Foto2_NaelReis-Reunião-com-deputadosInvadiu a noite desta quinta-feira (03) a reunião que o governador Flávio Dino (PCdoB) realizou no Palácio dos Leões com 27 deputados da base aliada do Governo na Assembleia Legislativa. Durante o encontro, foram discutidos assuntos de interesses de ambos os poderes, além das ações do governo. Estiveram no encontro secretários e os deputados: Rigo Teles, Stenio Rezende, Carlinhos Florêncio, Cabo Campos, Wellington Discurso, Francisca Primo, Paulo Neto, Zé Inácio, Antônio Pereira, Júnior Verde, Vinícius Louro, Sérgio Frota, César Pires, Fábio Braga, Valéria Macedo, , Toca Serra, Graça Paz, Hemetério Weba, Léo Costa, Josimar de Maranhãozinho e  Raimundo Cutrim, Levi Pontes, Rafael Leitoa.

======================================================   COMENTÁRIO






6adef557b803d4dd41c0569b33867fa8

O deputado pescador perdeu as estribeiras na sessão desta quinta(03).

Na sessão desta quinta-feira(03) da Assembleia Legislativa ficou claro que o suplente de deputado federal Fernando Furtado não possui mais as mínimas condições de continuar sentado na cadeira.

O “pescador de araque”, perdeu o senso do ridículo e o equilíbrio total, ao utilizar a Tribuna da Casa. Em vez de atuar em favor do povo maranhense, como seu partido – o PCdoB –  vem fazendo, ele protagonizou um episódio vexatório ao parlamento maranhense.

Raivoso, descontrolado e parecendo estar sob efeito de álcool, Furtado diz “Talvez seja única voz que incomoda nesta Casa, porque venho para esta tribuna e tenho coragem de dizer a verdade, doa em quem doer, mas eu digo aqui nesta tribuna”, afirmou o “modesto”.

Em seguida, direcionou ataques sem qualquer fundamento contra o deputado Domingos Erinaldo, o Toca Serra(PT), a quem taxou de bandido seu adversário político na baixada maranhense. Com a intenção de atingir o parlamentar, em um tom desequilibrado, Fernando “pescador” partiu para agressão pessoal contra um irmão do deputado que sequer ocupa cargo publico.

“O senhor José de Arimatéia Souza Serra, mais conhecido como Zé Canela, que é irmão do Deputado Domingos Erinaldo, que estuprou a própria afilhada. Estuprou a própria afilhada de 13 anos, a filha do senhor José Mendola na cidade de Pedro do Rosário. E era isso que ele devia dizer aqui. E ficou foragido da cidade por um determinado tempo. Pois se ele quer briga, eu vou mostrar para ele como é que se briga.” Afirmou.

Sinceramente deputado… O que tem haver qualquer suposto ato de um irmão de Toca Serra que não é figura pública, para ser levado para a Tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão?!?

Nos bastidores, o discurso de Fernando Furtado foi enjonado pelo demais parlamentares. Não se surpreendam se o titular da cadeira, deputado Pira do Bindaré(PSB) vier retornar à ALEMA na próxima semana.

Pois, a missão do “pescador” na ALEMA ficou frustrada diante de sua atuação abaixo do esperado, a decepção com o suplente é gigantesca nos corredores do Palácio dos Leões. Ele mais desagregou que ajudou o governo, por essas e outras, pode sair antes da data prevista.

======================================================   COMENTÁRIO






Advogado do presidente da Câmara de Godofredo Viana disse que passou o número da conta bancária e o depósito caiu, no entanto, não sabe de onde veio o dinheiro. “Não sei se foi um consórcio entre eles que se juntaram para pagar, mesmo porque dinheiro não tem cheiro”, afirmou.

Ricardo Jefferson Muniz Belo tentou se explicar e complicou mais sua situação.

