Braço direito de Ricardo Gonçalves no cartório de Imoveis de São Luís, Paraíba botou terror na Câmara de Vereadores de Morros…

O “faz tudo” do tabelião Ricardo da Silva Gonçalves – interino do cartório mais rico do Maranhão [1ª Zona de Registro de Imóveis de São Luís] – aprontou o maior barraco na manhã desta sexta-feira (22) no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Morros.

Milton José Sousa Santos, o Paraíba, invadiu a sessão e tentou agredir fisicamente o recém eleito presidente da Casa, vereador Heraldo Lopes Araujo (PMN), além de insultar e ameaçar os demais vereadores morruenses.

No vídeo da confusão que o blog do Domingos Costa obteve com exclusividade, Paraíba é contido por algumas pessoas, e faz gestões chamando o parlamentar que está sentado à Presidência para porrada.

“Bora aqui fora, tú não é homem, rapá?!” (sic), desafia o ‘operador’.

De acordo com a apuração do Blog, Paraíba que foi candidato a prefeito do município em 2016 e obteve zero voto, está inconformado desde que sua aliada – vereadora Andrea Moares (PCdoB) – foi defenestrada da presidência da Câmara, cargo que ocupava interinamente.

LEIA TAMBÉM:

– Paraíba, o ‘operador’ do tabelião Ricardo Gonçalves no cartório mais rico do MA

======================================================   COMENTÁRIO






– Parecer do Ministério da Integração de 2016 atesta irregularidades das obras.

O escândalo do desvio de verbas que seriam destinadas para obras emergenciais após enchentes ocorridas no Maranhão, em 2009 – que envolvem a ex-governadora Roseana Sarney e o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima – deixou mesmo desnorteado o Clã. O jornal dos Sarneys faz um esforço hercúleo para tentar provar que não houve uma série de irregularidades que culminaram na suspeita de desvio de R$ 18 milhões em recursos federais.

Mesmo o parecer técnico nº 2016-460-KLV/2016/SEDEC/DRR – assinado pelo engenheiro da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração, Kahlil Lacerda de Vasconcelos – sendo do ano de 2016, o jornal dos Sarneys foi buscar uma denúncia de 2010, do vereador Antônio Ximenes, de Caxias, que à época já apontava as irregularidades nas obras de recuperação de pontes e estradas após as enchentes.

A tática utilizada pelos sarneysistas é mais uma prova do desespero oligárquico com o assunto. A exemplo do ofício enviado por Hélder Barbalho, ministro da Integração Nacional e filho de Jader Barbalho, parceiro de José Sarney no “quadrilhão do PMDB”, dando conta de que a aplicação da verba de R$ 35 milhões destinada por Geddel para o Maranhão não é alvo de auditoria e não consta no processo nº 59050.001-042,2009-61 qualquer irregularidade a pessoa da ex-governadora.

Continue lendo no Blog do Clodoaldo

======================================================   COMENTÁRIO






Alcobaça, Luís do Igarapé Grande, e Raimundo do sindicato tomaram posse após decisões do TRE-MA confirmada pelo TSE.

Plenário da Câmara de Vereadores ficou lotado para cerimônia de posse…

Na tarde desta quinta-feira (21) três vereadores tomaram posse na Câmara de Vereadores do município de Zé Doca. Alcobaça (PSB), Luís do Igarapé (PMDB) e Raimundo do Sindicato (PCdoB) substituem, a partir de então, Rogério Rocha (DEM), Professor Marcos Paulo (PT) e Hennio (PSD).

Na eleição de 2016, o trio empossado recebeu quantidade de votos que os qualificaram entre os 15 vereadores zedoquenses mais votados. Entretanto,  a juíza da 96ª Zona Eleitoral, Leoneide Delfina Barros Amorim, indeferiu a candidatura de todos eles alegando problemas no registro.

Porém, os parlamentares prejudicados ingressaram com recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) e conseguiram êxito, decisão depois confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Todos os empossados fazem parte da oposição à gestão da prefeita Josinha Cunha (PR), e devem engrossar o caldo contra os desmandos da gestora.

Outra Ação de igual teor que tramita no TRE-MA pede também a posse de outros três vereadores da oposição. Se concretizado essa segunda Ação, a oposição deve sonar seis vereadores na Câmara.

======================================================   COMENTÁRIO






Deputado e sua esposa foram recepcionados por lideranças locais…

Quem pensa que a atividade parlamentar de um deputado estadual se limita ao trabalho que ele faz dentro da Assembleia Legislativa através das sessões, reuniões, debates, discursos, participação em comissões temáticas, acompanhamento e fiscalização do trabalho do governador, apresentação de requerimentos, moções, projetos de lei etc., está muito enganado, porque não é só isso: é principalmente isso.

