1916509_102240479797546_2417110_n

Advogado Pedro Américo Dias Vieira, irmão do Deputado Federal Gastão Vieira

O advogado Pedro Américo Dias Vieira, irmão do Deputado Federal Gastão Vieira, candidato da oligarquia sarney ao Senado, tenta a todo custo pelas vias judiciais, onde possui muita influência, tirar os combatentes moradores da Comunidade da Vila Maracujá das terras onde moram há quase 20 anos.

Localizada na proximidade do Distrito Industrial zona rural de São Luis, as terras que o irmão de Gastão alega serem de sua propriedade, na verdade, pertencem aos moradores locais que no ano de 1997, representados por meio de uma associação, ganharam na justiça os direitos de posse do terreno.

Inicialmente os moradores brigavam pela posse do local contra o ex-Prefeito de São Luís, Haroldo Tavares (in memoriam), após o falecimento do político no mês de julho do ano passado, o oportunista Pedro Veira, Advogado de Haroldo Tavares na causa, se auto-intitulou dono do terreno.

Agora os populares têm medo do irmão do candidato a Senador, com apoio da oligarquia sarney, usar da influência para tomar as terras das centenas de famílias que residem no local há quase duas décadas.

foto-4

Moradores protestam e exibem faixa contra o irmão de Gastão Vieira

“O Pedro Veira aparecia como advogado do Haroldo Tavares nas primeiras audiências, agora ele se apresenta como dono do terreno e não apresenta nenhum documento de compra.” Disse um morador.

Segundo relatos de uma moradora da Vila Maracujá, diversos protestos foram realizados no sentido de garantir a definitiva posse do terreno, mas o processo ainda tramita na Justiça. “Existem uma Associação de moradores há muito tempo que luta pelas causas da comunidade e já trouxe inúmeras melhorias no terreno, entre elas a construção de uma escola, U.E.B Joaquim Pinto.” Finalizou.

Abaixo documento dos moradores que relatam as melhorias realizadas no terreno:

foto-2-2

======================================================   COMENTÁRIO






Grevistas reivindicam condições mínimas de trabalho, agravada pela custódia indevida de presos de Justiça em repartições policiais. Se não forem atendidos, policiais param novamente este mês e em outubro.

Imparcial – Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol), a Associação dos Servidores da Polícia Civil (Aspcema), e a Associação da Polícia Técnico e Científica que são entidades legítimas de representação dos policiais Civis (Apotec), estiveram na redação do O Imparcial ontem para comunicar que estarão realizando uma paralisação de advertência por 48hs hoje e amanhã. Os policiais civis decidiram em Assembleia Geral realizada no dia 12 de setembro de 2014.

Os policiais civis representados pelas Sinpol, Aspcema e a Apotec decidiram pela paralisação por não serem atendidas após várias tentativas, sem efeito, a resolução de questões que afligem a categoria, tais como a falta de condições mínimas de trabalho agravada pela custódia indevida de presos de Justiça em repartições policiais.

Os representantes dos policiais civis adiantam ainda que depois dessa paralisação, não tendo seus direitos constituídos garantidos, realizarão novas paralisações de 72hs nos dias 24, 25 e 26 de setembro e não sendo atendidos, as atividades serão paralisadas novamente num período de cinco dias, entre 13 a 17 de outubro.

A Sinpol, Aspcema e a Apotec informam ainda pelos seus representantes Itamar Ferreira e Marcelo Penha que neste período as delegacias, bem como os plantões funcionarão cumprindo a Legislação vigente, onde serão mantidos apenas os serviços considerados essenciais, como as prisões em flagrantes; crimes contra idosos, crianças e adolescentes; crimes praticados contra a dignidade Sexual e ainda crimes hediondos como tráfico, terrorismo e tortura. Serão ainda mantidos os de acordo com o Art. 9º da Lei NE número 7.783/89 os 30% do efetivo para atenderem a continuidade dos serviços públicos prestados à população.

======================================================   COMENTÁRIO






reuniao

Deputado Hélio Soares serviu fielmente a oligarquia sarney por décadas…

Desde o dia 24 de agosto que o Blog do Domingos Costa publicou: “Três deputados devem deixar Lobinho e declarar apoio a Flávio Dino nos próximos dias”. Pois é, o primeiro foi o Deputado Edson Araújo(REVEJA).