Na última terça-feira(1º), o blog publicou que o advogado Ricardo Jefferson Muniz Belo – filho do Desembargador aposentado Benedito Belo, recebeu R$ 100 mil reais indevidos por meio dois cheques nominais de R$ 50 mil cada, da Câmara Municipal de Godofredo Viana (LEMBRE).

O pagamento foi realizado pelo presidente poder legislativo, na época, José Agenor Melo da Silva(DEM), que assinou os cheques no dia 22 de junho de 2015, período que esteve no comando da Câmara, por cindo dias, desses, apenas três dias úteis. Tempo suficiente para fazer estranho nos cofres legislativo.

Em contato com o titular do blog, o advogado tentou explicar o inexplicável.  Disse que foi contratado por um grupo político de Godofredo e cumpriu com os seus honorários. “Foi depositado na minha conta só que eu não sei de onde veio o dinheiro, porque não apareceu de onde veio o cheque, se for fulano se foi sicrano”, justificou.

Quando perguntado sobre o fato dos cheques serem nominais e pertencentes à Câmara Vereadores, conforme numeração do Banco do Brasil, o filho do Desembargador se enrolou ainda mais: “Deixa eu te falar, cobrei os meus horários e passei o número da minha conta e o depósito caiu. Eu não sei se eles juntaram, se todo mundo juntou e depositou. Eu não sei de onde veio o dinheiro, só sei que caiu como a gente combinou”, afirmou o advogado.

Parecendo debochar, Ricardo Jefferson Muniz Belo foi mais além para justificar o injustificável:“Não sei de onde foi o dinheiro, se foi da Câmara Municipal, ou um consórcio entre eles que se juntaram para pagar, mesmo porque dinheiro não tem cheiro né verdade?!”, declarou.

O titular do blog ainda perguntou, se hoje que o assunto veio à tona, o advogado sabe a verdadeira origem do recurso, Ricardo alegou que o dinheiro foi adquirido de forma lícita. Mas, em seguida entrou em contradição quando admitiu saber que o dinheiro saiu direto da conta da Câmara de vereadores. “Eu imaginei que estivesse sendo de forma limpa, até porque quando eu tirei o extrato da minha conta não apareceu. Apareceu lá, ‘depositou de duas 50′, mas não aparece quem depositou”, afirmou.

Após a conversa, o acusado de atuar em causa particular do vereador Agenor e receber R$ 100 mil em recursos públicos, advogado Ricardo Melo, finalizou o diálogo da seguinte forma: “Rapaz, por enquanto não vou me manifestar porque eu não tenho ciência, eu não olhei ainda, entendeu, eu só sei que caiu dinheiro na minha conta, eu não sei de onde veio”, concluiu.

Abaixo confira os cheques já publicados no post: Godofredo Viana: R$ 100 mil para filho de Desembargador pode derrubar presidente da Câmara.

Cheque-Godofredo-Viana

======================================================   COMENTÁRIO






ea

Monique manteve o bandido imobilizado por 15 minutos.

Ficou famosa a lutadora de jiu-jítsu e de artes marciais mistas, o MMA, Monique Bastos, que imobilizou um ladrão durante um assalto na noite desta segunda-feira (1), na cidade de Açailândia, a 600 km de São Luís.

Após a grande repercussão na imprensa maranhense do vídeo onde a atleta imobiliza um assaltante identificado como Wesley Araújo. Agora é a mídia nacional que procura a lutadora para diversas gravações que serão exibidas para todo o país.

Monique Bastos foi destaque na edição do Jornal H1 (Hora um), da rede globo, desta quinta-feira(03). Hoje também, foi publicado em blogs que a equipe do programa de TV Pânico na Band estava em Açailândia. No entanto, tudo nao passou de especulação, as imagens que mostram o repórter Vesgo, tratam-se de fotos do município maranhense de Campestre, tiradas alguns meses.

“Eu só estava me defendendo, em nenhum momento quis agredi-lo e deixar com que as pessoas fizessem alguma coisa com ele porque não era necessário nenhuma agressão. Eu queria o meu celular de volta e que a polícia chegasse logo para resolver aquela situação”, disse a equipe de reportagem.

