“Não tem filtro, nem banheiro a gente tem. Não tem onde colocar livro. Não tem a merenda que a gente está precisando”, reclama Taylan Maia

O programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo, encontrou casebres tão precários no Maranhão que é até difícil de chamar de escola. Mas dezenas de alunos estudam nesses locais. E a indignação dessa vez parte deles. Assista à reportagem completa no vídeo acima.

No vídeo, o menino Taylan Maia, de 9 anos, mostra como está a escola. “Aqui não tem filtro, o que tinha está quebrado, nem banheiro a gente tem. Não tem onde colocar livro. Não tem a merenda que a gente está precisando”, diz o menino no vídeo.

Quando indagado sobre o que falta na sua escola, Taylan Maia: “Banheiro, merenda, água potável. Uma boa escola também. Séries divididas em salas porque a gente tem multissérie – 5º ano misturado com 1º, com 2º, 3º com 4º – tudo uma maior bagunça”, disse o aluno como gente grande.

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Aluno de 9 anos mostra em vídeo falta de estrutura de escola do município de Peritoró.