ex-gestor explicou que vai recorrer da decisão de primeiro grau e não tem nenhuma dúvida que sairá vitorioso. “Não há decisão em primeira instância que não seja recorrível” Diz José Laci sobre a perseguição.

O líder político ainda argumentou que o desespero dos que tramam contra seu nome, nada mais é que a iminente certeza que seus dias no poder estão contados. “Eles sabem que não irão demorar muito tempo no poder, pois, quem comete improbidade administrativa, abuso de poder econômico e compra de votos são eles e não eu.” Afirmou.

O pai da jovem Talita Laci, disse que mesmo fora do poder, seu grupo político venceu a eleição de 2014 no Município, colocando seus principais candidatos em primeiro lugar. Explicou que esse também é o motivo de tanto desespero.

“Na política, o verdadeiro juiz é o povo, que julga nas urnas, e nós fomos julgamos nesta eleição e o resultado é de conhecimento público, saímos vencedores”. Afirmou Laci.

E antes de finalizar a conversa com o titular do Blog, Laci ainda levantou alguns questionamentos:

- “É de estranhar como o Ministério Público e o Fórum de Raposa possuem funcionários da Prefeitura de Raposa cedido a ambos?”

- “Qual a imparcialidade que as nstituições [MP e Fórum] têm no Município usando servidores contratados pelo Poder Público?”

- “Como é que meus adversários já sabiam da decisão antes mesmo dela sair? Como eles tinham detalhes de prazos no processos que nem mesmo eu tinha?”

“O que temos testemunhado na Cidade é a completa omissão da Juíza e do Promotor no que tange as questões administrativas de Raposa. Eles não se movimentam para nada diante dos desmandos e irregularidades praticados pelo ex-prefeito Paraíba e pelo atual destruidor da Cidade, prefeito cassado Clodomir” Finalizou José Laci

======================================================   2 COMENTÁRIOS






10726804_733089673437871_946722517_n

Não entendeu? Entenda AQUI

======================================================   COMENTÁRIO






humberto-coutinho

Humberto Coutinho precisa ficar com os olhos bem abertos para não levar a mesma rasteiras que Ricardo Murad levou em 2010

Como manda o figurino, caminha tranquila a campanha do Deputado Estadual eleito Humberto Coutinho (PDT) rumo à presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão para o biênio 2015/2016.

Nesta terça-feira 21/10, seu futuro colega de parlamento, deputado estadual reeleito, Othelino Neto(PCdoB), desistiu da candidatura à presidência da Casa.

Dessa forma, o cenário fica ainda mais animador para o futuro governista. Humberto Coutinho até o momento é único candidato à presidência.

O ex-prefeito de Caxias, já conta com diversos apoio de deputados eleitos para a próximas legislatura, inclusive, de parlamentares que ainda fazem parte da oligarquia em decadência.

Contudo, é bom Coutinho lembrar da eleição da Mesa Diretora do ano 2010. Naquela ocasião, assim como Humberto é dado como franco favorito hoje, Ricardo Murad estava certo que sairia vencedor da eleição.

Resultado: Um grupo de deputados governistas, peitou a imposição do Palácio dos Leões, e com apoio da oposição, consagrou-se vencedor daquela disputa.

Portanto, bom lembrar: “gato escaldado tem medo de água fria”.

======================================================   COMENTÁRIO






CAM00290Paço do Lumiar entrou na bolada de R$ 25 milhões que o Governo Roseana enviou ao municípios do interior da Ilha, mas a grande maioria das ruas e avenidas está entregue aos buracos.

Apenas as principais avenidas foram maquiadas. As ruas transversais, as travessas e algumas avenidas nem viram a cor do asfalto.

A foto desta postagem, obtida através do Blog do Waldemar Ter, mostra o descaso do prefeito “Pofeçor/policial” Josemar Sobreiro(PR), com a população, que é tratada como gente de quinta categoria.

======================================================   COMENTÁRIO






IMG-20141021-WA0003

Equipe do SAMU socorre a garupa Graciete Barros de Santos, enquanto o motociclista Dialysson Pereira Farias já está sem vida.

A morte de Dialysson Pereira Farias na madrugada desta terça-feira 21/10, em um acidente fatal na MA 201 (estrada do Aragagy), no bairro Vila Luizão, também não deixa ser pela consequente falta de responsabilidade dos que deveriam sinalizar adequadamente o trecho da obra de drenagem na avenida onde ocorreu a fatalidade.

Quem passa pelo local, percebe a fragilidade da sinalização. A equipe da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp) , comandada pelo titular Antônio Araújo, deixa pedaços de ferros espalhados chão, e ainda improvisam, cordas para fazer a separação da via de mão dupla.

Durante a noite o perigo triplica, sem placas luminosa de sinalização, a obra se transforma numa armadilha para motorista e motociclistas. Além da vulnerabilidade da atuação de assaltantes.