Nas imagens gravadas por moradores no vídeo abaixo Monique conseguiu derrubar e o segurou o meliante até a chegada da polícia. O outro conseguiu fugir levando o celular dela: 

======================================================   COMENTÁRIO






11948263_915387495208087_397844307_n

Na tarde desta quinta-feira(03), diversos Chalés da Pousada Nova Jerusalém, na Praia do Meio, no bairro do Araçagy pertencente ao município de São José de Ribamar pegaram fogo.

Não há feridos, uma vez que as cabanas estavam desativadas. No entanto, uma casa que fica ao lado da área foi atingida pelo fogo que logo se alastrou.

Enquanto o Corpo de Bombeiros não chega no local, moradores tentam apagar o fogo com baldes d’água, eles temem que as chaves aumentem e alcance outras residencias que ficam dos lados.

======================================================   COMENTÁRIO






265dff834652e7f48daf0242038894c6

Deputado estadual Josemar de Maranhãozinho(PR).

O deputado estadual Josimar de Maranhãozinho (PR) encaminhou ao governador do estado Flávio Dino a indicação Nº 728/15, solicitando a inclusão no calendário de eventos do governo do estado o “Dia do Evangélico”,  em cumprimento a Lei Nº 7.524, de 15 de junho de 2000.

A data que marca essa homenagem  é 30 de novembro, a indicação pede que esse dia seja comemorado com eventos nas cidades sedes das regionais administrativas do Governo do Maranhão. Segundo o parlamentar, a indicação não fere o principio da laicidade do estado, pois é apenas o cumprimento da legislação já aprovada pela Assembleia Legislativa.

Justificativa

 O deputado estadual Josimar de Maranhãozinho justifica que essa data marca o encontro de cristãos evangélicos em momentos de louvor, oração e comunhão com Deus e o povo evangélico tem participação importante na vida da sociedade e das pessoas.

======================================================   COMENTÁRIO






Desembargador João Santana

O Des. João Santana foi designado novo relator, no entanto, o processo estagnou sob seu comando.

Sem explicação a demora do desembargador da 1ª Câmara Criminal, João Santana, em decidir pela prisão com base nas provas contundentes contra os acusados de integrar organização criminosa com atuação em desviou de recursos dos cofres públicos que ultrapassa R$ 14 milhões de reais no município de Anajatuba.

Segundo investigações do Grupo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual – em apenas dois anos de mandato, políticos e empresários operavam saqueando os cofres do município.

Entre as 27 pessoas denunciadas de fazer parte do esquema de corrupção que já tiveram o pedido de prisão decretado, três membros são figuras conhecidas do meio político, e segundo o GAECO, são os “cabeças da organização criminosa”. É o caso do prefeito da Cidade, Helder Lopes Aragão(PMDB), do proprietário da Escutec Antônio José Fernando Júnior Batista Vieira e do ex-presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Carlos Braide, todos são apontados como autores intelectuais das fraudes em licitações, pagamentos de serviços não executados, empresas fantasmas e inexigibilidades ilegais.

O engraçado é que mesmo diante da farta documentação probante carreada em 14 meses de investigações, sabe-se lá porque, a Justiça do Maranhão insiste em não fazer o seu papel.

Desde que assumiu o processo do escândalo de Anajatuba, em decorrência dos seus amigos da 1ª Câmara Criminal, Antônio Fernando Bayma de Araújo e Raimundo Nonato Magalhães Melo, ambos terem optado misteriosamente pela suspensão do julgamento, o Desembargador João Santana é um silêncio sem fim.

O blog publicou semanas atrás que “Laços familiares ligam o deputado Edson Araújo ao desembargador João Santana, mas até hoje o magistrado não se pronunciou sobre o episódio.