Acontece que eles fazem, também, um trabalho fora da Assembleia e muitos deles aproveitam os finais de semana para “ganhar o mundo”, como se diz no popular, e viajam para o interior, a fim de ver o que está sendo feito no estado, ouvir e sentir de perto as queixas, os anseios e o que pensa a população em relação aos erros e acertos do governo, e em relação à imagem deles próprios.

Foi exatamente isso que levou o deputado Fábio Braga – SD, subir à tribuna da Assembleia nessa quarta-feira, 20, para dar conta do que fez no último final de semana, quando viajou para cidades da Região do Alto Turi, a fim de participar dos festejos do Círio de Nazaré, na cidade de Luís Domingues e que acompanhado do prefeito Gilberto Braga, do presidente da Câmara Jonhy Braga, dos vereadores, dos secretários, da ex-prefeita Creusa Braga e de milhares de romeiros, participou de todas as homenagens prestadas a Nossa Senhora de Nazaré, padroeira da cidade, numa festa de louvor, fé e esperança que se renova a cada ano.

O parlamentar disse que aproveitando a visita circulou pela cidade, acompanhado pelo prefeito, visitando prédios e logradouros públicos, a exemplo da prefeitura, que foi totalmente reformada, da garagem pública, do porto da cidade e das ruas e avenidas que estão sendo preparadas para receber os investimentos do Programa Mais Asfalto, prometido pelo secretário Clayton Noleto, para acontecer na primeira quinzena de outubro – lembrou.

Achou tempo, ainda, para visitar o hospital municipal e o mercado público, ambos precisando de ampliação ou reforma, tendo se comprometido a solicitar tais serviços ao governo do estado o mais rápido possível.

Deputado Fábio Braga com a esposa Elizabeth Fecury e o prefeito de Luís Domingues Gilberto Braga.

O deputado e o prefeito vistoriaram ruas que foram colocadas piçarras e parou para cumprimentar populares e pessoas que visitavam o município. Fábio Braga ficou encantado como o prefeito municipal e seus assessores estão tratando bem as pessoas, que agradecem a cada intervenção do governo municipal, e como o modo simples de governar tem gerado tranquilidade e desenvolvimento na cidade.

Finalizando, Fabio Braga disse que esticou a visita até as cidades de Cândido Mendes e de Godofredo Viana. Em Cândido Mendes relatou que teve reunião com vereadores, com lideranças dos povoados, com representantes religiosos, com entidades e sindicatos, onde ouviu deles as queixas e as reivindicações da população, se comprometendo a defendê-las junto às autoridades, de forma que se melhorem as condições de vida daquelas comunidades.

Em Godofredo Viana também circulou pela região central e pela zona rural, sentido de perto o quanto as comunidades precisam do apoio governamental para melhorar o dia a dia da população, se comprometendo, também, em encaminhar, a quem de direito, as queixas e pedidos que lhe foram feitos – concluiu o parlamentar.

======================================================   COMENTÁRIO






Empresária contribuiu para a campanha política que levou à eleição prefeito de São João Batista, tendo sido agraciada com um contrato sem qualquer procedimento licitatório.

Ireceide Oliveira de Jesus Pinheiro, ex-secretária de Administração e Planejamento e esposa do ex-prefeito Amarildo Costa; e mais seis ex-funcionários foram denunciados pelo MP…

A Promotoria de Justiça da Comarca de São João Batista ingressou, no último dia 12, com uma Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa contra oito envolvidos na contratação irregular de uma empresa para fornecimento de alimentação à Prefeitura no ano de 2013. O prejuízo aos cofres municipais foi de R$ 130.148,20.

São alvos da ação o ex-prefeito Amarildo Pinheiro Costa; Izael de Oliveira Cassiano, ex-secretário de Administração e Planejamento; Ireceide Oliveira de Jesus Pinheiro, ex-secretária de Administração e Planejamento e esposa de Amarildo Costa; Carlos Augusto Teixeira de Carvalho e Antonilde Lindoso Campos, ex-membros e ex-presidentes da Comissão Permanente de Licitação (CPL) do Município; José Ribamar Pereira Santos, conhecido como “Ribinha do Guaribal”, ex-presidente da CPL; Marçal Everton Costa; e Francisco Carlos Pinheiro, irmão do ex-prefeito Amarildo Costa.