Segundo testemunhas, a falta de sinalização é uma das causas dos constantes acidentes que vêm ocorrendo n o local (Foto: Reprodução)

Falta de sinalização é uma das causas dos constantes acidentes que vêm ocorrendo n o local

E foi pela falta dessa sinalização de responsabilidade da SEMOP, entre outros fatores, que Dialysson Pereira Farias perdeu a vida, após colidir frontalmente com uma escavadeira parada na obra.

Graciete Barros de Santos, que estava acompanhando o motociclista, se feriu e está internada em um hospital de São Luís. Várias testemunhas informaram que a falta de sinalização é uma das causas para os acidentes quem vem acontecendo constantemente no local da obra.

======================================================   2 COMENTÁRIOS

======================================================   2 COMENTÁRIOS






IMG-20141021-WA0014

Adaiah Martins Rodrigues Neto: O advogado DJ

E olha como são as coincidências da vida… O advogado Adaiah Martins Rodrigues Neto que até ontem “defendia” o vigilante João José Nascimento Gomes no caso do assassinato do advogado Brunno Eduardo Matos Soares, assim como o acusado de ter cometido o crime, Diego Henrique Marão Polary, também é DJ.

Como mostra as imagens desta postagem, o advogado Adaiah, nas horas vagas, exerce a mesma profissão que Diego Polary.

Vigilante diz  que advogado Adaiah o coagiu e exigiu que assumisse o crime

Após o vigilante João José Nascimento Gomes negar que tinha sido ele o autor dos golpes de faca que mataram o jovem advogado e vitimaram Alexandre Matos Soares, que levou um corte profundo no abdômen, e Kelvin Chiang, de 26 anos, atingido nas costas, surge mais mais um personagem nesse trágico caso.

O advogado Adaiah Martins Rodrigues Neto. Segundo o vigilante João José que compareceu ontem (20) à sede da Ordem dos Advogados do Brasil da seccional do Maranhão, para pedir segurança e afirmar que vai devolver a quantia de R$ 4.900,00 ao agora ex-defensor advogado Hadaiar.

O vigilante conta que o advogado Adaiah Martins o coagiu e exigiu que ele assumisse o crime ao delegado Márcio Dominici durante o seu interrogatório, no 7º Distrito Policial, no bairro do Turu, ocorrido no dia 15.

O advogado Adaiah contratado por João José teria dito que ele não iria ser preso em uma das unidades de Pedrinhas e que responderia pelos crimes em liberdade.

IMG-20141021-WA0015

O “DJ/Advogado” Adaiah coagiu e exigiu que o vigilante João José assumisse o crime

“O advogado só iria me defender caso eu afirmasse ser o autor do crime e não iria ficar preso em Pedrinhas”, afirmou o vigilante João José Nascimento Gomes .

João José também afirmou que no dia do crime ele estava fazendo rondas pela rua de bicicleta e durante a briga estava procurando a cadela, que pertence a Carlos Marão.

“De fato, a faca usada no crime é de minha propriedade, mas não sou eu a pessoa que matou o advogado. No momento, ando com medo de sofrer alguma represália pelo fato de ter dito a verdade”, afirmou João José Nascimento.

A OAB-MA vai indicar um novo advogado para o caso e o advogado Adaiah Martin será inquirido pelos integrantes da Comissão de Prerrogativa da OAB/MA para dar explicações sobre essa denúncia. “Essa atitude do doutor Adaiah é muito suspeita, pois o máximo que um advogado de defesa pede ao seu cliente é que fale apenas na presença do juiz, e ainda iremos verificar se existe algum tipo de ligação dele com os outros acusados”, frisou Pedrosa, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA.

IMG-20141021-WA0017

======================================================   COMENTÁRIO






Vigilante afirma que advogdo o coagiu e exigiu que ele assumisse o crime (Foto: Biné Morais / O Estado)

Vigilante afirma que advogdo o coagiu e exigiu que ele assumisse o crime

O vigilante João José Nascimento Gomes compareceu nessa segunda-feira (20) à sede da Ordem dos Advogados do Brasil da seccional do Maranhão (OAB/MA), no bairro do Calhau, para negar que tinha sido ele o autor dos golpes de faca que mataram o advogado Brunno Eduardo Matos Soares e vitimaram Alexandre Matos Soares, que levou um corte profundo no abdômen, e Kelvin Chiang, de 26 anos, atingido nas costas.

João José Nascimento Gomes pediu segurança e afirmou que deseja devolver a quantia de R$ 4.900,00 ao advogado Hadaiar Matões Rodrigues Neto. Segundo ele, o advogado Hadaiar Matões o coagiu e exigiu que ele assumisse o crime ao delegado Márcio Dominici durante o seu interrogatório, no 7º Distrito Policial, no bairro do Turu, ocorrido no dia 15. O advogado contratado por João José Nascimento Gomes teria dito que ele não iria ser preso em uma das unidades de Pedrinhas e que responderia pelos crimes em liberdade. “O advogado só iria me defender caso eu afirmasse ser o autor do crime e não iria ficar preso em Pedrinhas”, afirmou o vigilante.