O segundo deve acontecer nas próximas horas. E entre as tantas adesões que o candidato da Coligação Todos pelo Maranhão, Flávio Dino(PCdoB), recebeu nos últimos dias, o apoio desta quarta-feira 17/09, é o que mais afeta a oligarquia sarney.

A saída oficial do Deputado Estadual, eleito por quatro vezes consecutivas, Hélio Soares (PMDB) é a demonstração que o fim do reinado da família sarney já está sacramentado.

Nesta noite o parlamentar deve anunciar de uma vez por todas a saída da campanha de Edinho Lobão(PMDB), a declaração deve acontecer na Cidade de Maracaçumé, onde participará de comício ao lado de Dino.

Helio é mais uma vítima da família sarney, o parlamentar foi um dos mais cassados por membros do próprio governo Roseana, que desde o período de filiação partidária perseguiram o Deputado, impedindo seu ingresso em outras legendas.

E já não é surpresa para ninguém se outros deputados, prefeitos e vereadores seguirem o mesmo caminho e também declarem apoio a Flávio nos próximos dias. 

Basta aguardar…

======================================================   1 COMENTÁRIO






20140915_185123O deputado federal Gastão Vieira (PMDB) foi o responsável pelo pedido de investigação que tornou o petista Raimundo Monteiro inelegível, devido à sua condenação no Tribunal de Conta da União (TCU).

Monteiro era o primeiro suplente de Gastão Vieira na chapa de senador do grupo Sarney até a semana passada, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o registro de sua candidatura, baseado na Lei da Ficha Limpa. Com a decisão, ele foi substituído pelo companheiro Zé Antonio Heluy, o “Zé Mamãe”.

No ano de 2006, por indicação de Gastão, foram auditados vários convênios do Incra com o MST, a Fetaema, a Sociedade de Direitos Humanos, o Centro de Cultura do Trabalhador Rural e a Fundação Sousândrade, e constatadas diversas anormalidades.  Na época, a superintendência do órgão no Maranhão era comandada pelo atual presidente estadual do PT.

Segundo o relatório parcial encaminhado pelos técnicos da corte de contas à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Federal, foi detectada uma série de irregularidades que acabaram levando à desaprovação das contas de Monteiro.

Diante do resultado da investigação, Raimundo Monteiro foi afastado da superintendência do Incra, além de ser o principal alvo de uma operação da Polícia Federal, apontado como o líder da quadrilha envolvida no desvio de R$ 5 milhões em recursos públicos destinados à construção de casas em assentamentos agrários.(Marrapá)

======================================================   COMENTÁRIO






prefeito dr Francisco (de óculos)

Prefeito da cidade de Governador Luiz Rocha, Dr. Francisco (PRB), rompeu com o medo e declarou apoio a Coligação Todos pelo Maranhão.

Mais um prefeito declarou apoio a Flávio Dino esta semana. Dr. Francisco (PRB), gestor da cidade de Governador Luiz Rocha, foi a São Luís na noite da última terça (16) para se integrar à campanha da Coligação Todos pelo Maranhão pela virada de página na política do Estado.

Após um evento de apoio evangélico à candidatura de Flávio Dino realizado na capital, o prefeito Dr. Francisco aproveitou para também unir esforços em nome da campanha de governador do líder das pesquisas. Com 56% das intenções de voto, as pesquisas apontam vitória de Flávio Dino ainda em primeiro turno.

O prefeito levou líderes municipais para também abraçar a candidatura de Flávio. A 18 dias das eleições, aumentam em todo o Maranhão os apoios à campanha da coligação composta por nove partidos e que está levando às ruas e às mídias momentos de alegria e esperança para o Maranhão.

Baseado em um programa de Governo construído ouvindo mais de 40 mil pessoas ao longo de um ano e meio, passando por mais de 130 cidades maranhenses, Flávio Dino fortalece a sua campanha politicamente. Com nove partidos, dezenas de sindicatos, organizações da sociedade civil e apoio popular, Flávio tem levado multidões às ruas de todo o Maranhão.

