No total, são 52 municípios maranhenses contemplados com força federal; Pedido foi apresentado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão; Reforço foi aprovado devido a disputas entre grupos políticos locais.

ccec1f41-dddc-47f5-a1e5-98e0830d1a01

Homens da força nacional atuarão no Maranhão para evitar confrontos entre grupos adversários…

Na noite da última quinta-feira (29), os ministros Henrique Neves e Luciana Lóssio aprovaram, ad referendum do Plenário, o envio de tropas da federais para outros 7 municípios do Maranhão: Raposa, São Luís, São José de Ribamar, Vitorino Freire, Santa Inês, São Domingos do Maranhão e Paço do Luminar.

Dois dias antes, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tinha aprovado o envio de força federal para 45 cidades maranhenses para reforçar a segurança das eleições municipais deste ano.

De acordo com o TSE, os pedidos de força federal para os municípios do Maranhão foram aceitos em razão das disputas acirradas entre grupos políticos locais – como as que ocorreram nas eleições gerais de 2010 e 2014; e nas eleições municipais de 2008 e 2012.

Agora somam 52 os municípios que receberão reforço nacional na segurança da eleição, confira relação numerada:

1 Amarante do Maranhão;
2 Araióses;
3 Água Doce do Maranhão;
4 Arame;
5 Bacuri;
6 Barra do Corda;
7 Benedito Leite;
8 Bequimão;
9 Bom Lugar;
10 Buriti;
11 Buriticupu;
12 Bom Jesus das Selvas;
13 Cajari;
14 Carolina;
15 Codó;
16 Coelho Neto;
17 Coroatá;
18 Cururupu;
19 Dom Pedro;
20 Fernando Falcão;
21 Guimarães;
22 Lago da Pedra;
23 Matinha;
24 Olinda Nova do Maranhão;
25 Mirador;
26 Sucupira do Norte;
27 Passagem Franca;
28 Buriti Bravo;
29 Penalva;
30 Pinheiro;
31 Pedro do Rosário;
32 Presidente Sarney;
33 Santa Helena;
34 Turilândia;
35 Santa Luzia;
36 Santa Luzia do Paruá;
37 Santa Rita;
38 São Raimundo das Mangabeiras;
39 Sambaíba;
40 São Vicente Férrer;
41 Tuntum;
42 Tutóia;
43 São Mateus;
44 Monção;
45 Chapadinha;
46 São Luís;
47 São José de Ribamar;
48 Paço do Lumiar;
49 Raposa;
50 São Domingos do Maranhão;
51 Vitorino Freire;
52 Santa Inês.

 

======================================================   COMENTÁRIO






dutra-e-jean

Candidatura a vereadora de Núbia prejudicou grandemente Domingos Dutra, que vê eleição já perdida em Paço…

Aceitar os caprichos da esposa enquanto disputa a prefeitura de Paço do Lumiar deve custar muito caro ao candidato a prefeito Domingos Dutra.

Ao abrir das urnas no próximo domingo, dia 02, Neusilene Núbia Feitosa Dutra, será sem sombra de dúvida, apontada como a maior culpada pela iminente derrota do próprio marido.

De personalidade forte, Núbia protagonizou confusões e desavenças com os próprios aliados e ganhou antipatia do eleitoral luminense, sobretudo, entre os simpatizantes de Dutra.

Outro aspecto negativo é o fato de Núbia ter saído candidata a vereadora, sem necessidade alguma. Qualquer analista político sabe que o nome de uma esposa de candidato majoritária na disputa por vaga proporcional causa enorme prejuízo em uma campanha que, prioritariamente, deveria focar no executivo.

Com Núbia tomando à frente, Dutra perdeu pessoas de frente da campanha, amargou abandono de líderes comunitários históricos e caiu em desgraça.

Apesar de ter aparecido em primeiro lugar em algumas pesquisas registradas e divulgadas, hoje o ex-petista está léguas atrás do ex-prefeito Gilberto Arôso, quando o assunto é a preferência do eleitorado.

E embora vá perder a eleição, o ex-deputado não pode reclamar de apoio do governador Flávio Dino. Dutra teve total apoio do PCdoB, que inclusive, cedeu filiação ao candidato, no entanto, ao ex-petista faltou mostrar peso político na cidade.

======================================================   COMENTÁRIO






Nesta manhã, Flávio Dino afirmou que os ataques ocorridos foram organizados por facções criminosas que querem retomar controle do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

055dc1fc-da91-43a4-99fc-6c8e1f45820f

Governo faz ‘pente fino’ em unidades do Complexo de Pedrinhas …

O Governo do Estado, disposto a não ceder às facções criminosas, cujas chantagens lançadas nos últimos dias à gestão prisional têm como único objetivo restabelecer o caos no Sistema Penitenciário do Maranhão, realiza neste momento uma megaoperação de revista simultânea em todas as unidades do Complexo Penitenciário de São Luís.