João José também afirmou que no dia do crime ele estava fazendo rondas pela rua de bicicleta e durante a briga estava procurando a cadela, que pertence a Carlos Marão, e ao transitar nas proximidades onde estava ocorrendo a briga a sua faca teria caído do bolso da calça. “De fato, a faca usada no crime é de minha propriedade, mas não sou eu a pessoa que matou o advogado. No momento, ando com medo de sofrer alguma represália pelo fato de ter dito a verdade”, afirmou João José Nascimento.

enterro_bruno

Corpo de Brunno Soares é enterrado no cemitério do Gavião, em São Luís

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA, Antônio Pedrosa, informou que a ordem vai acompanhar os transmites do processo. Inclusive, já houve até mesmo uma reunião, na semana passada, com o secretário de Segurança Pública, Marcos Affonso Júnior. No momento, a ordem vai indicar um novo advogado para o caso e o advogado Hadaiar Matões será inquirido pelos integrantes da Comissão de Prerrogativa da OAB/MA para dar explicações sobre essa denúncia. “Essa atitude do doutor Hadaiar é muito suspeita, pois o máximo que um advogado de defesa pede ao seu cliente é que fale apenas na presença do juiz, e ainda iremos verificar se existe algum tipo de ligação dele com os outros acusados”, frisou Pedrosa.

Na quinta-feira (16), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão, Mário Macieira, afirmou em entrevista à rádio Mirante AM que a mãe do vigilante João José Nascimento Gomes denunciou à Comissão de Direitos Humanos que o filho teria sido coagido para assumir a autoria do assassinato do advogado.

“Ficamos muito surpresos com a procura da mãe do vigilante, o João, que afirmou ao presidente da Comissão de Direitos Humanos, o Pedrosa, que ele está sendo coagido. Toda prova anteriormente colhida já apontava para a autoria dos fatos. No depoimento do Marão, quando reinquerido, ele disse que o vigia presenciou, mas não matou. Estamos muito surpresos com isso. Fomos com uma comissão falar com o delegado Marcos Affonso, que nos assegurou que vão investigar todos os fatos, sem proteção. Nós confiamos muito no trabalho da polícia. Os dois sobreviventes reconheceram como autor das facadas o Diego. O Marão declara que o vigia não participou. Como que de uma hora para outra o vigilante assume a autoria dos fatos?”, questionou Mário Macieira, presidente da OAB-MA.

Subdelegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros, realizou ontem uma reunião com a comissão de Delegados

Reunião 
O subdelegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros, realizou ontem uma reunião com a comissão composta pelos titulares da Delegacia de Homicídios, Jeffrey Furtado e Guilherme Sousa Filho, e do 7º Distrito Policial, Márcio Fábio Dominici, que está designada para concluir os autos complementares do inquérito policial sobre o assassinato do advogado e assessor jurídico do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Brunno Eduardo Matos Soares, de 29 anos, e pelas duas tentativas de homicídio que tiveram como vítimas Alexandre Matos Soares, de 25 anos, e Kelvin Kim Shiyangue, de 26 anos. O fato ocorreu na madrugada do dia 6 de outubro, durante a festa de comemoração pela eleição de Roberto Coelho Rocha, da coligação Todos pelo Maranhão, em uma residência, localizada na Rua dos Magistrados, no bairro do Olho d’Água.

O encontro ocorreu na sede da Secretaria de Segurança Pública, na Vila Palmeira. Segundo o delegado Guilherme Sousa Filho, a reunião serviu para traçar os novos caminhos do trabalho investigativo sobre o caso. Ele frisou que a comissão tem 30 dias para concluir todo o serviço e, no decorrer desses dias, ocorrerão novos depoimentos, imagens de circuito de segurança serão analisadas e resultados de perícias coletados e anexados ao inquérito. Somente no término do trabalho está prevista para ocorrer a reprodução simulada dos fatos.

Ele explicou que o delegado Márcio Fábio Dominici enviou o inquérito policial à Justiça, no último dia 16, porque houve a necessidade de atender ao prazo judicial. “Como aconteceu a prisão em flagrante de Carlos Humberto Marão Filho, 38 anos, caso não atendesse ao prazo de 10 dias, poderia abrir uma lacuna para o relaxamento da prisão do suspeito. Mas o inquérito foi para a Justiça com o pedido de devolução”, explicou o delegado.

A comissão foi criada pela Delegacia Geral da Polícia Civil, na sexta-feira, com o dever de explicar as contradições que ocorreram durante o trabalho investigativo, principalmente no tocante às declarações apresentadas para a polícia tanto pelos acusados quanto pelas vítimas.(As informações são do G1-MA)

======================================================   5 COMENTÁRIOS

Página 2 de 13912345...102030...Última »