Nesta semana, Flávio Dino visitará 22 municípios maranhenses e acredita que até o dia das eleições, o apoio político crescerá ainda mais. “Estamos unindo o Maranhão em torno de um Programa de Governo que vai melhorar a vida dos maranhenses. Temos propostas concretas e que são aceitas pelos maranhenses, que acreditam em um futuro melhor,” disse o candidato.

======================================================   COMENTÁRIO






image84-935x1024

A batalha processual continua e o recurso eleitoral ainda vai ser julgado.

Na manhã de ontem terça-feira 16/09, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), julgou agravo e reformou, por maioria, a decisão da desembargadora Alice Rocha que havia cassado, por abuso de poder abuso de poder econômico – compra de votos – o prefeito do município de Raposa, Clodomir de Oliveira (PRTB), e o vice-prefeito, Messias Lisboa.

Votaram pelo agravo regimental retornando o prefeito cassado Clodomir de Oliveira no cargo, os membros da corte eleitoral Raimundo Barros; Daniel Blume; Clodomir Reis e Eduardo Moreira. Já a Desembargadora Alice Rocha e Eulálio Figueiredo votaram contra a permanência de político que comprou voto durante o pleito eleitoral de 2012.

BATALHA CONTINUA

Mesmo os aliados do Prefeito alardeando vitória definitiva, a história não é bem essa. Pois, foi julgado apenas o deferimento de liminar que permitiu o Prefeito responder no cargo até julgamento do recurso. Portanto, a batalha processual continua e o recurso eleitoral ainda vai ser julgado.

Sempre foi praxe o TRE-MA conceder a liminar em favor do Prefeito responder ao recurso no cargo. Mas no caso do prefeito cassado Clodomir, as provas são tao gritantes que os Desembargadores não queriam permitir isso, por essa razão ele foi afastado tantas vezes.

A Justiça só permite que o gestor cassado continue no cargo porque é de praxe conceder liminar a todos os gestores cassados pelo Juiz de primeira grau, até o julgamento final do TRE-MA.

O processo principal está na Procuradoria Eleitoral aguardando parecer, e somente após, vai para julgamento do pleno.

======================================================   4 COMENTÁRIOS






encontro1Ao lado de líderes evangélicos, o candidato Flávio Dino afirmou que, juntos, será possível superar as adversidades que os maranhenses enfrentam hoje. Flávio recebeu o apoio das lideranças e mostrou empenho em concretizar as mudanças de que o Maranhão precisa.

O Encontro com Evangélicos reuniu dezenas de pastores e líderes evangélicos em São Luís na noite desta terça-feira (16). Ao lado da mulher, Daniela Lima, Flávio contou que tem caminhado por todo o Maranhão e testemunhado as condições precárias em que muitos vivem. “Eu fico muito impactado. Conheço todas as estatísticas sobre isso, mas essas histórias têm ecoado o tempo inteiro em meu coração, em minha mente”, disse.

“São realidade que nos defrontam. Só os cínicos da política podem não se sensibilizar”, acrescentou.

Ele lembrou que a política e a religião podem ser parceiras para ajudar na transformação. “Sou uma pessoa que tem muita fé”, afirmou, fazendo uma analogia com a história de Davi e Golias na Bíblia. “O Golias do Maranhão é esse quadro de pobreza, exclusão, negação de direitos básicos.”

“Eles têm escudo, lança e espada. Com órgãos de comunicação e todo o dinheiro do mundo. Mas temos fé para enfrentar Golias. Não é simples, mas juntos vamos enfrentando”, disse Flávio, sendo fortemente aplaudido pelos presentes.

Mudança

Candidato ao Senado, Roberto Rocha lembrou que a mudança é um sentimento inerentes aos cidadãos. “Só vamos melhorar a política quando melhorarmos o nível dos políticos”, disse.

O pastor Alexandre Macedo, presidente do Centro Internacional de Adoração e Missões, deixou uma mensagem de união e transformação. Ele lembrou o papel importante que os líderes religiosos têm para desenvolver a consciência política da população. Ele desejou que Flávio colha bons frutos no governo e estabeleça sempre diálogo e parceria com os religiosos.