Mais de 700 homens participam da ação ostensiva, entre os quais 450 agentes de segurança prisional da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), 150 homens da Polícia Militar, e 100 policiais civis. O objetivo é realizar uma revista geral, em busca de possíveis armas, drogas e celulares, e desarticular a manobra de criminosos que possam estar envolvidos com os últimos ataques criminosos na capital.

Resposta imediata

Ainda na noite desta quinta-feira (29), quando iniciaram os ataques, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), montou uma megaoperação e prendeu 23 suspeitos de participação nos ataques.

As Forças de Segurança Pública estão atuando permanentemente para coibir tais práticas. Para tanto, estratégias foram definidas e ações de policiamento ostensivo e preventivo estão acontecendo em toda a região metropolitana de São Luís, com atenção aos pontos mais críticos. As Polícias Civil e Militar permanecem nas ruas por tempo indeterminado para assegurar que todos os suspeitos sejam presos e punidos no rigor na lei.

Tropas federais serão enviadas para o Maranhão, a pedido do governador, para juntar-se aos 7.500 homens que atuarão nos próximos dias para impedir que facções criminosas tentem tumultuar as eleições.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) orienta que os cidadãos repassem informações que ajudem a polícia no combate ao crime por meio do número do aplicativo Whatsapp (98) 9.9163.4899 e pelo aplicativo “Byzu”, compatível com todos os sistemas operacionais.

======================================================   COMENTÁRIO






caminhada2“Conclamo a todos para uma eleição limpa e transparente em Paço do Lumiar. Esse é meu desejo e de todos os luminenses que têm o compromisso com o nosso município. Vamos às urnas, neste domingo (2), votar com consciência e responsabilidade para que nosso povo tenha mais oportunidades de uma vida melhor para os próximos anos”, pediu o atual prefeito de Paço do Lumiar Josemar Sobreiro, que concorre à reeleição pelo PSDB, nesta quinta-feira (29), em encontro político pelo município.

“Repudiamos qualquer tentativa de corrupção e de compra de votos em nossa cidade. Nossa campanha tem compromisso com a austeridade e a lisura. Paço do Lumiar alcançou a moralidade e a ética na atual gestão, e não vamos permitir que haja retrocesso na Administração Municipal”, enfatizou ele, durante sua caminhada política.

Sobreiro lamentou às vezes em que Paço do Lumiar foi motivo de escândalo, sendo destaque nas páginas policiais dos noticiários local e até nacional. “A sociedade está cansada de escândalos e de corrupção não só durante o processo eleitoral, como também nos anos de mandato. Como cidadão e eleitor, preguei, em meu discurso de campanha, uma corrida limpa, com dignidade e humildade, e sei que nosso povo não compactua com essas atitudes”, ressaltou.

Josemar colocou a Prefeitura à disposição dos órgãos envolvidos no processo eleitoral, como Polícia Militar, Civil, Corpo de Bombeiros e o TRE. “O cidadão deve ser um fiscal do sistema eleitoral, e denunciar possíveis atos ilícitos. Estaremos prontos a colaborar com os organismos de segurança para que as eleições transcorram em clima tranquilo em todo o domingo”, informou.

Eleito prefeito pela primeira vez nas eleições de 2012 com a marca de 23.133 mil votos, ou seja, 62,30% dos votos válidos, Josemar conseguiu banir as práticas abusivas no município, que massacraram o povo por décadas. Sua gestão é marcada pela transparência nas contas e na aplicação dos investimentos públicos.

Ao assumir, herdou dívidas de gestões anteriores que ultrapassavam R$ 60 milhões. A Educação estava sucateada e a população padecia por falta de atendimento médico. Enfrentou inúmeras dificuldades, como a como alta inflação, recessão financeira, crise política econômica, redução do Fundo de Participação Municipal (FPM) em 30%, suspensão dos recursos federais, falta de pagamento de convênios.

Uma das primeiras medidas adotadas logo no inicio do governo, foi a de extinguir cargos e cortar salários, a começar pelo seu, do seu vice-prefeito e dos secretários. Ao contrário de muitas cidades maranhenses, ele mantém a regularidade no pagamento dos salários do funcionalismo, incluindo também, o dos inativos e aposentados, após conseguir reestruturar o PrevPaço, serviço de previdência local.

Mesmo com o cenário desfavorável e com tantos desafios, aglutinou forças com sua equipe e planejou de forma estratégica a administração, na busca pelo fortalecimento das políticas públicas que contribuíssem para o desenvolvimento do município e de melhorias de vida da população.