De acordo com as investigações do Ministério Público do Maranhão e do 2° Departamento de Combate à Corrupção (2º Deccor), Antônia Edileusa Dourado contribuiu para a campanha política que levou à eleição de Amarildo Costa, tendo sido agraciada com um contrato de prestação de serviços de alimentação sem qualquer procedimento licitatório.

A empresária possuía um restaurante em São Luís e foi convidada, informalmente, pelo prefeito eleito, para fornecer alimentação ao Hospital Municipal de São João Batista, chegando a montar uma cozinha dentro da unidade de saúde e tendo contratado seis cozinheiras.

De acordo com a ACP, ao ser ouvida, Edileusa Dourado teria afirmado que “os fornecedores de quem comprava alimentos eram indicados pelo próprio prefeito Amarildo Pinheiro, e eram, segundo ele lhe assegurou, pessoas para quem devia favores”. A compra dos produtos era feita pela empresária e seriam compensados pela Prefeitura de São João Batista.

Nos primeiros meses de 2013, Edileusa Dourado teria recebido pagamentos por transferência bancária e pessoalmente, em dinheiro, totalizando R$ 21 mil. Em abril, o prefeito teria lhe procurado para informar que seria feita uma licitação para regularizar os pagamentos. “Assegurou ter ouvido do prefeito que venceria o certame, e que o procedimento tinha apenas a finalidade de formalizar um contrato para o ano de 2013”, cita, na ação, o promotor de justiça Felipe Augusto Rotondo.

De fato, a sessão aconteceu e a empresa A Edileusa Dourado ME sagrou-se vencedora, chegando a receber R$ 27 mil da Prefeitura. No entanto, a empresária teve um desentendimento com o chefe do Executivo Municipal, tendo sido dispensada de sua tarefa, antes mesmo da assinatura do contrato.

Em 2014, Edileusa Dourado teria sido procurada por emissários do prefeito para que assinasse documentos que seriam referentes ao procedimento licitatório, com a promessa de que receberia um salário mensal de R$ 1.365,00 da Prefeitura. A proposta foi confirmada pelo próprio Amarildo Costa, que precisaria dos documentos, pois estava sendo cobrado pelo Ministério Público.

Ao receber o processo que deveria assinar, a empresária viu assinaturas, supostamente suas, que teriam sido falsificadas, o que foi comprovado em perícia realizada pelo 2° Deccor.

Para Felipe Rotondo, não há dúvida sobre a participação de Amarildo Costa, que “era o gestor municipal e autorizou a Edileusa que instalasse sua empresa no interior do hospital municipal e a contratou sem procedimento licitatório e, inclusive, teve papel central na fraude, desde o início da contratação direta e informal da empresa quanto na fraude do procedimento licitatório”.

Na ação, o Ministério Público do Maranhão requer a imediata indisponibilidade dos bens dos envolvidos até o valor de R$ 390.444,60, além da condenação de todos por improbidade administrativa. As penas previstas são o ressarcimento integral dos danos causados, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco a oito anos e proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público pelo prazo de cinco anos.

======================================================   COMENTÁRIO






O Sampaio venceu o primeiro jogo, em Volta Redonda por 1 a 0 e joga esta decisão por um simples empate para garantir o acesso à Série B.

Apenas dois dias para a decisão entre Sampaio e Volta Redonda, cresce a expectativa em torno do público que deve mesmo alcançar a lotação máxima de 40 mil torcedores no Estádio Castelão.

A página oficial do clube nas redes sociais, informa que já foram vendidos mais de 21 mil ingressos antecipados. Esse número deve aumentar ainda mais amanhã e depois.

Os ingressos estão sendo vendidos com os seguintes valores: setores 1, 2, 3, 5 e 6 custam R$ 20,00. O setor 4 é vendido a R$ 30,00 e as cadeiras cobertas R$ 50,00. Também estão sendo comercializados os camarotes no valor de R$ 3.000,00 (à vista) ou R$ 3.300,00 (cartão de crédito) com direito a 15 pessoas, comida e bebida.

======================================================   COMENTÁRIO






As próximas edições do evento estão previstas Raposa e Paço do Lumiar, nesta sexta-feira (22).

Pedro Lucas comanda Seminário Metropolitano em São Luís…

Com o objetivo de divulgar a importância da metropolização e cumprir o que determina a legislação, o governo do Maranhão vem realizando os seminários preparatórios para a conferência, que será realizada em outubro, na capital. O processo visa implantar a gestão plena da região metropolitana da grande São Luís (RMGSL) e a governança Inter federativa. Na prática, é discutir políticas públicas comuns aos municípios da região, que podem melhorar a qualidade de vida e questões do dia a dia dos cidadãos – são as chamadas funções públicas de interesse comum, também previstas no Estatuto da Metrópole.