Candidato a deputado estadual, Neto Evangelista lembrou que a política e a igreja transformam vidas. “Chegou a hora da unidade pelo Maranhão”.

O pastor Jorge Tadeu fez uma oração pedindo um Estado melhor e novos tempos na política. Flávio encerrou o encontro: “Vamos fazer uma oração no dia da vitória. E vamos fazer um governo bom, com valores”.

======================================================   1 COMENTÁRIO






Delegado passou pelas piores crises da história de Pedrinhas…

O Delegado Sebastião Albuquerque Uchôa Neto não responde mais pela Secretária de Estado de Justiça e Administração Penitenciária, Uchôa que tinha passado por inúmeras crises não aguentou a pressão das inúmeras fugas e mortes que novamente estampam o nome do Maranhão nos principais jornais do país.

O delegado entregou o cargo nesta manhã de quarta-feira (17) para a governadora Roseana Sarney que nomeou outro delegado para responder interinamente pela SEJAP, é o secretário de Segurança Pública, delegado Marcos Affonso Junior, que acumulará as pastas.

Uchôa esteve na titularidade da Sejap por um anos e meio…

======================================================   COMENTÁRIO






Por volta das 10h, após fuga registrada na madrugada desta quarta-feira (17), no Presídio São Luís I, onde presos saíram através de um túnel, outros detentos pulara muro Complexo Penitenciária de Pedrinhas na manhã desta quarta-feira (17) e tentaram fugir. 

======================================================   COMENTÁRIO






Detentos cavaram túnel e escaparam do PSL I de Pedrinhas em São Luís

Túnel escavado no PSL I de Pedrinhas em São Luís

Por volta das 4h30 desta quarta-feira 17/09, mais de 30 detentos fugiram por meio de um túnel do Presídio São Luís I (PSL I), do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Segundo informações da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap-MA) o número de foragidos ainda não são oficiais. Como de costume, a Secretaria esconde a verdade da sociedade.

A assessoria de comunicação da secretaria informou, que a recontagem dos presos está sendo realizada no momento e só então o número será divulgado.

O secretário Sebastião Uchôa disse que foi realizada uma vistoria geral no sábado e nada foi encontrado, e que os responsáveis pela unidade prisional teriam passado três dias sem revistar as celas, dando tempo para que os presos cavassem o túnel.

======================================================   COMENTÁRIO






Apicum-Açu

Prefeito Cláudio Cunha(PV) preferiu manter Edinho Lobão distante da Cidade de Apicum-Açu

Mais uma demostração que os prefeitos maranhenses que Lobinho esbravejada aos quatros cantos do Estado que apoiavam sua candidatura não estão preocupados com o candidato do Palácio dos Leões.

Se em Pinheiro o Prefeito Filuca Mendes(PMDB), aliados histórico da oligarquia, não move uma palha em prol da candidatura do filho de Lobão, na Cidade de Apicum-Açu o caso é idêntico.

O Prefeito Cláudio Cunha(PV), que mandou desde o mês passado tirar toda propaganda de campanha de Edinho Lobão de carros e casas de seus aliados, realizou um grande ato político em prol de seus candidatos verdes: Deputado Estadual, Adriano Sarney e Federal Sarney Filho.

O evento atraiu milhares de pessoas no último domingo 14/09, e chamou atenção pela ausência do candidato governista. Para se te uma ideia, no ato que teve inicio com uma caminharam pelas ruas do município Apicum-Açu, não havia nenhuma bandeira o nome e número de Lobinho.

Dizem as más línguas que a candidata a primeira dama, a apresentadora “forçada” Paulinha Lobão, se ofereceu para participar do evento, mas os aliados do Prefeito não aceitaram a presença da esposa do candidato da oligarquia sarney no evento.

O Prefeito Cláudio Cunha(PV), em seu discurso, não fez qualquer menção elogiosa em referência ao candidato do PMDB, contudo, não economizou referências ao filho de José Sarney, o Zequinha Sarney.