Em busca da renovação do seu mandado, ele tem como vice, a professora Ana Paula Pires (PDT). Josemar promete mais mudanças e mais avanços na condução do governo municipal. “Vamos priorizar ainda mais, caso sejamos eleitos, o fortalecimento de uma gestão compartilhada com a população, fomentando o crescimento da economia para a geração de emprego e renda, investimentos de infraestrutura e em reformas dos serviços públicos”, concluiu.

======================================================   COMENTÁRIO






O governador esteve reunido com todo o comando da Segurança do estado para realinhar as estratégias de enfrentamento dos criminosos. Foto: Divulgação

O governador esteve reunido com todo o comando da Segurança do estado para realinhar as estratégias de enfrentamento dos criminosos.

A Secretaria de Segurança Pública registrou, na noite de quinta-feira (29), ataques incendiários a cinco ônibus na cidade de São Luís e um em Imperatriz, além de um caminhão de lixo e uma escola. Já ao menos 23 suspeitos foram detidos.

Neste noite, o governador Flávio Dino esteve reunido com todo o comando da Segurança do estado para realinhar as estratégias de enfrentamento dos criminosos. “Durante anos deixaram o poder das facções criminosas crescer. Agora estamos enfrentando e não vamos ceder a chantagens para volta ao passado. Mobilização total contra esses ataques”, afirmou o governador.

A partir desta sexta-feira (30), mais policiais estarão nas ruas, por meio da Operação ‘Eleições 2016’. Haverá aumento no efetivo policial por meio de parceria entre as polícias Civil, Militar e o Exército Brasileiro, além da convocação de militares lotados em cargos administrativos e oficias que estariam de folga para cumprir jornada extra operacional remunerada. Nesta quinta, o governador Flávio Dino ainda solicitou ao governo federal o envio de mais tropas para o reforço do policiamento.

O aumento do efetivo policial nas ruas é garantido por meio da convocação de oficiais (tenentes, capitães, majores e coronéis) e praças (soldados, cabos, sargentos e subtenentes), incluindo militares de funções administrativas e aqueles que estariam de férias, para reforço do contingente policial que deverá atuar nas ruas no dia de votação.

======================================================   COMENTÁRIO






pm-combate-ataques

Ações de combate aos ataques criminosos prosseguem por tempo indeterminado…

Por meio de nota, o governo do Maranhão se pronunciou acerca dos ataques criminosos, que voltaram a ocorrer em vários pontos da cidade na noite desta sexta-feira (29).

Confira a íntegra na nota divulgada pelo governo.

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), reitera sua luta sem tréguas à violência perpetrada pelos ataques desta noite. Não cederemos a chantagens de facções criminosas que querem a volta a um passado recente.

Tropas federais serão enviadas para nosso estado, a pedido do governador, para juntar-se aos 7.500 homens que atuarão nos próximos dias para impedir que facções criminosas tentem tumultuar as eleições.

Já foram detidos 23 suspeitos dos ataques desta noite, sem o registro de qualquer vítima. A SSP destaca que as Forças de Segurança Pública estão atuando permanentemente para coibir tais práticas. Para tanto, estratégias foram definidas e ações de policiamento ostensivo e preventivo estão acontecendo em toda a região metropolitana de São Luís, com atenção aos pontos mais críticos. As Polícias Civil e Militar permanecem nas ruas por tempo indeterminado para assegurar que todos os suspeitos sejam presos e punidos no rigor na lei.

A SSP orienta que os cidadãos repassem informações que ajudem a polícia no combate ao crime por meio do número do aplicativo Whatsapp (98) 9.9163.4899 e pelo aplicativo “Byzu”, compatível com todos os sistemas operacionais.

São Luís, 29 de setembro de 2016

Governo do Maranhão

======================================================   COMENTÁRIO






rap3

Osmar atua pela madrugada escoltado com três policiais…

Com aproximação do dia da eleição, o município de Raposa transformou-se em uma terra sem Lei.

Faltando apenas três dias para a escolha do próximo prefeito da cidade pesqueira, o candidato a vice-prefeito Osmar Silva Marques, o Osmar do Feirão, do PRB, decidiu desafiar a Lei.

Alegando possuir muito dinheiro para torrar nessa reta final, Osmar tem percorrido o município numa possante Toyota Hilux, escoltado por três policiais, um militar e dois civis, todos devidamente armados.

Os policiais são os mesmos que trabalham fazendo “bico” [prática ilegal] de segurança armada no horário de folga na porta do Feirão da Carne e do Nacional Carnes, de propriedade do irmão de Osmar.

A escolta armada, ilícita e irresponsável além de um grande risco à sociedade diante do exaltar dos ânimos na política local, representa uma afronta à Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

Pior ainda é o fato dos agentes públicos que deveriam atuar na defesa da sociedade, estarem servindo como escolta para a prática ilegal de compra de votos, dessa forma, operando como verdadeiros criminosos.