O Seminário Metropolitano de São Luís foi o décimo primeiro evento realizado pela Agência Executiva Metropolitana. Esta etapa preparatória se encerra na sexta-feira 22, com dois seminários simultâneos nas cidades de Paço do Lumiar e Raposa.

Foram escolhidas cinco propostas nas áreas de mobilidade, saneamento, turismo, desenvolvimento social e educação. Além de representantes de sindicatos e associações, também estiveram presentes professores de faculdades e sociedade civil. O vice-prefeito, Júlio Pinheiro esteve no evento representando o prefeito Edivaldo Holanda Jr, além de outros secretários municipais e estaduais.

As próximas edições do evento estão previstas Raposa e Paço do Lumiar, nesta sexta-feira (22). Nos dias 10 e 11 de outubro, será realizada a I Conferência Metropolitana da Grande São Luís. Mais informações e inscrições através do site www.agem.ma.gov.br.

======================================================   COMENTÁRIO






Márcio Jerry, secretário de Articulação Política do Governo do Estado, usou as redes sociais para rebater o editorial do Jornal O Estado do Maranhão, que reclama das ações judiciais movidas contra matérias mentirosas, tendenciosas e caluniosas. Segundo o secretário, a turma do Sarney “quer impor até que vítimas de suas calúnias as aceite como normais. Recorrer à Justiça, para eles, é ser perseguidor. Quem é agredido com mentiras, calúnias, difamações, tem o direito de recorrer à Justiça. Liberdade de imprensa não deve proteger crimes”.

======================================================   COMENTÁRIO






Paulo Victor entregou homenagem ao conselheiro.

A Câmara Municipal de São Luís aprovou Moção de Aplausos e Congratulações em homenagem ao ex-deputado estadual e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, Edmar Serra Cutrim.

A honraria, proposta pelo vereador Paulo Victor (PROS) e aprovada unanimemente pelo plenário, teve como objetivo reconhecer a contribuição dada ao estado por Cutrim ao longo dos seus cerca de 40 anos de vida pública.

“Agradeço e destaco o relevante trabalho desenvolvido pela Câmara de São Luís e os vereadores que a compõe. Estou muito feliz em receber esta homenagem”, disse o conselheiro.

Edmar Cutrim é pai do ex-prefeito de São José de Ribamar e ex-presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Gil Cutrim; do deputado estadual Glalbert Cutrim – ambos do PDT – e do juiz Gladiston Cutrim.

Gil é pré-candidato a deputado federal e Glalbert tentará renovar o mandato em 2018.

No primeiro semestre, várias especulações foram feitas sobre a possibilidade de Edmar deixar a Corte de Contas para retornar ao campo político.

O conselheiro negou peremptoriamente tal situação.

Ano que vem, Cutrim deverá novamente disputar o cargo de presidente do TCE, órgão já administrado por ele em cinco oportunidade.

======================================================   COMENTÁRIO






Longe da crise, município selou contrato milionário com uma empresa de Teresina – PI; prefeito justifica a contratação: “pode haver uma epidemia”.

Prefeito Arquimedes encera com normalidade licitação milionária em um minúsculo município…

O prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Americo Bacelar, do PTB, não economizou na contratação de empresa especializada em fornecimento de medicamentos para o município.

De acordo com o Diário Oficial do Estado, do dia 12 de maio deste ano, a pequena cidade de apenas 6.500 habitantes selou contrato de R$ 2.140.830,19 (dois milhões cento e quarenta mil oitocentos e trinta reais e dezenove centavos) para compra de remédios diversificados.

Pelo edital, os medicamentos custam aos cofres da administração municipal o equivalente a cerca de R$ 200 mil por mês, pela vigência de 12 meses.

A empresa vencedora da licitação, Dimensão Distribuidora de Medicamentos, pertencente ao empresário Jadyel Silva Alencar, está registrada Avenida Industrial Gil Martins nº 1203, Bairro Pio XII, Teresina, PI.

– Outro lado 

Ouvido pelo Blog, o prefeito Arquimedes justificou que a licitação foi realizada por meio de uma projeção, que poderá ser usada em sua totalidade ou não.

“Temos que nos resguardar, pode dar uma epidemia e vou ter um gasto de medicamento maior, dependendo da minha atenção básica.” Disse.

“Apesar de ser um município pequeno, em Afonso Cunha temos hospital de vinte leitos que em outros municípios não tem”, explicou Arquimedes.

Questionado se conhece o dono da empresa, o prefeito disse que só o viu após a licitação.

======================================================   1 COMENTÁRIO

Página 1 de 77912345...102030...Última »