======================================================   3 COMENTÁRIOS






A servidora do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, Cláudia Maria da Rocha que exercia até ontem a cargo de diretora financeira e tinha como uma das funções coordenadora da folha de pagamento, foi presa nesta manhã pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Além da funcionária do TJ-MA, foi preso também o marido, Thiago Salustiano Menezes, que não possui vínculo empregatício com o Tribunal. Contra Cláudia pesam acusações de fraude em contracheque de servidores do Tribunal entre outras armações financeiras, estima-se que o rombo chegue a quase R$ 500 mil.

Segundo as acusações de peculato, a servidora usava o poder da função e desviava recursos da folha de pagamento para obtenção de empréstimos consignados que o próprio Judiciário pagava.

Uma fonte fidedigna repassou ao Blog que a prisão da coordenadora da folha de pagamento do TJ-MA, pode afetar em cheio um conhecido e “polêmico” Desembargador.

Aguardem mais informações…

======================================================   COMENTÁRIO






O ministro Lobão, há mais de três décadas na política, com o filho e suplente sem voto, Lobão Filho: "renovação" (Foto: O Estado do Maranhão)

O ministro Lobão, há mais de três décadas na política, com o filho e suplente sem voto, Lobão Filho: “renovação”

Ricardo Setti, da Revista Veja – No país da piada pronta, não é de estranhar nada o cinismo empedernido e escancarado na política, mesmo quando ele é ridículo.

Vejam a declaração feita ao jornalista Bernardo Mello Franco pelo marqueteiro Elsinho Mouco, que faz a campanha do candidato de Lula e Dilma ao governo do Maranhão, Lobão Filho:

– Um ciclo se encerra com a aposentadoria do presidente Sarney e a saída de Roseana [Sarney do governo do Maranhão. Ela decidiu não se candidatar ao Senado e sem cargos eletivos nos próximos quatro anos.] Agora começa a renovação.

Renovação!!!

Renovação???

Lobão Filho, senador biônico (suplente do próprio pai, em exercício há quatro anos, sem ter obtido um só voto) é filho do atual e duas vezes ministro das Minas e Energia, Edison Lobão.

Edison Lobão tem mais de 30 anos de vida política, e antes de ser ministro de Lula e Dilma — com credenciais técnicas altamente contestáveis, já que sua formação é de jornalista e jamais atuara na área — foi deputado, governador do Maranhão e duas vezes senador.

E tudo isso pelas mãos de quem?

Lobão era um jornalista político simpático à ditadura que cobria as atividades do Congresso, em Brasília, e sempre foi próximo do hoje senador e ex-presidente José Sarney (PMDB-AP), que manda no Estado há meio século.

Foi pelas mãos de Sarney que entrou na política, deixou o jornalismo, tornou-se dono de uma rede de veículos de comunicação no Maranhão e aos poucos galgou os degraus da carreira.

O filho, agora, se apresenta como “renovação”. Deve ser por isso que ele esconde, na campanha, tanto Sarney como o próprio pai.

É o Brasil.

======================================================   COMENTÁRIO






Justiça Federal negou recurso e suspendeu direitos políticos de Seba que agora terá que deixar o cargo de Vereador

Desde o inicio da semana passada que a Justiça Federal manteve os efeitos da condenação penal do atual presidente da Câmara de Vereadores de Santa Inês, José Franklin Skeff Seba (SDD). Com a decisão da Justiça, Seba permanece com direitos políticos suspensos, não podendo inclusive permanecer em seu cargo na Câmara de Vereadores de Santa Inês.

A decisão do juiz federal Jorge Ferraz de Oliveira Júnior, do Tribunal Regional Federal – 1ª Região, foi tomada após o ministro Nefi Cordeiro, no dia 02 de setembro, ter indeferido o pedido de liminar feito pelos advogados de Seba, argumentando pela prescrição da sentença.

Seba chegou a recorrer diversas vezes em instancias inferiores como tentativa de manter-se no cargo. No final de agosto o vereador utilizou a tribuna da Câmara para informar que havia recorrido da decisão tomada pela Justiça de manter sua condenação criminal, o que impedia sua candidatura a deputado federal.