O caso agora é de responsabilidade do mais alto escalão da Segurança do Estado.

Em tempo, para quem não se recorda, Osmar foi um dos empresários mais beneficiados durante os oito anos do governo municipal do ex-prefeito Paraíba. Seu estabelecimento foi o maior fornecedor de gêneros alimentícios e material de uso geral para a prefeitura, na época.

======================================================   COMENTÁRIO






Coletiva de imprensa das eleições 2016

Eleitores maranhenses vão às urnas no domingo escolher prefeitos e vereadores de 217 cidades.

Em coletiva realizada na tarde de ontem, quarta-feira, 28 de setembro, os desembargadores Lourival Serejo (presidente) e Raimundo Barros (corregedor) do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, além do procurador regional eleitoral Thiago Ferreira de Oliveira, conversaram com a imprensa acerca das eleições 2016. Acompanharam os 3 o diretor-geral Gilson Borges e o assessor-chefe da Corregedoria, Flávio Costa.

Ao iniciar a coletiva, o desembargador Lourival Serejo agradeceu à imprensa pelo apoio prestado nestas eleições que não causaram nenhuma polêmica ou desconforto à Justiça Eleitoral.

Depois informou os números desta eleição, acompanhe:

– 4 milhões 611 mil e 247 eleitores (2.091.758 biometrizados – 45,36%);
– 217 municípios;
– 111 zonas eleitorais;
– 16 juntas especiais;
– 82 postos avançados de transmissão;
– 3 centrais avançadas de transmissão;
– 168 juízes;
– 5.731 locais de votação (260 em São Luís);
– 15.931 seções (1.968 de São Luís);
– 19.947 urnas eletrônicas (4.016 de contingência);
– 63.724 mesários (7.872 de São Luís);
– 44 municípios com biometria;
– 671 servidores;
– 636 profissionais de apoio;
– forças federais: 45 cidades;
– policiais: 240 (federais); 7.560 (militares, sendo 2.560 só na capital), 2.200 (civis); 292 bombeiros (que atuarão especificamente na guarda de urnas); 270 (rodoviários federais).

======================================================   COMENTÁRIO






404422_104171059792632_502170788_n

Cassinha usa cargo de diretora da escola José França para fins eleitorais…

Um completo absurdo o ocorrido na manhã desta quinta-feira (29) no município de Raposa.

A senhora Rita de Cassia Carneiro, diretora do Centro de Ensino José França [Escola Estadual], esposa do candidato a prefeito Eudes Barros (PR), decidiu ir para o tudo ou nada nessa reta final de campanha.

Sem temer as sanções da legislação eleitoral, a professora aproveitou o momento pouco após o término da aula para pedir voto de quatro alunas do matutino do terceiro ano do ensino médio.

Assim que percebeu que a pouco movimentação na classe, Cassinha como é conhecida, adentrou na turma 300 e tentou convencer as estudantes: “Meninas me ajudem a ser primeira-dama desta cidade”, afirmou, abrindo um leve sorrido.

Cassia logo foi reprimida por uma das alunas: “Diretora não pode pedir voto dentro da escola, a senhora tem que dá exemplo“, respondeu  um discente que não terá o nome revelado pelo fato de ser menor.

Não é de hoje que Cassinha é acusada de usar a escola do Estado como curral eleitoral. Constantemente a diretora é flagrada por professores da instituição de ensino tentando influenciar os alunos a votar no seu marido.

Inclusive, na semana passada, Rita de Cassia contratou uma merendeira para a escola – que reside na “Rua da Lama” – condicionando o emprego pelo voto no seu marido.

As “atrocidades” eleitorais que vêm acontecendo na escola serão formalmente comunicadas ao secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, para efeito das devidas providências administrativas.

======================================================   COMENTÁRIO






14513826_1171170802963087_1553517058_o

Faltando apenas três dias para a escolha do prefeito do município de Humberto de Campos, o Instituo Prever realizou uma pesquisa de intenção votos que mostra o candidato Zé Ribamar, do PSB, na  liderança com 19,8% de vantagem sobre a segunda colocada.

O resultado revela que o ex-prefeito José Ribamar Ribeiro Fonseca, possui 54,2% da preferência do eleitorado; Contra 35% da candidata Gardenia Saboia Almeira Aires, do PSDB.

Não sabem ou não responderam somam 9,8%; Branco e Nulo 1%.

A pesquisa ouviu 310 pessoas entre os dias 21 e 22 de setembro em diversos bairros do município. E está registrada no TRE-MA sob o número 2905/2016.

======================================================   COMENTÁRIO