O esquema que envolve políticos e empresários foi investigado após denúncia feita ao Fantástico no quadro – “Cadê o dinheiro que estava aqui?”. O autor da denúncia foi o vice-prefeito da cidade, Sidney Pereira, que ao verificar documentos descobriu desvios de dinheiro.

Dada a demora na resolução, as coisas parecem continuar como se nada tivesse acontecido. Contudo, espera-se da justiça que o procedimento investigatório seja finalizado com eficiência e ordem, para que a sociedade obtenha respostas do dinheiro público que foi empregado em proveito particular.

======================================================   9 COMENTÁRIOS






11992091_915043208575849_1593277836_nNesta quarta-feira(02), a subsecretária estadual de Saúde Rosângela Curado (PDT) esteve no Palácio dos Leões em audiência com o governador Flávio Dino(PCdoB) e o secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry Barroso. A pré-candidata a prefeita de Imperatriz informou oficialmente o chefe do executivo estadual que irá assumir na próxima quarta-feira(09) a cadeira do deputado federal Weverton Rocha (PDT) que pedirá licença de 120 dias na Câmara Federal.  A eleição de Rosângela Curado, que lidera as pesquisas de intenção de votos é uma das prioridades do PDT no Maranhão. Como deputada, terá maior desenvoltura política para viabilizar sua candidatura a prefeita. Assim que avistou a pedetista adentrando seu gabinete, Flávio Dino a recebeu com um abraço e disparou:”Nossa nova deputada!”.

======================================================   COMENTÁRIO






IMG-20150902-WA0036

Movimento orquestrado para pressionar o governo, realizado hoje(02) em São Luís.

Muito lúcido o post do jornalista e blogueiro Marco Aurélio D’Eça, intitulado “O que o Governo tem a ver com isso?!?”, acompanhe abaixo:

É preciso deixar claro: o governo Flávio Dino (PCdoB) nada tem a ver com a invasão da Vila Nestor II.

E neste aspecto, não fazem sentido manifestações como as de hoje na Praça Pedro II, com palavras-de-ordem contra o governador.

Trata-se de uma tentativa de desgastá-lo, na tentativa de fazê-lo tomar uma decisão que não é dele.

O terreno invadido pelos ocupantes levados à Praça Pedro II é particular, com dono regulamentado; e se tem alguma irregularidade cabe à Justiça determinar a questão.

E são claros os sinais de mais umação de uma indústria de invasões especializada em manipular as classes mais humildes, para se locupletar de áreas gigantescas, depois valorizadas e vendidas por milhões, no varejo dos loteamentos.

E se o governo – qualquer que seja ele – tem alguma coisa a ver com esse crime, é só na perspectiva de garantir policiamento necessário a expulsar os invasores da área.

E é isso que precisa ser feito.

Para o bem das instituições públicas e privadas…

======================================================   COMENTÁRIO






07112013_1542Na sessão plenária administrativa do Tribunal de Justiça do Maranhão desta quarta-feira, 2 de setembro, o Juiz Sebastião Joaquim Lima Bonfim Titular da 12ª Vara Cível,  foi escolhido como membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão na categoria juiz de direito.

O magistrado, que recebeu 18 votos dos 19 desembargadores presentes à sessão, foi o único a manifestar interesse em concorrer à vaga que será aberta na Corte Eleitoral do Maranhão.

Sebastião Bonfim já atua desde dezembro de 2014 no TRE-MA como juiz auxiliar do presidente, desembargador Guerreiro Junior.

Ele vai substituir o colega juiz de direito, José Eulálio Figueiredo de Almeida que participou ontem, terça-feira (1º), de suas últimas sessões administrativas e jurisdicionais como efetivo do órgão devido ao encerramento de seu biênio.

======================================================   COMENTÁRIO

Chaussures nike Pas Cher Chi Flat Iron ZX Flux Pas Cher Nike Huarache Ray Ban Sunglasses Cheap Nike Air Huarache Nike Roshe Run Ray Ban Sunglasses Cheap Cheap NFL Jerseys Cheap Jerseys ZX Flux Pas Cher