Segundo o recurso interposto pelo vereador, entre o recebimento da denúncia, em 24 de maio de 2005 e a intimação da sentença em 25 de maio de 2010, havia se passado mais de cinco anos. Alegando ter mais de 70 anos ao tomar ciência da sentença, Seba pediu a redução do prazo prescricional, que nesse caso, passaria a ser de 4 anos, ao invés de 8.

Já no entendimento da Justiça, Seba, que completou 70 anos no dia 18 de maio de 2010, não se beneficiaria da prescrição na modalidade retroativa, pois aniversariou em data posterior à prolação da sentença (8 de abril de 2010). Neste caso, o prazo prescricional não pode ser reduzido pela metade.

O juiz federal Jorge Ferraz de Oliveira Júnior determinou que a decisão fosse oficiada à Câmara de Vereadores de Santa Inês, endereçada ao vice-presidente, vereador Ademar Machado de Sousa (PTB), bem como ao Juízo Estadual e ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão – TER/MA.

Conforme o Regimento Interno da Câmara de Vereadores do município, Ademar deve assumir a presidência da mesa diretora e terá ainda a missão de tornar efetiva extinção do mandato de Seba, conforme artigo 88 do Regimento Interno. Com a suspensão dos direitos políticos do vereador, deve assumir em seu lugar sua suplente, Amanda Caroline dos Santos Sousa.

======================================================   COMENTÁRIO






Diversas irregularidades na campanha de Edinho Lobão estão sendo reconhecidas pela Justiça Eleitoral. Utilizando como estratégia preponderante o ataque a seu principal adversário, Flávio Dino (PCdoB), o peemedebista vem perdendo considerável espaço de propaganda por utilização indevida do tempo eleitoral.

Foi o que aconteceu nas decisões proferidas na última semana. Em análise do conteúdo das propagandas eleitorais da coligação “Pra Frente, Maranhão”, que defende a candidatura de Edinho, e dos programas jornalísticos das televisões gerenciadas pelo candidato, houve punição por irregularidades.

No caso das propagandas eleitorais, na última sexta (12), a Justiça Eleitoral concedeu decisão em caráter liminar para a suspensão de propaganda da coligação “Pra frente, Maranhão” por invasão do tempo dos candidatos proporcionais. O tempo de propaganda dos proporcionais foi usado para atacar Flávio Dino e não apresentar propostas, por isso, a coligação perdeu 60 segundos nos próximos dias – tempo precioso na reta final das eleições.

Na semana passada, também foi veiculado Direito de Resposta de Flávio Dino durante as propagandas eleitorais de Edinho Lobão – isto porque o candidato apoiado pelo grupo Sarney utilizou-se de seu tempo para atingir o partido de Flávio Dino, o PCdoB. Após declarar a ilicitude da propaganda de Edinho, a Justiça concedeu a Flávio Dino o direito de resposta. Na sua defesa, Dino defendeu a liberdade política e a democracia no Brasil.

As emissoras de rádio e televisão de propriedade de Edinho Lobão também vêm sendo usadas de maneira ilegal para prejudicar a campanha do candidato oposicionista. Multas que ultrapassaram os R$ 200 mil (a maior do país) foram destinadas à TV e à Rádio Difusora de São Luís e Imperatriz. As emissoras de propriedade do candidato do PMDB têm feito matérias depreciativas em relação ao candidato do PCdoB.

Na última sexta, a Justiça Eleitoral declarou ser ilegal charge manipulada pela TV Difusora Sul – da região Tocantina – em que são tecidas críticas direcionadas a apenas um candidato – Flávio Dino, líder nas pesquisas e principal oponente do dono da TV, Edinho Lobão.

A coligação “Todos pelo Maranhão” tem contestado os ataques na Justiça e vencido diversas ações. Segundo o advogado da coligação, Carlos Eduardo Lula, a coligação tem se resguardado de calúnias e difamações através da Legislação Eleitoral. “É importante o papel da Justiça em promover uma eleição limpa e sem agressões. Diversas decisões neste sentido mostram que não mais se admite o uso de agressões que não colaboram com a consolidação da Democracia no Maranhão,” disse.

======================================================   COMENTÁRIO

Página 2 de 12512345...102030...Última »